DELTA: Documentação de Estudos em Lingüística Teórica e Aplicada, Volume: 14, Issue: 2, Published: 1998
  • A interação dos traços referencialidade e factividade no processamento de estruturas com adjuntos adverbiais Artigos

    AUGUSTO, Marina R.A.

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo trata do processamento de adjuntos do tipo onde/quando/como/por que, defendendo a subdivisão desses elementos em duas classes distintas, com base na aplicação de um teste psicolingüístico. O fato desses elementos serem adjuntos e não argumentos é de grande interesse para questões de processamento uma vez que dá origem a estruturas ambíguas em relação à posição do vestígio do adjunto QU. Defende-se que as restrições sintáticas desempenham um papel crucial na interpretação dos adjuntos em sentenças ambíguas, mas o papel e a extensão da influência de fatores semântico/pragmáticos são também discutidos .

    Abstract in English:

    This paper deals with adjunct processing of the type where/when/how/why, arguing in favor of a subdivision of these elements in two distinct classes, based on the application of a psycholinguistics test. The fact that such elements are adjuncts and not arguments is of great interest for parsing issues since it gives rise to structures with ambiguity in terms of the WH-adjunct trace origin. It is argued that syntactic restrictions play a crucial role for the interpretation of adjuncts in ambiguous sentences but the role and extent of influence of other semantic/pragmatic factors are also discussed.
  • Acessibilidade e paralelismo na interpretação do pronome sujeito e o contraste pro/pronome em português Artigos

    CORRÊA, Letícia Maria Sicuro

    Abstract in Portuguese:

    O contraste pro/pronome em orações coordenadas em português é aqui explorado de modo a distinguirem-se os procedimentos através dos quais formas pronominais sujeito são interpretadas em diferentes contextos sintáticos e discursivos — através de estratégias de seleção de um antecedente lingüístico ou da recuperação "automática" de uma representação mantida particularmente ativada na memória de trabalho. Dois experimentos são relatados. O primeiro testa a hipótese de que o vínculo sintático entre a oração que contém a forma pronominal e a que contém seus possíveis antecedentes define condições de processamento que favorecem o uso de um ou de outro procedimento de interpretação. O segundo testa a hipótese de que o grau de ativação de uma dada representação na memória de trabalho (definido em relação a um sistema que opera em três níveis) afeta o modo como o sujeito pronominal de orações independentes é interpretado no discurso. Verifica-se que o contraste pro/ pronome pode ser re-estabelecido fora do âmbito de sentenças complexas uma vez que haja alteração local do foco da referência. A natureza deste contraste é discutida levando-se em conta as condições de processamento nas quais este se manifesta.

    Abstract in English:

    The contrastive interpretation of pro and pronoun in co-ordinate sentences by Portuguese speakers is explored here, as a means of distinguishing the procedures whereby pronominal forms are interpreted in different syntactic/discourse contexts - by means of a search-identification strategy (such as the parallel function strategy) or by means of the "automatic" recovery of a representation which is maintained particularly activated in working memory. Two experiments are reported. The first one tests the hypothesis that the kind of syntactic relationship that holds between the clause containing the pronominal form and the one containing possible antecedents defines processing conditions that favour one or another interpretation procedure. The second one tests the hypothesis that the degree of activation of a representation in working memory (defined in relation to a three-level activity working memory system) accounts for the interpretation of the pronominal subject of independent sentences in discourse. Local alteration of focus is shown to re-establish the pro/pronoun contrast at discourse level. The nature of this contrast is discussed in connection with the processing conditions in which it is manifested.
  • As vozes da sociedade: letramento, consciência e poder Artigos

    MEY, Jacob L.

    Abstract in Portuguese:

    Baseado no trabalho de Bourdieu e outros, este artigo estende o uso da metáfora da voz para o discurso da sociedade, em que as vozes individuais representam as formações sociais e os seus sub-discursos específicos. O discurso do letramento, em particular, é focalizado como um exemplo de tal formação, no sentido de que a sua presença versus a sua ausência é concebido como sendo o que define os que estão dentro ou fora do discurso próprio - uma voz iletrada não é percebida como sendo uma voz apropriada. A tensão dialética entre o fenômeno do iletramento e os esforços remediais do letrado de dar voz àqueles que não a têm, reflete as dificuldades enfrentadas pelos discursos emergentes e ressalta a importância de uma luta que é dos oprimidos e não de educadores bem intencionados e ativistas políticos. São focalizadas no artigo as exigências e as limitações inerentes aos esforços recentemente feitos para inserir o discurso do iletrado dentro de um discurso social próprio e são também sugeridas novas maneiras para se entender e se lidar com o problema do letramento em um país em desenvolvimento.

    Abstract in English:

    The dialectic tension between the phenomenon of illiteracy and the remedial efforts of the literate to ‘provide’ a voice for those who don’t have one, reflects at the same time the difficulties that the emerging discourses have to struggle with, and highlights the importance of this struggle as one that belongs to the opressed, not the well-meaning educators and political activists. It also informs the latter’s efforts on behalf of the uneducated. Naturally these issues have attracted a good deal of attention of some specialists in South America. There is now a movement afoot there that aims at placing ‘illiterate discourse’ inside the societal discourse proper without letting the latter manipulate the former for its own ends. I will address the typical exigencies and limitations inherent in such efforts, but at the same time point to new ways of understanding and handling the problem of literacy in a developing country.
  • Comparação de aspectos da gramática em línguas indígenas brasileiras Artigos

    MAIA, Marcus; FRANCHETTO, Bruna; LEITE, Yonne de Freitas; SOARES, Marília Facó; VIEIRA, Marcia Damaso

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo compara um conjunto de fenômenos interrelacionados cencernentes à interface sintexe/morfologia em quatro línguas indígenas brasileiras: Kuikúro (família Karib). Mbyá Guarani (família Tupi-guarani), Karajá (tronco Macro-Jê) e Tikuna (isolada). Discute-se, inicialmente a linearização da ordem SOV, predominante nessas línguas, com base em Chomsky (1993) e Kayne (1993). Examinam-se, em seguida, construções com clíticos e auxiliares e discute-se o conjunto de categorias funcionais componentes da estrutura frasal, a fim de fornecer um quadro comparativo da estrutura da oração nas quatro língüas.

    Abstract in English:

    This paper compares a set of interrelated phenomena concerning the syntax/morphology interface in four brazilian indigenous languages: Kuikúro, Guarani, Karajá and Tikuna. The linearization of the SOV word order is discussed following Chomsky (1993) and Kayne (1993). Clitics, auxiliaries and functional categories are also examined, allowing a preliminary comparative overview on the structure of the clause in the languages.
  • As diferenças rítmicas entre o português europeu e o português brasileiro: uma abordagem otimalista e minimalista Artigos

    ABAURRE, Maria Bernadete; GALVES, Charlotte

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho é discutir algumas diferenças rítmicas entre o Português Europeu e o Português Brasileiro, bem como a relação entre tais diferenças e fenômenos de redução de vogais pretônicas em ambas as línguas. Após a apresentação dos fatos básicos de PE e PB, mostramos que a questão não pode ser discutida sem que se leve em conta a colocação do acento secundário. Apresentamos, então, a abordagem do acento secundário em português baseada na aplicação de um algoritmo, representativa das análises da Fonologia Métrica. Depois de mostrar que esta abordagem determinística não pode explicar adequadamente a posição variável do acento secundário em ambas as línguas com respeito às palavras com um número ímpar de sílabas pretônicas, argumentamos a favor da interpretação do acento secundário, e portanto da construção de unidades rítmicas, na interface PF, conforme sugerido no Programa Minimalista chomskyano. Propomos também, inspiradas nas hierarquias de restrições como propostas na Teoria da Otimalidade, que essa interpretação deve levar em conta dois diferentes rankings de restrições, em PE e PB. Esses rankings diferentes explicariam, em última análise, as diferenças rítmicas entre as duas línguas, bem como o comportamento diferente das suas vogais pretônicas com respeito a processos de redução.

    Abstract in English:

    The aim of this paper is to discuss some rhythmic differences between European and Brazilian Portuguese and their relationship to pretonic vowel reduction phenomena. After the basic facts of PE and PB are presented, we show that the issue cannot be discussed without taking into account secondary stress placement, and we proceed to present the algorithm-based approach to secondary stress in Portuguese, representative of Metrical Phonology analyses. After showing that this deterministic approach cannot adequately explain the variable position of secondary stress in both languages regarding words with an even number of pretonic syllables, we argue for the interpretation of secondary stress and therefore for the construction of rhythmic units at the PF interface, as suggested in Chomsky’s Minimalist Program. We also propose, inspired by the constrain hierarchies as proposed in Optimality Theory, that such interpretation must take into account two different constraint rankings, in EP and BP. These different rankings would ultimately explain the rhythmic differences between both languages, as well as the different behavior of pretonic vowels with respect to reduction processes.
  • Nós e a gente no português falado culto do Brasil Artigos

    LOPES, Célia Regina dos Santos

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho analisa a variação de nós e a gente na posição de sujeito. Com base nos princípios da Sociolingüística Quantitativa Laboviana foram identificados os fatores lingüísticos e sociais com o objetivo de explicar a diferente distribuição destas formas. O estudo focaliza o uso de falantes cultos das três principais regiões geográficas do Brasil: Rio de Janeiro (Sudeste), Porto Alegre (Sul) e Salvador (Nordeste).

    Abstract in English:

    An analysis of the variation nós and a gente in subject position is presented. Using the framework of Labovian Quantitative Sociolinguistics, social and linguistic factors were identified in order to explain the different distribuitions of these forms. The study focused the use of educated speakers of three main geographical regions of Brasil: Rio de Janeiro (Southeastern area), Porto Alegre (Southern area) and Salvador (Northeastern area).
  • Os ‘estudos da tradução’ como área de pesquisa independente: dilemas e ilusões de uma disciplina em (des)construção Retrospectiva

    ARROJO, Rosemary

    Abstract in Portuguese:

    A partir da década de 1960, a reflexão sobre tradução começou a conquistar espaços mais definidos dentro das instituições e publicações acadêmicas. Desde então, as tentativas explícitas de ampliar e consolidar esses espaços, de caráter basicamente essencialista, têm declarado seu interesse em tornar essa reflexão o mais racional e sistemática possível, o que não apenas a legitimaria enquanto área de pesquisa, mas também como instrumento legislador de toda a prática de tradução, quaisquer que sejam as línguas, os objetivos e as circunstâncias envolvidas. O presente trabalho se propõe apresentar um perfil crítico das principais tentativas de ocupação dos territórios acadêmicos reivindicados em nome dos "estudos da tradução", mostrando que o que as têm motivado, sobretudo, é um certo impulso imperialista em que o que está realmente em jogo é o prestígio e o poder das tendências em nome das quais se pretende disciplinar a tarefa do tradutor.

    Abstract in English:

    Since the early 1960’s, the study of translation has begun to conquer a more defined space within academic institutions and publications. Since then, all the basically essentialist attempts at widening and consolidating such a space have declared their interest in making that study as rational and as systematic as possible, so that it would be recognized as a legitimate research area which should also legislate over all translation practices, no matter which languages, goals or circumstances were involved. This paper intends to present a critical account of the main attempts at occupying the academic terrain claimed by "translation studies," arguing that what has motivated them, above all, is a certain imperialistic thrust in which what is actually at stake is the prestige and the power of the trends in the name of which they intend to discipline the translator’s task.
  • Lesão X sintoma: uma questão sobre a causalidade Debate

    FONSECA, Suzana Carielo da

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho propõe rever e problematizar a relação de causalidade direta lesão-sintoma, pedra de toque do discurso organicista sobre as afasias. Tal problematização parte do reconhecimento de que a linguagem tem ordem própria, ou seja, leis de funcionamento que não se submetem às de outro domínio - no caso específico, às do funcionamento cerebral. Como fonoaudióloga e lingüista, questionada pelo sintoma afásico, pareceu-me incontornável promover um deslocamento da noção clássica e vigente dessa relação causal. Nesse sentido, aproximo-me de Freud (1891), primeiro "afasiologista" que fez render a suspeita de Jackson (1874) de que a relação lesão-sintoma não era de causalidade direta.

    Abstract in English:

    This paper aims at discussing the organicist proposal concerning aphasia. According to such a proposal, there is a direct causal relation between an impaired brain and linguistic symptoms. I depart from and take into account the fact that language is governed by laws intrinsec/inherent to the functoning of language. This is to say that language cannot be governed by laws of any other theoretical domain. As a speech therapist and linguist, who is constantly face to face with the problematic status of the aphasic symptons, I claim that the classical causal relation mentioned above ought to be revisited. In this direction, I follow Freud (1891) who put forward Jackson’s hypothesis that the relation between lesion-linguistic symptom was not straight (Freud, 1874).
  • Similarities and differences in categorization behavior by Brazilian Portuguese and American English native speakers SQUIBS

    MACÊDO, Ana Cristina Pelosi Silva de

    Abstract in Portuguese:

    O presente artigo relata alguns dos resultados que obtivemos ao investigar como brasileiros e americanos organizam suas categorias semâticas. Para a análise foram utilizadas onze categorias semânticas tiradas das normas de freqüência de respostas de Batting e Mantague (1969). O comportamento dos brasileiros e americanos ao seqüenciarem os itens a partir dos mais tópicos aos menos típicos nas várias categorias é estatisticamente analisado por se calcular níveis de concordância intra-grupo e inter-grupo. Os resultados dos dois grupos e nas usas descrições sobre funções e atributos associados com os membros das categorias, delimitações culturais também existem e estas influenciam decisões de categorização. Os resultados também indicam que comportamentos de categorização parecem ser motivados tanto por uma visão prototípica da categoria baseada em instanciações motivadas pelo conhecimento de mundo do individuo.

    Abstract in English:

    The present paper presents a brief account of the nature and formation of categories. It also reports on some of the findings obtained by investigating the way native speakers of Brazilian Portuguese and American English organize their semantic categories. Eleven semantic categories taken from the Battig and Montague (1969) category response norms were used in the study. The way the Brazilians and the Americans behave, in ranking the various category members is statistically analyzed by assessing levels of agreement within and between groups. The results of the analysis indicate that, although, there exists some correspondence in the way the two groups behave in ranking and in describing functions and attributes associated with category members, culturally specific constraints also exist and these will influence ranking decisions. Additionally, subjects’ performance suggests that categorization behaviors appear to be motivated by two broad approaches to category structure: a prototypical approach based on feature overlap and a schema-directed approach based on instantiations prompted by the individual’s world knowledge.
  • Untitled document Resenhas

    GOMES DE MATOS, Francisco
  • Oficina de lingüística aplicada: a natureza social e educacional dos processos de ensino/aprendizagem de línguas Resenhas

    FREITAS, Alice Cunha de; SILVA, Maria Aparecida C.M.Borges da
  • Untitled document Book Notes

  • Untitled document Notas

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP PUC-SP - LAEL, Rua Monte Alegre 984, 4B-02, São Paulo, SP 05014-001, Brasil, Tel.: +55 11 3670-8374 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: delta@pucsp.br