DELTA: Documentação de Estudos em Lingüística Teórica e Aplicada, Volume: 26, Issue: spe, Published: 2010
  • Foreword

    Barbara, Leila
  • Preface: essays on metaphor in language and thought

    Lima, Paula Lenz Costa; Macedo, Ana Cristina Pelosi Silva de; Farias, Emilia Maria Peixoto
  • Metaphorical conceptualizations of the body in psychopatology and poetry Articles

    Santarpia, Alfonso; Venturini, R.; Blanchet, A.; Cavallo, M.

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo do nosso estudo é identificar diversas conceptualizações do corpo expressas em contextos da psicopatologia e literatura. Propomos uma categorização específica de sentenças literárias a partir da Teoria da Metáfora Conceitual (Lakoff e Johnson 1980, 1999) e a Teoria da Simulação do Contexto Limitado (Ritchie 2003, 2006, 2008). Com base no corpus analisado, mostramos que em manuais psiquiátricos, o corpo físico é sempre concebido em termos metafóricos envolvendo a categoria do CORPO COMO RECIPIENTE, portanto, com um alto grau de atributos não específicos. Em manuais de psicanálise, o corpo é representado por "sentenças sexuais-sensuais" ou por "noções" abstratas. A poesia italiana oferece uma representação adicional do corpo com ênfase especial nos órgãos e outras partes do corpo como "coração", "mão(s)", "face", mas também "sangue", "tórax", "braço(s)", "olho(s)", "seio(s)", "cabeça", "carne", "pele".

    Abstract in English:

    The goal of our study is to identify several conceptualizations of the body expressed in the contexts of psychopathology and literature. We propose a specific categorization of literary sentences drawing on Conceptual Metaphor Theory (Lakoff and Johnson 1980; 1999) and Context-Limited Simulation Theory (Ritchie 2003; 200; 2008). Based on corpus data, we show that in psychiatric manuals the physical body is always reasoned in metaphoric terms of the BODY - CONTAINER category, thus with a high degree of non-specific attributes. In psychoanalysis manuals, the body is represented by "sexual-sensual sentences" or by abstract "notions". Italian poetry offers an additional representation of the body with special focus on the organs and other body parts like "heart," hand(s)", "face", but also "blood", "chest", "arm(s)," "eye(s)","breast(s)", "head," "flesh," "skin".
  • Metaphor and foreign language teaching Articles

    Farias, Emilia M. P.; Lima, Paula Lenz Costa

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo tece algumas considerações sobre como a compreensão de algumas metáforas conceptuais encontradas em línguas de origem tão distante pode contribuir para o processo de ensino/aprendizagem do vocabulário. O ponto central de nossa argumentação sustenta-se na crença em favor do compartilhamento de aspectos filogenéticos e ontogenéticos do homem. Se é possível identificar conceitos metafóricos semelhantes em línguas de origens tão diversas, a tarefa de direcionar a atenção dos aprendizes para a forma como os sistemas linguísticos se organizam pode tornar-se mais racional. O benefício mais importante em uma instrução focalizada é o de tornar o aprendiz consciente a respeito do conhecimento que está sendo construído explicitamente e encorajá-lo a transferir esse conhecimento para outras línguas na busca de atingir um nível de performance mais elevado.

    Abstract in English:

    This article gives special attention to how the understanding of some conceptual metaphors which are found in languages typologically different can contribute to the process of teaching and learning vocabulary. Our central issue is that man's philogenetical and ontogenetical history play an important role in the generation of the concepts. If it is possible to explain cross-linguistic commonalities between typologically unrelated languages based on conceptual metaphors, then learners are stimulated to gain knowledge about how language systems are organised. The main benefit of such focused instruction is that it can raise learner's awareness of the explicit knowledge that is being consciously constructed and eventually transferred to different languages encouraging him to reach a higher level of performance.
  • Wittgenstein, the body, its metaphors Articles

    Martins, Helena

    Abstract in Portuguese:

    Teorias contemporâneas da metáfora amiúde incluem o corpo entre seus fundamentos últimos, sustentando que nossa experiência corpórea constitui o solo universal de onde a imaginação faz brotar o pensamento figurativo. Contrapondo-se a essa tese, este trabalho busca discutir a relação entre corpo e metáfora de uma perspectiva não fundacionalista. A partir de um ponto de vista wittgensteiniano quanto aos estatutos do corpo e da metáfora, busca fornecer elementos para repensar a questão, explorando em particular o caminho aberto pelo filósofo austríaco em sua crítica às dicotomias físico/mental, exterior/interior.

    Abstract in English:

    Contemporary theories of metaphor often give the body a foundational status, by claiming that it provides the universal ground upon which imagination engenders figurative thought. This paper goes against this idea, discussing the relationship between the body and metaphor from a non foundationalist point of view. Taking a Wittgensteinean stance on metaphor and on the body, it aims to provide elements to rethink the issue, exploring in particular the path open by the Austrian philosopher in his critique of traditional mental/ physical, inner/outer dichotomies.
  • Embodiment in cognitive linguistic: from experientialism to computational neuroscience Articles

    Feltes, Heloísa Pedroso de Moraes

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo é uma reflexão sobre o caráter da corporeidade no quadro da Lingüística Cognitiva associada a Lakoff, colaboradores e interlocutores. Inicia-se com a caracterização de mente corpórea, via experiencialismo cognitivo. A teoria, nesses termos, modela como os seres humanos constroem e processam estruturas de conhecimento que regulam sua vida individual e coletiva. Em seguida, discute-se a Teoria Neural da Linguagem, em que a corporeidade é reconstruída a partir de um paradigma de cinco níveis, em que o conexionismo estruturado carrega o peso da descrição e explanação computacional. Em vista disso, retomam-se problemas clássicos sobre implementações computacionais para modelos de funcionamento da linguagem humana, em abordagens reducionistas-fisicalistas. Como conclusão, defende-se que a corporificação, como fenômeno de investigação, que se problematize sua formulação em termos de níveis, tratando-a, em vez disso, como interfaces, de modo que: (a) os compromissos epistemológicos deveriam ser sincronicamente mantidos nas interfaces; (b) em função de (a), o nível das computações deveria ser tomado como um dos problemas a serem tratados no plano do conexionismo estruturado; (c) a estratégia de um paradigma em níveis de redução e os resultados obtidos a partir dela implicam uma espécie de modularização do programa de pesquisa; e (d) esses módulos seriam interdependentes apenas em vista dos níveis criados para atender a determinados objetivos. Como resultado, assume-se que é possível fazer-se Lingüística Cognitiva sem aderir ao conexionismo estruturado ou à simulação neurocomputacional, desde que se operaria com construções de interfaces entre domínios de investigação, e não com um paradigma em níveis, com traços reducionistas.

    Abstract in English:

    The aim of this paper is to reflect on the character of embodiment in the framework of Cognitive Linguistics based on Lakoff, collaborators and interlocutors. Initially I characterize the embodied mind, via cognitive experientialism. In these terms, the theory shapes how human beings build and process knowledge structures which regulate their individual and collective lives. Next, the Neural Theory of Language in which embodiment is rebuilt from a five level paradigm, where structured connectionism carries on the very burden of computational description and explanation is discussed. From these assumption, classical problems about computational implementations for models of natural language functioning as reductionist-physicalist approaches, I then conclude by assuming that embodiment, as an investigation phenomenon, shouldn't be formulated in terms of levels, being treated as interfaces instead, at such manner that: (a) the epistemological commitments should be synchronically sustained in all interfaces of the investigation paradigm; (b) the conventional computational level should be taken as one of the problems which has to be treated in the structured connectionism plan; (c) the strategic reduction levels paradigm and the results obtained from it might imply a kind of modularization of the program of research itself; e (d) the modules would be interdependent only as a result of the reductionist proposal. As a result, I assume that it is possible to do Cognitive Linguistics without adhering to structured connectionism, or to neurocomputacional simulation, as long as one would operate with interfaces constructions between domains of investigation and not with a reductionist features paradigm treated in terms of "levels".
  • "Corporeality" in metaphor studies: why it is so easy to miss the point Articles

    Rajagopalan, Kanavillil

    Abstract in Portuguese:

    Argumenta-se que a noção de corporealidade que se destaca nas discussões sobre a mente, linguagem e o modo como a metáfora funciona na vida real é mais bem entendida como tendo a ver com corpo-realidade e não corporeal-idade. Isto é uma idéia muito mais revolucionária que se pensa comumente e demanda uma revisão drástica de muitos dos dogmas entrincheirados. Não é de se estranhar que manobras com vistas a neutralizar seus efeitos são comuns em estudos sobre metáfora.

    Abstract in English:

    It is argued that the notion of corporeality that is so much present in discussions about mind, language and the way metaphor functions in real life is best understood as first and foremost having to do with corpo-reality rather than corporeal-ity. This is a far more revolutionary idea than often seen to be and calls for a thorough revision of many of our well-entrenched dogmas. Not surprisingly, rearguard maneuvers designed to blunt its thrust are all too common in metaphor studies.
  • Applying corpus linguistics methodology to psycholinguistics research Articles

    Ferreira, Luciane Corrêa

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo investiga o uso de metodologia de lingüística de corpus na pesquisa psicolingüística. Selecionaram-se dez metáforas em jornais ingleses e norte-americanos. Depois, identificou-se a metáfora conceptual subjacente com base no inventário de metáforas conceptuais apresentado por Lakoff e Johnson (1980, 1999). Buscou-se investigar que tipo de conhecimento os aprendizes de LE empregam ao tentar compreender metáforas. Analisou-se a maneira como os aprendizes de LE compreendem metáforas lingüísticas sem usar o contexto e, depois, utilizando o contexto. A amostra incluiu 221 estudantes brasileiros e 16 estudantes norte-americanos da UCSC.

    Abstract in English:

    This study concerns the use of corpus linguistics methodology in psycholinguistics research. Ten linguistic metaphors were selected from English and American newspapers. After that, we identified the underlying conceptual metaphor based on the conceptual metaphor inventory by Lakoff and Johnson (1980, 1999). We seek to investigate what sort of knowledge EFL-learners use when trying to understand a linguistic metaphor. We examined how EFL-learners comprehend linguistic metaphors, firstly without using the context and then using the context. The sample comprised 221 Brazilian students and 16 American students at UCSC. We have also carried out an empirical research using WebCorp.
  • Semantic-discursive functions of linguistic expression that materialize conceptual metaphor in discurse genres Articles

    Espíndola, Lucienne C.

    Abstract in Portuguese:

    Apresento, aqui, alguns resultados de pesquisas vinculadas ao projeto Metáforas, Gêneros Discursivos e Argumentação (MGDA), que visa descrever as expressões linguísticas atualizadoras de metáforas conceptuais em gêneros discursivos diversos, buscando identificar a(s) função(ões) semântico-discursiva(s) dessas expressões. Os resultados aqui apresentados são de pesquisas desenvolvidas por mim e por orientandos, os quais nos revelaram algumas funções discursivas até então não apresentadas pela literatura da área: a presença de expressões metafóricas atualizadoras de metáforas conceptuais com a função de aproximar, no gênero publicidade, o anunciante do interlocutor; expressões linguísticas que literalizam a metáfora conceptual do cotidiano, gerando o riso em gêneros de humor; entre outras funções semântico-discursivas.

    Abstract in English:

    This work aims at presenting some results of the research developed in the Project named Metaphor, Discursive Genre and Argumentation (MGDA) which has the purpose of describing linguistic expressions that materialize conceptual metaphors in several discursive genres, searching for the identification of the semantic-discursive function(s) of such expressions. The researches were done by my students and me and the present results reveal some discursive functions not seen in the literature so far: the presence of metaphorical expressions that materialize conceptual metaphors with the function of approaching the advertiser to the interlocutor in publicity and linguistic expressions that literalize the everyday life conceptual metaphor, producing laughter in humor, among other semantic-discursive functions.
  • Responding to the risk of terrorism: the contribution of metaphor Articles

    Cameron, Lynne

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo baseado no discurso investigou aspectos afetivos e semânticos de metáforas usados por pessoas ao falarem no risco de terrorismo em potencial. 96 informantes do público inglês organizados por sexo, religião (Mulçumanos / não-Mulçumanos), e estatus social participaram de 12 grupos focais de discussão. Foram identificadas e transcritas 12.362, metáforas, codificadas por domínio de veículo e tópico discursivo, as quais foram submetidas a análises qualitativas e quantitativas. Em contraste com metáforas dominantemente negativas encontradas em estudos da media e no discurso político, as pessoas 'comuns' usam uma variedade de metáforas sistemáticas que se interrelacionam e incluem "JOGOS DE AZAR", "MUNDO NATURAL" e "TEATRO". O afeto funciona em metáforas linguísticas com diversos domínios fonte, e em conexão com linguagem não metafórica tal como reflexão sobre ações e expressão explícita de empatia. Gênero, religião e classe social se interrelacionam em preferências quanto à metáfora.

    Abstract in English:

    This discourse-based study investigated semantic and affective aspects of metaphors used by people talking about background risk of terrorism. 96 members of the UK public participated in 12 focus group discussions, organized by gender, religion (Muslim / non-Muslim), and socio-economic status. 12,362 metaphors were identified in transcribed talk, coded for vehicle domain and discourse topic, and subjected to qualitative and some quantitative analyses. In contrast to negative, dominant metaphors found in studies of media and political discourse, 'ordinary' people use an intersecting range of systematic metaphors, including "GAMES OF CHANCE", "NATURAL WORLD" and "THEATER". Affect works across linguistic metaphors with various source domains, and in connection with non-metaphorical language such as reflection on action and explicit expression of empathy. Gender, religion and social class intersect in metaphor preferences.
  • The multiple readings of 'metaphor' in the classroom: co-construction of inferential chains Articles

    Zanotto, Mara Sophia

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho faz parte do projeto de pesquisa que tem como objetivo central investigar empiricamente as múltiplas leituras de metáforas em textos literários. A metodologia é a interpretativista e a técnica principal de pesquisa é o 'Pensar Alto em Grupo'. Neste trabalho são discutidos os dados de um grupo de leitores lendo o poema 'A Montanha Pulverizada', de Drummond de Andrade. O foco da análise são as interpretações dos versos finais, que, devido às incongruências que apresentam, constituem enigmas para o leitor decifrar. A análise mostrou que o aparente caos e complexidade dos dados têm, de fato, uma organização em cadeias inferenciais co-construídas por processos metonímicos e metafóricos.

    Abstract in English:

    This paper is part of a research project whose central aim is to empirically investigate the multiple readings of 'metaphors' in literary texts. The methodology employed is interpretive and the main research technique is the 'Group-Think Aloud'. In this paper, the data discussed were generated by a group of readers engaged in the reading of 'The Pulverized Mountain', a poem by Drummond de Andrade. The analysis focuses on the interpretations of the final verses that, due to incongruities presented, constitute enigmas for the reader to decipher. Analysis has shown that the apparent data chaos and complexity has, in fact, an organization in inferential chains co-constructed by metonymic and metaphoric processes.
  • Metaphors in scientific and technical languages: challenges and perspective Articles

    Finatto, Maria José Bocorny

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste artigo é mostrar, de um modo conciso, como diferentes estudos sobre metáfora podem convergir, positivamente, para uma percepção lingüístico-cognitiva do fenômeno, a qual supera uma visão meramente estilística. Relata-se, com destaque, a pesquisa de Huang (2005) sobre a metáfora no texto científico de Medicina que trata sobre AIDS. Essa pesquisa, em seus resultados e dificuldades, serve como um exemplo para o tratamento da metáfora em Terminologia e em estudos do texto especializado. O artigo conclui que a metáfora é um dos fenômenos que integram a comunicação técnico-científica e que, a despeito da complexidade de sua abordagem, deve ser investigado também em estudos de Terminologia.

    Abstract in English:

    This article aims to show, in a summarized way, how different studies on metaphor can positively converge to a cognitive-linguistic perception of this phenomenon. This perception surpasses a merely stylistic vision of the metaphor. The paper also reports the research that was done by Huang (2005) about metaphors in scientific texts of Medicine, which is related to the topic of AIDS. The results and difficulties of Huang's research have given examples in the treatment of the theme of metaphor in Terminology and in studies of scientific texts. It is concluded that metaphor is one of the phenomena that make part of the technical and scientific communication and, because of the complexity in approaching such topic, it must also be investigated in Terminology.
  • The dynamic complexities of metaphor interpretation Articles

    Gibbs Jr, Raymond W.

    Abstract in Portuguese:

    A interpretação de metáforas requer esforço cognitivo e produz alguns conjuntos complexos de efeitos cognitivos. Embora a maioria dos estudiosos da metáfora acredite que há maneiras específicas para se estudar o esforço envolvido na compreensão metafórica e seus efeitos, existem vários problemas metodológicos associados com a especificação de significados metafóricos e quanto aos modos as pessoas chegam a entender tais significados. Minha proposta é a de que tanto o significado metafórico quanto a interpretação metafórica é fundamentalmente indeterminada. Contudo, há uma variedade considerável de fatores que moldam o esforço que é colocado para se entender a metáfora e os efeitos específicos que resultam dessa experiência. Tais fatores de natureza pessoal, linguística e sócio-cultural são às vezes reconhecidos pelos estudiosos da metáfora; contudo, necessitamos examinar os modos complexos como esses fatores interagem para caracterizar sistematicamente as experiências das pessoas com metáforas.

    Abstract in English:

    Metaphor interpretation takes cognitive effort and produces some complex set of cognitive effects. Although most metaphor scholars assume that there are definitive ways for studying metaphor effort and effects, there are various methodological problems associated with specifying metaphorical meanings and the ways that people generally come to understand these meanings. My claim is that both metaphoric meaning and metaphor interpretation is fundamentally indeterminate. Nonetheless, there are a wide range of factors that shape the effort put into understanding a metaphor and the particular reffects that arise from this experience. These personal, linguistic, and socio-cultural factors are sometimes acknowledged by metaphor scholars, but we need to examine the complex ways these factors interact to systematically characterize people's metaphorical experiences.
  • Metaphor and embodied cognition Articles

    Gibbs Jr, Raymond W.; Macedo, Ana Cristina Pelosi Silva de

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho descreve sucintamente avanços na ciência cognitiva a respeito da natureza corpórea da cognição humana com o objetivo de melhor situar o trabalho contemporâneo sobre metáforas corpóreas na linguagem e no pensamento. Fazemos isso por discutir achados de experimentos centrais em cinco áreas principais de pesquisa em ciência cognitiva: percepção, conceitos, imagem mental, memória e processamento da linguagem (Gibbs 2006a). Descrevemos também alguns estudos psicolinguísticos sobre a compreensão de metáforas corpóreas e detalhamos uma série de experimentos desenhados para investigar a compreensão corporificada de pessoas a respeito da metáfora primária DIFICULDADES SÃO PESOS. Nossa conclusão busca pontos de interesse comum entre a pesquisa sobre cognição corpórea e trabalhos na área da lingüística e psicologia sobre metáfora corpórea.

    Abstract in English:

    The present paper briefly describes recent advances in cognitive science on the embodied nature of human cognition with the aim to better situating contemporary work on embodied metaphor in language and thought. We do this by talking about key experimental findings in five areas main areas of research in cognitive science: perception, concepts, mental imagery, memory, and language processing (Gibbs 2006a) We also describe some psycholinguistic studies on embodied metaphor understanding, and offer some details on one series of experiments in regard to people's embodied understanding of the DIFFICULTIES ARE WEIGHTS primary metaphor. Our conclusion draws connections between the research on embodied cognition and contemporary linguistic and psychological work on embodied metaphor.
  • Articulating the conceptual and the discursive dimensions of figurative language in argumentative texts Articles

    Vereza, Solange Coelho

    Abstract in Portuguese:

    Um dos maiores desafios dos estudos mais recentes da metáfora, característicos da nova "virada discursiva", é articular, sistematicamente, a dimensão linguístico-discursiva à dimensão cognitiva da figuratividade. Nessa perspectiva, o objetivo deste trabalho é apresentar e discutir uma abordagem analítica para o estudo da linguagem metafórica em textos argumentativos que se propõe a verificar como a linguagem figurada pode emergir e ser explorada discursivamente, valendo-se, ao mesmo tempo, de metáforas conceptuais subjacentes e mapeamentos textualmente desenvolvidos. Para esse fim, uma unidade analítica, de base discursivo-cognitiva, é proposta: o nicho metafórico.

    Abstract in English:

    One of the greatest challenges of recent studies on metaphor in discourse is to articulate, systematically, the discursive with the cognitive dimensions of figurative language. Within this perspective, the aim of this paper is to present and to discuss an analytical approach to the study of metaphor in argumentative texts which aims at observing how metaphoricity might emerge and be explored discursively, through underlying conceptual metaphors and textually dependent mappings. To this end, a unit of analysis is proposed: the metaphor niche.
  • Metaphor, creativity, and discourse Articles

    Kövecses, Zoltán

    Abstract in Portuguese:

    Segundo a visão "padrão" sobre metáforas conceituais (Lakoff e Johnson 1980; Kövecses 2002), a criatividade metafórica surge a partir dos processos cognitivos que envolvem a extensão, a elaboração, o questionamento e da combinação de conteúdo conceitual no domínio fonte (Lakoff e Turner 1989). Proporei aqui que tais casos constituem apenas uma parte da criatividade metafórica. Um conjunto igualmente importante de casos compõe-se do que chamo metáforas "contextualmente induzidas". Discutirei aqui cinco tipos de tais metáforas: aquelas induzidas por (1) o próprio contexto linguístico imediato, (2) aquilo que sabemos a respeito das principais entidades participantes do discurso, (3) o contexto físico, (4) o cenário social, e (5) o contexto cultural imediato. Tais metáforas não têm sido investigadas sistematicamente, embora, pareçam formar uma grande parte da nossa criatividade metafórica.

    Abstract in English:

    On the "standard" view of conceptual metaphors (Lakoff and Johnson 1980; Kövecses 2002), metaphorical creativity arises from the cognitive processes of extending, elaboration, questioning, and combining conceptual content in the source domain (Lakoff and Turner 1989). I will propose that such cases constitute only a part of metaphorical creativity. An equally important and common set of cases is comprised by what I call "context-induced" metaphors. I will discuss five types of these: metaphors induced by (1) the immediate linguistic context itself, (2) what we know about the major entities participating in the discourse, (3) the physical setting, (4) the social setting, and (5) the immediate cultural context. Such metaphors have not been systematically investigated so far, though they seem to form a large part of our metaphorical creativity.
  • Metaphor, language, and culture Articles

    Kövecses, Zoltán

    Abstract in Portuguese:

    A cultura e a língua estão conectadas numa miríade de formas. Provérbios, regras de tomada de turnos na conversação, pronomes indicativos de poder e solidariedade, conhecimento prévio para o entendimento de conversas, polidez, relativismo linguístico, o princípio a cooperação, metáforas, metonímias, contexto, mudança semântica, discurso, ideologia, cultura impressa, cultura oral, letramento, sociolinguística, atos de fala, além de outros, são apenas alguns dos conceitos nos quais encontramos conexões óbvias entre cultura e língua. Várias disciplinas das ciências linguísticas tentam analisar, descrever e explicar as interrelações complexas entre estas duas grandes áreas. (Para uma revisão breve e clara, consultar Kramsch 1998). Será que podemos abordar esta vasta variedade de tópicos de uma perspectiva mais unificada do que tem sido tradicionalmente feito e está geralmente disponível? O presente artigo enfoca tais possibilidades.

    Abstract in English:

    Culture and language are connected in a myriad ways. Proverbs, rules of turn-taking in conversations, pronouns of power and solidarity, background knowledge to the understanding of conversations, politeness, linguistic relativity, the principle of cooperation, metaphor, metonymy, context, semantic change, discourse, ideology, print culture, oral culture, literacy, sociolinguistics, speech acts, and so forth, are just some of the concepts in which we find obvious connections between culture and language. Several disciplines within the language sciences attempt to analyze, describe, and explain the complex interrelations between the two broad areas. (For a brief and clear survey, see Kramsch 1998). Can we approach this vast variety of topics from a more unified perspective than it is traditionally done and currently available? The present paper focus on such possibilities.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP PUC-SP - LAEL, Rua Monte Alegre 984, 4B-02, São Paulo, SP 05014-001, Brasil, Tel.: +55 11 3670-8374 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: delta@pucsp.br