Sobre a Gramática das Orações Impessoais com Ter/Haver

On the Grammar of Impersonal Sentences with Ter/haver

Carlos FRANCHI Esmeralda Vailati NEGRÃO Evani VIOTTI Sobre os autores

Este artigo mostra que sentenças existenciais integram uma classe maior de construções do Portugues do Brasil. Contrariamente ao que tem sido proposto na literatura, essas sentenças não são uma subclasse das sentenças construídas com verbos ergativos e sujeito proposto. Com base nas propriedades observadas na análise de um corpus de português brasileiro oral, sustentamos que as Sentenças Existenciais fazem parte de uma classe de construções que chamamos de construções impessoais.

Sentenças Existenciais


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP PUC-SP - LAEL, Rua Monte Alegre 984, 4B-02, São Paulo, SP 05014-001, Brasil, Tel.: +55 11 3670-8374 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: delta@pucsp.br