Accessibility / Report Error

Accuracy of 3D digital modeling of dental arches

RESUMO

Objetivo:

o objetivo do presente estudo foi verificar e comparar a precisão de modelos digitais de uma arcada dentária completa obtidos utilizando-se dois tipos de scanners e três metodologias de digitalização.

Métodos:

um modelo de resina feito com impressão 3D foi digitalizado em um scanner de referência (Zfx Evolution - Zimmer Biomet, Palm Beach Gardens, FL) para se obter uma referência em 3D; o mesmo modelo de resina foi, então, digitalizado com dois scanners intrabucais diferentes (Zfx IntraScan e Carestream 3600 - CS 3600®, Carestream, Rochester, NY, EUA) utilizando: Técnica A (do dente #27 ao dente #17); Técnica B (do dente #11 ao dente #17 e, em seguida, do dente #21 ao dente #27); e Técnica C (do dente #22 ao dente #17 e, em seguida, do dente #12 ao dente #27 - osoftware MeshLab v. 1.3.3 foi, então, usado para mesclar as duas leituras). Em seguida, as imagens digitalizadas foram sobrepostas à imagem de referência, utilizando-se um software, e as discrepâncias volumétricas foram calculadas.

Resultados:

a média dos resultados para o scanner Zfx Intrascan foram: Técnica A = 302,47 ± 37,42 µm; Técnica B = 180,45 ± 29,86 µm; Técnica C = 147,34 ± 28,23 µm. A média dos resultados para o scanner Carestream 3600 foram: Técnica A= 303,59 ± 40,20 µm; Técnica B = 181,53 ± 29,61 µm; Técnica C = 142,28 ± 35,33 µm. A Técnica C, utilizada em ambos os scanners, produziu as menores discrepâncias volumétricas, quando comparada às outras técnicas.

Conclusões:

a técnica de digitalização teve um efeito estatisticamente significativo sobre a qualidade do modelo digital (p< 0,0001), enquanto o tipo de scanner usado não apresentou qualquer influência significativa (p= 0,91).

Palavras-chave:
Impressão digital; Scanner intrabucal; Técnica de digitalização

Dental Press International Av. Luís Teixeira Mendes, 2712 , 87015-001 - Maringá - PR, Tel: (55 44) 3033-9818 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: artigos@dentalpress.com.br