Substância branca cerebral e envelhecimento: análise com anisotropia fracionada quantitativa

Eliasz Engelhardt Denise Madeira Moreira Jerson Laks Sobre os autores

Resumo

Estudar a integridade da substância branca hemisférica subcortical, comparando sujeitos normais jovens e idosos, com anisotropia fracionada quantitativa (DTI-FA).

Métodos:

Foram incluídos sujeitos de dois grupos etários (jovem=12, idoso=12). Obtidas imagens de MR - GE Signa Horizon - 1.5T. Escore de Fazekas £3 avaliado na sequência em FLAIR. Utilizados parâmetros padrão para DTI-FA. ROIs colocados em locais variados da substância branca subcortical, e no joelho e esplênio do corpo caloso na linha média. Análise com Functool. Estatística para comparar a substância branca anterior e posterior entre os grupos. Aprovado pela Comissão de Ética do IPUB-UFRJ, consentimento informado obtido.

Resultados:

DTI-FA mostrou redução dos valores de anisotropia na região anterior (substância branca subcortical e joelho), porém não na região posterior (substância branca subcortical e esplênio), nos sujeitos normais idosos em comparação aos jovens.

Conclusão:

Os resultados podem ser considerados como representando perda da integridade das fibras da substância branca anterior (frontal) no sujeitos do grupo idoso. Tais fibras constituem os importantes feixes intra- e inter-hemisféricos, componentes de redes neurais relacionadas com integração cognitiva, comportamental, motora e sensorial. A perda da integridade com o envelhecimento dos segmentos anteriores dos sistemas de fibras estudados representa um processo de desconexão que pode estar subjacente a manifestações clínicas, como a disfunção executiva, eventualmente encontradas em sujeitos idosos.

Palavras-chave:
substância branca; corpo caloso; anisotropia fracionada; envelhecimento.

Academia Brasileira de Neurologia, Departamento de Neurologia Cognitiva e Envelhecimento R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices, Torre Norte, São Paulo, SP, Brazil, CEP 04101-000, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistadementia@abneuro.org.br | demneuropsy@uol.com.br
Accessibility / Report Error