Metáfora, criatividade e discurso

Zoltán Kövecses Sobre o autor

Segundo a visão "padrão" sobre metáforas conceituais (Lakoff e Johnson 1980; Kövecses 2002), a criatividade metafórica surge a partir dos processos cognitivos que envolvem a extensão, a elaboração, o questionamento e da combinação de conteúdo conceitual no domínio fonte (Lakoff e Turner 1989). Proporei aqui que tais casos constituem apenas uma parte da criatividade metafórica. Um conjunto igualmente importante de casos compõe-se do que chamo metáforas "contextualmente induzidas". Discutirei aqui cinco tipos de tais metáforas: aquelas induzidas por (1) o próprio contexto linguístico imediato, (2) aquilo que sabemos a respeito das principais entidades participantes do discurso, (3) o contexto físico, (4) o cenário social, e (5) o contexto cultural imediato. Tais metáforas não têm sido investigadas sistematicamente, embora, pareçam formar uma grande parte da nossa criatividade metafórica.

metáfora; criatividade; discurso; contexto


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP PUC-SP - LAEL, Rua Monte Alegre 984, 4B-02, São Paulo, SP 05014-001, Brasil, Tel.: +55 11 3670-8374 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: delta@pucsp.br