DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE (TDAH) E DISCURSO NARRATIVO EM IDOSOS

Rafael Coelho Paulo Mattos Rosemary Tannock Sobre os autores

RESUMO

O Transtorno do Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) compreende diversos outros sintomas além de desatenção, hiperatividade e impulsividade, tais como problemas de linguagem. O TDAH pode cursar sem remissão, tendo sido demonstrado em indivíduos mais velhos, porém não há estudos investigando a linguagem em idosos com o transtorno.

Objetivo:

Investigar a presença de déficits de linguagem em adultos mais velhos portadores de TDAH.

Métodos:

Avaliou-se a presença de comprometimento de linguagem em três adultos mais velhos com TDAH, que foram comparados a dois indivíduos controles pareados, através de tarefa de discurso narrativo. A transcrição das narrativas foi avaliada com base no modelo de análise de narrativa de Trabasso, e então analisada com uso do programa Speech Graph Analysis.

Resultados:

Comparados aos indivíduos controles, adultos mais velhos com TDAH utilizaram mais componentes (Núcleos) da história em suas narrativas e suas redes mais Arestas. Eles apresentaram escores mais altos no Índice de Ineficiência, Diâmetro e Densidade e também no Coeficiente Médio de Grupamento. As redes dos indivíduos controles foram lineares e sequenciais, com pouca ou nenhuma recursividade, ao contrário das redes de adultos com TDAH.

Conclusão:

Estes resultados sugerem que problemas de linguagem já descritos em crianças, adolescentes e adultos com TDAH, podem persistir em adultos mais velhos com o transtorno.

Palavras-chave:
TDAH; linguagem; discurso narrativo; transtorno de comunicação; adultos mais velhos; envelhecimento

Associação de Neurologia Cognitiva e do Comportamento Rua Itapeva, 538/ 132, 01332-000 São Paulo - SP - Brasil, Tel: (55 11)3288-8684/3288-9923 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: demneuropsy@uol.com.br