Dental Press Journal of Orthodontics, Volume: 15, Issue: 5, Published: 2010
  • The evolution of imaging diagnostics for Orthodontics Editorial

    Faber, Jorge
  • Special Editorial - Omar Gabriel Editorial

    Faber, Jorge
  • Digital impressions and handling of digital models: the future of Dentistry O Que Há De Novo Na Odontologia

    Polido, Waldemar D.
  • Orthodontic traction: possible effects on maxillary canines and adjacent teeth. Part 2: External cervical resorption due to canine traction Insight Ortodôntico

    Consolaro, Alberto
  • An interview with Lucia Helena Soares Cevidanes Entrevista

  • Analysis of initial movement of maxillary molars submitted to extraoral forces: a 3D study Artigos Online

    Casaccia, Giovana Rembowski; Gomes, Janaína Cristina; Squeff, Luciana Rougemont; Penedo, Norman Duque; Elias, Carlos Nelson; Gouvêa, Jayme Pereira; Sant'Anna, Eduardo Franzotti; Araújo, Mônica Tirre de Souza; Ruellas, Antonio Carlos de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: analisar pelo método dos elementos finitos o deslocamento dos molares superiores frente a três diferentes inclinações do arco externo do aparelho extrabucal na tração do tipo cervical. MÉTODOS: maxila, dentes montados em má oclusão de Classe II e aparelho foram modelados através de formulação variacional e seus valores reproduzidos em coordenadas X, Y e Z. Foram realizadas simulações em microcomputador tipo PC, utilizando o programa ANSYS versão 8.1. Cada modelo de arco externo reproduziu linhas de força que passaram (1) acima (AcCR), (2) abaixo (AbCR) e (3) no centro de resistência (CR) do molar permanente superior de um mesmo modelo portador de má oclusão de Classe II. A avaliação restringiu-se ao movimento inicial dos molares frente à força extrabucal de 4 Newtons. RESULTADOS: o movimento distal inicial dos molares, tendo como ponto de referência a mesial do tubo, foi maior na coroa do modelo AbCR (0,47x10-6), e maior na raiz do modelo AcCR (0,32x10-6), provocando inclinações da coroa para distal e mesial, respectivamente. No modelo CR, os pontos na coroa (0,15x10-6) e raiz (0,12x10-6) deslocaram-se para distal equilibradamente, resultando em movimento de translação. Em todos os modelos, numa vista oclusal, houve tendência de rotação distal inicial da coroa, porém no modelo CR esse movimento foi muito pequeno. No sentido vertical (Z), todos os modelos revelaram movimento extrusivo (AbCR= 0,18x10-6; CR= 0,62x10-6; AcCR= 0,72x10-6). CONCLUSÃO: a simulação computacional do uso de aparelho extrabucal com tração cervical revelou a ocorrência de movimento extrusivo e distal, podendo ser por inclinação distal de coroa, de raiz ou movimento de translação.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To analyze maxillary molar displacement by applying three different angulations to the outer bow of cervical-pull headgear, using the finite element method (FEM). METHODS: Maxilla, teeth set up in Class II malocclusion and equipment were modeled through variational formulation and their values represented in X, Y, Z coordinates. Simulations were performed using a PC computer and ANSYS software version 8.1. Each outer bow model reproduced force lines that ran above (ACR) (1), below (BCR) (2) and through the center of resistance (CR) (3) of the maxillary permanent molars of each Class II model. Evaluation was limited to the initial movement of molars submitted to an extraoral force of 4 Newtons. RESULTS: The initial distal movement of the molars, using as reference the mesial surface of the tube, was higher in the crown of the BCR model (0.47x10-6) as well as in the root of the ACR (0.32x10-6) model, causing the crown to tip distally and mesially, respectively. On the CR model, the points on the crown (0.15 x10-6) and root (0.12 x10-6) moved distally in a balanced manner, which resulted in bodily movement. In occlusal view, the crowns on all models showed a tendency towards initial distal rotation, but on the CR model this movement was very small. In the vertical direction (Z), all models displayed extrusive movement (BCR 0.18 x10-6; CR 0.62 x10-6; ACR 0.72x10-6). CONCLUSIONS: Computer simulations of cervical-pull headgear use disclosed the presence of extrusive and distal movement, distal crown and root tipping, or bodily movement.
  • 2D / 3D Cone-Beam CT images or conventional radiography: which is more reliable? Artigos Online

    Couceiro, Carolina Perez; Vilella, Oswaldo de Vasconcellos

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: comparar a confiabilidade de identificação dos pontos visualizados sobre radiografias cefalométricas convencionais e sobre imagens geradas pela Tomografia Computadorizada Cone-Beam em 2D e 3D. MÉTODOS: o material constou de imagens obtidas através do tomógrafo computadorizado Cone-Beam, em norma lateral, em 2D e 3D, impressas em papel fotográfico; e radiografias cefalométricas laterais, realizadas na mesma clínica radiológica e no mesmo dia, de dois pacientes pertencentes aos arquivos do Curso de Especialização em Ortodontia da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal Fluminense (UFF). Dez alunos do Curso de Especialização em Ortodontia da UFF identificaram pontos de referência sobre papel de acetato transparente e foram feitas medições das seguintes variáveis cefalométricas: ANB, FMIA, IMPA, FMA, ângulo interincisal, 1-NA (mm) e ¯1-NB (mm). Em seguida, foram calculadas médias aritméticas, desvios-padrão e coeficientes de variância de cada variável para os dois pacientes. RESULTADOS E CONCLUSÃO: os valores das medições realizadas a partir de imagens em 3D apresentaram menor dispersão, sugerindo que essas imagens são mais confiáveis quanto à identificação de alguns pontos cefalométricos. Entretanto, como as imagens em 3D impressas utilizadas no presente estudo não permitiram a visualização de pontos intracranianos, torna-se necessário que softwares específicos sejam elaborados para que esse tipo de exame possa se tornar rotineiro na clínica ortodôntica.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To compare the reliability of two different methods used for viewing and identifying cephalometric landmarks, i.e., (a) using conventional cephalometric radiographs, and (b) using 2D and 3D images generated by Cone-Beam Computed Tomography. METHODS: The material consisted of lateral view 2D and 3D images obtained by Cone-Beam Computed Tomography printed on photo paper, and lateral cephalometric radiographs, taken in the same radiology clinic and on the same day, of two patients selected from the archives of the Specialization Program in Orthodontics, at the School of Dentistry, Fluminense Federal University (UFF). Ten students from the Specialization Program in Orthodontics at UFF identified landmarks on transparent acetate paper and measurements were made of the following cephalometric variables: ANB, FMIA, IMPA, FMA, interincisal angle, 1-NA (mm) and ¯1 -NB (mm). Arithmetic means were then calculated, standard deviations and coefficients of variance of each variable for both patients. RESULTS AND CONCLUSIONS: The values of the measurements taken from 3D images showed less dispersion, suggesting greater reliability when identifying some cephalometric landmarks. However, since the printed 3D images used in this study did not allow us to view intracranial landmarks, the development of specific software is required before this type of examination can be used in routine orthodontic practice.
  • Evaluation of referential dosages obtained by Cone-Beam Computed Tomography examinations acquired with different voxel sizes Artigos Online

    Torres, Marianna Guanaes Gomes; Campos, Paulo Sérgio Flores; Segundo, Nilson Pena Neto; Ribeiro, Marlos; Navarro, Marcus; Crusoé-Rebello, Iêda

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: o objetivo deste estudo reside na avaliação do produto dose-área (DAP) e das doses de entrada na pele (DEP), empregando protocolos com tamanho de voxel diferente, obtidos com o aparelho de Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico (TCFC) i-CAT, a fim de determinar melhores parâmetros baseados nos princípios da radioproteção. MÉTODOS: para medição do DEP foi utilizada uma câmara de ionização do tipo lápis, e para o DAP foi utilizado um aparelho PTW. Quatro protocolos foram testados, a saber: (1) 40 seg., voxel de 0,2mm e 46,72mAs; (2) 40 seg., voxel de 0,25mm e 46,72mAs; (3) 20 seg., voxel de 0,3mm e 23,87mAs; (4) 20 seg., voxel de 0,4mm e 23,87mAs. A quilovoltagem permaneceu constante (120KVp). RESULTADOS: detectou-se diferença estatisticamente significativa (p<0,001) entre os quatro protocolos, para os dois métodos de avaliação da dose de radiação (DAP e DEP). Na avaliação do DAP, os protocolos 2 e 3 promoveram uma diferença estatisticamente significativa, não sendo possível detectar qual dos protocolos na avaliação da DEP proporcionou esse resultado. CONCLUSÃO: DAP e DEP apresentam-se como métodos de avaliação para doses de radiação em tomografia computadorizada de feixe cônico, sendo necessários mais estudos para elucidar tal achado. O tamanho do voxel, isoladamente, não é capaz de interferir na dose de radiação em exames de TCFC (i-CAT). A dose de radiação para exames de TCFC (i-CAT) está diretamente relacionada ao tempo de exposição e à miliamperagem.

    Abstract in English:

    Objectives: The aim of this study was to evaluate the dose-area product (DAP) and the entrance skin dose (ESD), using protocols with different voxel sizes, obtained with i-CAT Cone-Beam Computed Tomography (CBCT), to determine the best parameters based on radioprotection principles. METHODS: A pencil-type ionization chamber was used to measure the ESD and a PTW device was used to measure the DAP. Four protocols were tested: (1) 40s, 0.2 mm voxel and 46.72 mAs; (2) 40s, 0.25 mm voxel and 46.72 mAs; (3) 20s, 0.3 mm voxel and 23.87 mAs; (4) 20s, 0.4 mm voxel and 23.87 mAs. The kilovoltage remained constant (120kVp). RESULTS: A significant statistical difference (p<0.001) was found among the four protocols for both methods of radiation dosage evaluation (DAP and ESD). For DAP evaluation, protocols 2 and 3 presented a statistically significant difference, and it was not possible to detect which of the protocols for ESD evaluation promoted this result. CONCLUSIONS: DAP and ESD are evaluation methods for radiation dose for Cone-Beam Computed Tomography, and more studies are necessary to explain such result. The voxel size alone does not affect the radiation dose in CBCT (i-CAT) examinations. The radiation dose for CBCT (i-CAT) examinations is directly related to the exposure time and milliamperes.
  • Linear measurements of human permanent dental development stages using Cone-Beam Computed Tomography: a preliminary study Artigos Inéditos

    Estrela, Carlos; Valladares Neto, José; Bueno, Mike Reis; Guedes, Orlando Aguirre; Porto, Olavo Cesar Lyra; Pécora, Jesus Djalma

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: determinar as medidas lineares dos estágios de desenvolvimento da dentição permanente humana, usando tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC). MÉTODOS: este estudo foi desenvolvido a partir de bancos de dados de clínicas radiológicas privadas, envolvendo 18 pacientes (13 do sexo masculino, 5 do sexo feminino, com idades variando entre 3 e 20 anos). As imagens das TCFC foram obtidas por meio do sistema i-CAT e medidas com uma função específica do programa desse mesmo sistema. Duzentos e trinta e oito dentes foram analisados, em diferentes estágios de desenvolvimento, nos planos coronal e sagital. O método foi baseado na delimitação e mensuração das distâncias entre pontos anatômicos correspondentes ao desenvolvimento das coroas e raízes dentárias. A partir dos valores obtidos, pôde-se desenvolver um modelo quantitativo para se avaliar os estágios inicial e final de desenvolvimento para todos os grupos dentários. RESULTADOS E CONCLUSÕES: as medidas obtidas dos diferentes grupos dentários estão de acordo com as estimativas das investigações publicadas previamente. As imagens por TCFC dos diferentes estágios de desenvolvimento podem contribuir no diagnóstico, planejamento e resultado dos tratamentos em diversas especialidades odontológicas. As dimensões das coroas e das raízes dentárias podem ter importantes aplicações clínicas e em pesquisas, constituindo uma técnica não invasiva que contribui com estudos in vivo. Entretanto, mais estudos são recomendados a fim de minimizar possíveis variáveis metodológicas.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To determine the linear measurements of human permanent dentition development stages using Cone-Beam Computed Tomography. METHODS: This study was based on databases of private radiology clinics involving 18 patients (13 male and 5 female, with age ranging from 3 to 20 years). Cone-Beam Computed Tomography (CBCT) images were acquired with i-CAT system and measured with a specific function of the i-CAT software. Two hundred and thirty-eight teeth were analyzed in different development stages in the coronal and sagittal planes. The method was based on delimitation and measurement of the distance between anatomical landmarks corresponding to the development of the dental crowns and roots. These measurements allowed the development of a quantitative model to evaluate the initial and final development stages for all dental groups. RESULTS AND CONCLUSIONS: The measurements acquired from different dental groups are in agreement with estimates of investigations previously published. CBCT images of different development stages may contribute to diagnosis, planning and outcome of treatment in various dental specialties. The dimensions of dental crowns and roots may have important clinical and research applications, constituting a noninvasive technique which contributes to in vivo studies. However, further studies are recommended to minimize methodological variables.
  • Skeletal displacements following mandibular advancement surgery: 3D quantitative assessment Artigos Inéditos

    Motta, Alexandre Trindade Simões da; Carvalho, Felipe de Assis Ribeiro; Cevidanes, Lúcia Helena Soares; Almeida, Marco Antonio de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: avaliar através de imagens tridimensionais os deslocamentos dos ramos, côndilos e mento resultantes da cirurgia de avanço mandibular. MÉTODOS: este estudo prospectivo utilizou tomografias computadorizadas de feixe cônico das fases pré-cirúrgica e pós-cirúrgica de 27 indivíduos apresentando Classe II esquelética com padrão normocefálico ou braquicefálico. Uma técnica de superposição automatizada da base do crânio permitiu a avaliação de alterações esqueléticas em regiões anatômicas de interesse, e os deslocamentos foram visualizados e quantificados a partir da técnica dos mapas coloridos de superfícies. A estatística descritiva consistiu de valores médios, mínimo e máximo, e desvios-padrão. Mudanças maiores do que 2mm foram consideradas clinicamente relevantes e classificadas através de categorização dos valores. As tendências direcionais dos movimentos estruturais foram exibidas em valores positivos ou negativos. Coeficientes de correlação de Pearson foram aplicados com nível de significância de 95%, testando se deslocamentos em determinadas regiões foram associados com outras áreas. RESULTADOS: o mento apresentou deslocamento anteroinferior médio de 6,81±3,2mm, enquanto a porção inferior dos ramos apresentou movimento lateral com a cirurgia (esquerdo = 2,97±2,71mm; direito = 2,34±2,35mm). Outras regiões anatômicas mostraram deslocamento médio menor que 2mm, mas com evidente variabilidade individual. Correlações estatisticamente significativas foram positivas e moderadas. Os côndilos, bordo posterior e porção superior dos ramos apresentaram correlação bilateral, enquanto as porções superior e inferior dos ramos mostraram correlação ipsilateral. CONCLUSÃO: o método 3D utilizado permitiu uma precisa visualização e quantificação dos resultados cirúrgicos, destacando-se o movimento anteroinferior do mento e o deslocamento lateral da porção inferior dos ramos mandibulares, mas com considerável variabilidade individual em todas as regiões anatômicas avaliadas.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate changes in the position and remodeling of the mandibular rami, condyles and chin with mandibular advancement surgery through the superimposition of 3D Cone-Beam Computed Tomography (CBCT) models. METHODS: This prospective observational study used pre-surgery and post-surgery CBCT scans of 27 subjects presenting skeletal Class II with normal or horizontal growth pattern. An automatic technique of cranial base superimposition was used to assess positional and/or remodeling changes in anatomic regions of interest. Displacements were visually displayed and quantified by 3D color maps. Descriptive statistics consisted of mean values, standard deviations and minimum/maximum displacements. Changes greater than 2 mm were considered clinically relevant, and a categorization was done. Positive and negative displacements showed each region directional tendency. To test if displacements in anatomic regions were associated with each other, Pearson correlation coefficients were used under a 95% significance level. RESULTS: The chin moved anterior-inferiorly 6.81±3.2 mm on average and the inferior portion of the rami moved laterally (left: 2.97±2.71 mm; right: 2.34±2.35 mm). Other anatomic regions showed <2 mm mean displacements, but with evident individual variability. Significant statistical correlations were positive and moderate. The condyles, posterior border and superior portion of the rami showed a bilateral correlation, and the superior and inferior portion of the rami an ipsilateral correlation. CONCLUSION: This 3D method allowed clear visualization and quantification of surgery outcomes, with an anterior-inferior chin displacement and a lateral movement on the inferior portion of the rami, but with considerable individual variability in all the evaluated anatomic regions.
  • Transverse effects of rapid maxillary expansion in Class II malocclusion patients: a Cone-Beam Computed Tomography study Artigos Inéditos

    Baratieri, Carolina; Nojima, Lincoln Issamu; Alves Jr., Matheus; Souza, Margareth Maria Gomes de; Nojima, Matilde Gonçalves

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: avaliar por meio de Tomografia Computadorizada Cone-Beam (TCCB) os efeitos transversais, imediatos e após o período de contenção, da expansão rápida da maxila (ERM) em pacientes com má oclusão de Classe II. MÉTODOS: dezessete crianças (idade inicial média de 10,36 anos) com má oclusão de Classe II e deficiência transversal esquelética da maxila foram submetidas ao protocolo de ERM com aparelho expansor de Haas. TCCBs foram realizadas antes dos procedimentos clínicos (T1), imediatamente após a estabilização do parafuso expansor (T2) e após completados 6 meses de contenção e removido o aparelho (T3). Com o software Dolphin, foram possíveis a manipulação das imagens e as mensurações. O teste t de Student pareado foi utilizado para identificar significância estatística (p<0,05) entre os intervalos T2 e T1, T3 e T2, e T3 e T1. RESULTADOS: imediatamente após a ERM, ocorreu aumento significativo da largura maxilar basal, alveolar e dentária de 1,95mm, 4,30mm e 6,89mm, respectivamente, e inclinação vestibular dos primeiros molares direito (7,31º) e esquerdo (6,46º). Ao final do período de contenção, o aumento transversal foi mantido e a inclinação dentoalveolar retornou ao valor inicial. CONCLUSÕES: a ERM foi efetiva no aumento da dimensão transversa da maxila, tanto esquelético quanto dentário, sem causar inclinação dos molares de ancoragem em pacientes com má oclusão de Classe II.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: The aim of this study was to evaluate by Cone-Beam Computed Tomography (CBCT) transversal responses, immediately and after the retention period, to rapid maxillary expansion (RME), in Class II malocclusion patients. METHODS: Seventeen children (mean initial age of 10.36 years), with Class II malocclusion and skeletal constricted maxilla, underwent Haas´ protocol for RME. CBCT scans were taken before treatment (T1), at the end of the active expansion phase (T2) and after the retention period of six months (T3). The scans were managed in Dolphin software, where landmarks were marked and measured, on a coronal slice passing through the upper first molar. The paired Student´s t-test was used to identify significant differences (p<0.05) between T2 and T1, T3 and T2, and T3 and T1. RESULTS: Immediately after RME, the mean increase in maxillary basal, alveolar and dental width was 1.95 mm, 4.30 mm and 6.89 mm, respectively. This was accompanied by buccal inclination of the right (7.31°) and left (6.46°) first molars. At the end of the retention period, the entire transverse dimension increased was maintained and the dentoalveolar inclination resumed. CONCLUSIONS: The RME therapy was an effective procedure to increase transverse maxillary dimensions, at both skeletal and dentoalveolar levels, without causing inclination on anchorage molars in Class II malocclusion patients with skeletal constricted maxilla.
  • 3D simulation of orthodontic tooth movement Artigos Inéditos

    Penedo, Norman Duque; Elias, Carlos Nelson; Pacheco, Maria Christina Thomé; Gouvêa, Jayme Pereira de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: desenvolver e validar, através do Método dos Elementos Finitos (MEF), um modelo numérico tridimensional (3D) de um incisivo central superior para simular o movimento dentário. MÉTODOS: esse modelo contempla a unidade dentária, o osso alveolar e o ligamento periodontal. Permite a simulação dos diferentes movimentos dentários e a determinação dos centros de rotação e de resistência. Limita o movimento ao espaço periodontal, registrando a direção, quantificando o deslocamento dentário e as tensões iniciais no ligamento periodontal. RESULTADOS: a análise dos deslocamentos dentários e das áreas que recebem tensões iniciais possibilita determinar os tipos de movimentos dentários. Com base nas forças ortodônticas, é possível quantificar a intensidade das tensões em cada região do dente, do ligamento periodontal ou do osso alveolar. Com base nas tensões axiais ao longo do ligamento periodontal e da tensão capilar, é possível predizer, teoricamente, as regiões em que deve ocorrer a remodelação óssea. CONCLUSÃO: o modelo foi validado pela determinação do módulo de elasticidade do ligamento periodontal de forma compatível com dados experimentais existentes na literatura. Os métodos utilizados na construção do modelo permitiram a criação de um modelo completo para uma arcada dentária, o qual possibilita realizar variadas simulações que envolvem a mecânica ortodôntica.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To develop and validate a three-dimensional (3D) numerical model of a maxillary central incisor to simulate tooth movement using the Finite Element Method (FEM). METHODS: This model encompasses the tooth, alveolar bone and periodontal ligament. It allows the simulation of different tooth movements and the establishment of centers of rotation and resistance. It limits the movement into the periodontal space, recording the direction, quantifying tooth displacement and initial stress in the periodontal ligament. RESULTS: By assessing tooth displacements and the areas that receive initial stress it is possible to determine the different types of tooth movement. Orthodontic forces make it possible to quantify stress magnitude in each tooth area, in the periodontal ligament and in the alveolar bone. Based on the axial stress along the periodontal ligament and the stress in the capillary blood vessel (capillary blood stress) it is theoretically possible to predict the areas where bone remodeling is likely to occur. CONCLUSIONS: The model was validated by determining the modulus of elasticity of the periodontal ligament in a manner consistent with experimental data in the literature. The methods used in building the model enabled the creation of a complete model for a dental arch, which allows a number of simulations involving orthodontic mechanics.
  • Canine angulation in Class I and Class III individuals: a comparative analysis with a new method using digital images Artigos Inéditos

    Azevedo, Lucyana Ramos; Torres, Tatiane Barbosa; Normando, David

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: determinar as angulações mesiodistais das coroas dos caninos em indivíduos portadores de má oclusão de Classe III, comparando-os a indivíduos Classe I. MÉTODOS: foram empregadas medidas tomadas em fotografias digitalizadas de modelos de gesso e transportadas para um programa gráfico para leitura das medidas (Image Tool). Tais procedimentos foram repetidos para avaliação do erro do método casual (fórmula de Dahlberg) e para a análise da reprodutibilidade através da Correlação intraclasse. A amostra constituiu-se de 57 pacientes com dentição permanente completa e não tratados ortodonticamente, dividida em dois grupos, de acordo com a má oclusão apresentada: o grupo I foi constituído por 33 pacientes portadores de má oclusão de Classe I, sendo 16 do sexo masculino e 17 do feminino, com média de idades de 27 anos; o grupo II era representado por 24 pacientes portadores de má oclusão de Classe III, 20 do sexo masculino e 4 do feminino, com média de idades de 22 anos. RESULTADOS: o erro casual mostrou-se com uma variação de 1,54 a 1,96 graus para a angulação dos caninos. A análise estatística revelou que o método apresenta uma excelente reprodutibilidade (p<0,01). Os resultados obtidos na angulação da coroa dos caninos não mostraram diferença estatisticamente significativa entre os caninos superiores nos grupos Classe I e Classe III, embora esse dente mostrasse, em média, uma angulação 2 graus maior nos indivíduos Classe III. Entretanto, para os caninos inferiores, foi observada uma diferença estatisticamente significativa em ambos os lados (p=0,0009 e p=0,0074) entre os grupos Classe I e Classe III. Os pacientes Classe III apresentaram uma menor angulação nos caninos inferiores em comparação aos pacientes Classe I, tendendo a acompanhar a compensação natural dos incisivos, descrita rotineiramente na literatura. CONCLUSÃO: os resultados permitem concluir que as compensações dentárias, frequentemente observadas na literatura para a região de incisivos, se estendem também à angulação dos caninos, principalmente no que se refere à arcada inferior.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: This study aimed to determine the mesiodistal angulation of canine crowns in individuals with Class III malocclusion in comparison with Class I individuals. METHODS: Measurements were taken from digital photographs of plaster models and imported into an imaging program (Image Tool). These procedures were repeated to assess random method error (Dahlberg's formula), and analyze reproducibility by intraclass correlation. The sample consisted of 57 patients with complete permanent dentition, untreated orthodontically and divided into two groups according to their malocclusion: Group I consisted of 33 patients with Class I malocclusion, 16 males and 17 females, mean age 27 years; Group II comprised 24 patients with Class III malocclusion, 20 males and 4 females, mean age 22 years. RESULTS: Random error for canine angulation ranged from 1.54 to 1.96 degrees. Statistical analysis showed that the method presented an excellent reproducibility (p<0.01). Results for canine crown angulation showed no statistically significant difference between maxillary canines in the Class I and Class III groups, although canine angulation exhibited, on average, 2 degrees greater angulation in Class III individuals. Mandibular canines, however, displayed a statistically significant difference on both sides between Class I and Class III groups (p = 0.0009 and p = 0.0074). Compared with Class I patients, angulation in Class III patients was lower in mandibular canines and tended to follow the natural course of dentoalveolar compensation, routinely described in the literature. CONCLUSION: The results suggest that dental compensation often found in literature involving the incisors region, also affects canine angulation, especially in the lower arch.
  • Assessment of tooth inclination in the compensatory treatment of pattern II using computed tomography Artigos Inéditos

    Fattori, Liana; Brangeli, Liliana Ávila Maltagliati; Capelozza Filho, Leopoldino

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: avaliar as alterações nas inclinações dos dentes anteriores causadas pelo tratamento ortodôntico, utilizando-se aparelho Straight-Wire, prescrição II Capelozza, antes e após a fase de nivelamento com fios ortodônticos de aço de secção retangular. MÉTODOS: foram selecionados 17 indivíduos adultos de padrão facial II, má oclusão Classe II, indicados para tratamento ortodôntico compensatório. As inclinações dos dentes anteriores foram avaliadas em três tempos clínicos, após o uso dos fios ortodônticos de diâmetros 0,020" (T1); 0,019" x 0,025" (T2) e 0,021" x 0,025" (T3), através de exames de tomografia computadorizada. Empregou-se a análise de variância de Friedman, com nível de significância de 5%, na comparação entre os tempos. RESULTADOS: observou-se que o fios retangulares empregados não foram capazes de produzir uma mudança significativa na mediana da inclinação dentária, exceto por uma discreta alteração nos incisivos laterais inferiores (p<0,05). Por outro lado, constatou-se que a variação das inclinações observadas era menor no fio retangular 0,021" x 0,025", principalmente para os incisivos superiores (p<0,001). CONCLUSÃO: fios retangulares 0,021" x 0,025" produzem uma maior homogeneidade no grau de variação na inclinação dos incisivos superiores, embora sem mudança significativa na sua mediana.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate changes in the inclination of anterior teeth caused by orthodontic treatment using a Straight-Wire appliance (Capelozza's prescription II), before and after the leveling phase with rectangular stainless steel archwires. METHODS: Seventeen adult subjects were selected who presented with facial pattern II, Class II malocclusion, referred for compensatory orthodontic treatment. Inclinations of anterior teeth were clinically assessed using CT scans at three different times, i.e., after the use of 0.020-in (T1), 0.019 X 0.025-in (T2) and 0.021 X 0.025-in (T3) archwires. Friedman's analysis of variance was applied with 5% significance level to compare the three assessments (T1, T2 and T3). RESULTS: It was noted that the rectangular wires were unable to produce any significant changes in inclination medians, except for a slight change in mandibular lateral incisors (p<0.05). On the other hand, variations in inclination were smaller when 0.021 X 0.025-in archwires were employed, particularly in maxillary incisors (P<0.001). CONCLUSION: The use of rectangular 0.021 X 0.025-in archwires produces more homogeneous variations in the inclination of maxillary incisors, but no significant median changes.
  • Computed Tomographic evaluation of a young adult treated with the Herbst appliance Artigos Inéditos

    Maia, Savana; Raveli, Dirceu Barnabé; Santos-Pinto, Ary dos; Raveli, Taísa Boamorte; Gomez, Sandra Palno

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: o aparelho de Herbst destaca-se por manter a mandíbula avançada de modo contínuo. OBJETIVO: analisar, durante 8 meses, o tratamento de um indivíduo com aparelho Herbst por meio de imagens da tomografia Cone-Beam, após o surto de crescimento pubertário (16 anos e 3 meses), portador de má oclusão de Classe II, divisão 1, associada a retrognatismo mandibular. RESULTADOS: os resultados mostraram imagens tomográficas das ATMs que sugerem remodelação do côndilo, fossa glenoide e aumento da via aérea após o tratamento com esse aparelho. CONCLUSÃO: o aparelho de Herbst é uma boa opção no tratamento da má oclusão de Classe II em indivíduos adultos jovens, pois proporciona ao paciente a correção da má oclusão e melhora da estética do perfil.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The key feature of the Herbst appliance lies in keeping the mandible continuously advanced. OBJECTIVE: To monitor and study the treatment of a patient wearing a Herbst appliance by means of Cone-Beam Computed Tomography (CBCT) images for 8 months after pubertal growth spurt. The subject was aged 16 years and 3 months and presented with a Class II, Division 1 malocclusion associated with mandibular retrognathia. RESULTS: The CBCT images of the temporomandibular joints suggest that the treatment resulted in the remodeling of the condyle and glenoid fossa and widening of the airway. CONCLUSIONS: The Herbst appliance constitutes a good option for treating Class II malocclusion in young adults as it provides patients with malocclusion correction and improves their aesthetic profile.
  • Assessment of condylar growth by skeletal scintigraphy in patients with posterior functional crossbite Artigos Inéditos

    Sekito, Pepita Sampaio Cardoso; Costa, Myrela Cardoso; Boasquevisque, Edson; Capelli Junior, Jonas

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: avaliar a atividade de crescimento condilar em 10 pacientes com mordida cruzada posterior funcional antes e após a correção, usando a cintilografia óssea mandibular. MÉTODOS: os pacientes receberam injeção endovenosa de contraste radioativo (Technesium-99m, difosfato de metileno de sódio). Após duas horas, imagens cintilográficas planares foram realizadas por meio de uma câmera Gama. Imagens laterais da boca fechada, mostrando os côndilos direito e esquerdo, foram usadas. Uma imagem da quarta vértebra lombar também foi usada como referência. RESULTADOS: diferenças estatisticamente significativas não foram encontradas nos valores da taxa de absorção, em ambos os lados, quando os períodos de pré-tratamento e pós-tratamento foram analisados separadamente e também quando os períodos de pré-tratamento e pós-tratamento foram analisados no mesmo lado. Não foram encontradas diferenças na atividade de crescimento condilar em pacientes com mordida cruzada posterior funcional.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: This study evaluates the condylar growth activity in 10 patients with functional posterior crossbite before and after correction, using the mandibular bone skeletal scintigraphy. METHODS: Patients received endovenous injection of radioactive contrast (Technesium-99m labeling, sodium methylene diphosphate). After two hours, planar scintigraphic images were taken by means of a Gamma camera. Lateral images of the closed mouth, showing the right and left condyles, were used. An image of the 4th lumbar vertebra was also used as reference. RESULTS: Statistically significant differences were not found in the uptake rate values, on both sides when pre-treatment and post-treatment periods were analyzed separately and also when pre-treatment and post-treatment periods were analyzed in the same side. No differences were found in the condylar growth activity, in patients with functional posterior crossbite.
  • Reproducibility of bone plate thickness measurements with Cone-Beam Computed Tomography using different image acquisition protocols Artigos Inéditos

    Menezes, Carolina Carmo de; Janson, Guilherme; Massaro, Camila da Silveira; Cambiaghi, Lucas; Garib, Daniela G.

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: quanto menor a dimensão do voxel, maior a nitidez da imagem de tomografia computadorizada Cone-Beam (TCCB), porém, maior a dose de radiação emitida. OBJETIVOS: avaliar e comparar a reprodutibilidade da mensuração da espessura das tábuas ósseas vestibular e lingual em imagens de TCCB, utilizando diferentes protocolos de aquisição de imagem com variação da dimensão do voxel. MÉTODOS: exames de TCCB foram tomados de 12 mandíbulas humanas secas, com dimensão do voxel de 0,2; 0,3 e 0,4mm, no aparelho i-CAT Cone-Beam 3-D Dental Imaging System. No software i-CAT Viewer, foi mensurada a espessura das tábuas ósseas vestibular e lingual, em um corte axial passando 12mm acima do forame mentoniano do lado direito. A reprodutibilidade intraexaminador foi avaliada por meio da aplicação do teste t pareado. Para a comparação interexaminadores, foi utilizado o teste t independente. Os resultados foram considerados com o nível de significância de 5%. RESULTADOS: observou-se uma excelente reprodutibilidade interexaminadores para os três protocolos avaliados. A reprodutibilidade intraexaminadores foi muito boa, com exceção de algumas regiões dos dentes anteriores, que mostraram diferenças estatisticamente significativas, independentemente da dimensão do voxel. CONCLUSÃO: a mensuração da espessura das tábuas ósseas vestibular e lingual em imagens de TCCB mostrou boa precisão para exames obtidos com voxel de 0,2; 0,3 ou 0,4mm. A reprodutibilidade das mensurações na região anterior da mandíbula foi mais crítica do que na região posterior.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: A smaller voxel dimension leads to greater resolution of Cone-Beam Computed Tomography (CBCT), but a greater dosage of radiation is emitted. OBJECTIVE: Assess and compare the reproducibility of buccal and lingual bone plate thickness measurements in CBCT images using different image acquisition protocols, with variations in the voxel dimension. METHODS: CBCT exams were taken of 12 dried human mandibles with voxel dimensions of 0.2, 0.3 and 0.4 mm using the i-CAT Cone-Beam 3-D Dental Imaging System. The thickness of the buccal and lingual bone plates was measured, with the i-CAT Vision software, on an axial section passing 12 mm above the right mental foramen. Intra-examiner and inter-examiner reproducibility was assessed using the paired t-test and independent t-test, respectively, with the level of significance set at 5%. RESULTS: Excellent inter-examiner reproducibility was observed for the three protocols analyzed. Intra-examiner reproducibility was very good, with the exception of some regions of the anterior teeth, which exhibited statistically significant differences regardless of the voxel dimensions. CONCLUSION: The measurement of buccal and lingual bone plate thickness on CBCT images demonstrated good precision for voxel dimensions of 0.2, 0.3 and 0.4 mm. The reproducibility of the measurements of the anterior region of the mandible was more critical than that of the posterior region.
  • Assessment of pharyngeal airway space using Cone-Beam Computed Tomography Artigos Inéditos

    Zinsly, Sabrina dos Reis; Moraes, Luiz César de; Moura, Paula de; Ursi, Weber

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: a avaliação do espaço aéreo superior faz parte da rotina na elaboração do diagnóstico e plano de tratamento ortodôntico. A radiografia cefalométrica em norma lateral tem sido usada rotineiramente na avaliação da permeabilidade do espaço aéreo, esbarrando na limitação de fornecer uma imagem bidimensional de uma estrutura tridimensional. A Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico (TCFC) tem entrado na realidade ortodôntica trazendo um arsenal de informações concernentes ao espaço aéreo superior. Por fornecer uma imagem tridimensional, possibilita determinar de maneira precisa a área de maior estreitamento da faringe, que ofereceria maior resistência à passagem aérea. OBJETIVOS: o propósito deste artigo é esclarecer o ortodontista quanto aos recursos disponíveis na TCFC para o diagnóstico de possíveis barreiras físicas que possam diminuir a permeabilidade das vias aéreas superiores.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Evaluation of upper airway space is a routine procedure in orthodontic diagnosis and treatment planning. Although limited insofar as they provide two dimensional images of three-dimensional structures, lateral cephalometric radiographs have been used routinely to assess airway space permeability. Cone-Beam Computed Tomography (CBCT) has contributed to orthodontics with information concerning the upper airway space. By producing three-dimensional images CBCT allows professionals to accurately determine the most constricted area, where greater resistance to air passage occurs. OBJECTIVES: The purpose of this article is to enlighten orthodontists on the resources provided by CBCT in the diagnosis of possible physical barriers that can reduce upper airway permeability.
  • Mixed-dentition analysis: tomography versus radiographic prediction and measurement Artigos Inéditos

    Felício, Letícia Guilherme; Ruellas, Antônio Carlos de Oliveira; Bolognese, Ana Maria; Sant'Anna, Eduardo Franzotti; Araújo, Mônica Tirre de Souza

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: o objetivo dos autores desse estudo foi comparar o método de análise de dentição mista que utiliza tomografia computadorizada de feixe cônico para avaliar os diâmetros dos dentes intraósseos com os métodos de Moyers, Tanaka-Johnston e radiografias oblíquas em 45º. MÉTODOS: foram realizadas medidas, na arcada inferior, dos diâmetros mesiodistais dos incisivos permanentes irrompidos, nos modelos de gesso com auxílio de paquímetro digital e estimativa do tamanho de pré-molares e caninos permanentes ainda não irrompidos utilizando-se a tabela de Moyers e a fórmula de predição de Tanaka-Johnston. Nas radiografias oblíquas em 45º, caninos e pré-molares foram medidos utilizando-se o mesmo instrumento. Nas tomografias, as mesmas unidades dentárias foram aferidas por meio de ferramentas do programa Dolphin. RESULTADOS: a análise estatística revelou elevada concordância entre o método tomográfico e o radiográfico, e baixa concordância entre o tomográfico e os demais avaliados. CONCLUSÃO: a tomografia computadorizada de feixe cônico mostrou-se confiável para análise da dentição mista e apresenta algumas vantagens em relação aos métodos comparados: a observação e mensuração dos dentes intraósseos individualmente, com a possibilidade, contudo, de visualizá-los sob diferentes perspectivas e sem superposição de estruturas anatômicas.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: The aim of this study was to evaluate the method for mixed-dentition analysis using Cone-Beam Computed Tomography for assessing the diameter of intra-osseous teeth and compare the results with those obtained by Moyers, Tanaka-Johnston, and 45-degree oblique radiographs. METHODS: Measurements of mesial-distal diameters of erupted lower permanent incisors were made on plaster cast models by using a digital calliper, whereas assessment of the size of non-erupted permanent pre-molars and canines was performed by using Moyer's table and Tanaka-Johnston's prediction formula. For 45-degree oblique radiographs, both canines and pre-molars were measured by using the same instrument. For tomographs, the same dental units were gauged by means of Dolphin software resources. RESULTS: Statistic analysis revealed high agreement between tomographic and radiographic methods, and low agreement between tomographs and other methods being evaluated. CONCLUSION: Cone-Beam Computed Tomography was accurate for mixed-dentition analysis in addition to presenting some advantages over compared measurement methods: observation and measurement of intra-osseous teeth individually with the possibility, however, to view them from different prospects and without superimposition of anatomical structures.
  • Increase in upper airway volume in patients with obstructive sleep apnea using a mandibular advancement device Artigos Inéditos

    Abi-Ramia, Luciana Baptista Pereira; Carvalho, Felipe Assis Ribeiro; Coscarelli, Claudia Torres; Almeida, Marco Antonio de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: o diagnóstico, o tratamento e o acompanhamento de pacientes portadores da síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS) são essenciais, por se tratar de um distúrbio que pode causar alterações sistêmicas. A efetividade do tratamento da SAOS com aparelhos intrabucais foi demonstrada através de estudos cefalométricos. OBJETIVO: o objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do aparelho de avanço mandibular (Twin Block, TB) no volume das vias aéreas superiores, por meio de tomografia computadorizada Cone-Beam (CBCT). Dezesseis pacientes (6 homens e 10 mulheres) portadores de SAOS leve a moderada, idade média de 47,06 anos, utilizaram um aparelho de avanço mandibular e foram acompanhados por 7 meses, em média. MÉTODOS: foram feitas duas CBCT, sendo uma sem e outra com o aparelho em posição. A segmentação e a obtenção dos volumes das vias aéreas superiores foram realizadas e utilizado o teste t de Student pareado para análise estatística, com 5% de significância. RESULTADOS: houve aumento do volume da via aérea superior com TB quando comparado com o volume sem TB (p<0,05). CONCLUSÃO: pode-se concluir que o aumento de volume da via aérea superior observado foi associado ao aparelho de avanço mandibular.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Diagnosis, treatment and monitoring of patients with obstructive sleep apnea syndrome (OSAS) are crucial because this disorder can cause systemic changes. The effectiveness of OSAS treatment with intraoral devices has been demonstrated through cephalometric studies. OBJECTIVE: The purpose of this study was to evaluate the effect of a mandibular advancement device (Twin Block, TB) on the volume of the upper airways by means of Cone-Beam Computed Tomography (CBCT). Sixteen patients (6 men and 10 women) with mild to moderate OSAS, mean age 47.06 years, wore a mandibular advancement device and were followed up for seven months on average. METHODS: Two CBCT scans were obtained: one with and one without the device in place. Upper airway volumes were segmented and obtained using Student's paired t-tests for statistical analysis with 5% significance level. RESULTS: TB use increased the volume of the upper airways when compared with the volume attained without TB (p<0.05). CONCLUSION: It can be concluded that this increased upper airway volume is associated with the use of the TB mandibular advancement device.
  • Mandibular condyle dimensional changes in subjects from 3 to 20 years of age using Cone-Beam Computed Tomography: a preliminary study Artigos Inéditos

    Valladares Neto, José; Estrela, Carlos; Bueno, Mike Reis; Guedes, Orlando Aguirre; Porto, Olavo Cesar Lyra; Pécora, Jesus Djalma

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: o exame de tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC) oferece excelente representação dos tecidos duros da articulação temporomandibular (ATM). OBJETIVO: investigar as alterações morfológicas do côndilo mandibular, da infância à idade adulta, utilizando a TCFC. MÉTODOS: um estudo transversal foi conduzido envolvendo 36 côndilos de 18 indivíduos com idades variando entre 3 e 20 anos. As imagens dos côndilos foram obtidas por meio do sistema i-CAT e medidas com uma ferramenta do programa específica para ATM, que permite cortes perpendiculares à cabeça do côndilo, com correção individual em função das diferenças angulares de cada um. As maiores distâncias nas vistas lateral e frontal foram consideradas tanto para os côndilos do lado direto como para os do lado esquerdo. RESULTADOS: a dimensão lateral do côndilo mandibular parece ser estabelecida de maneira precoce, sofrendo poucas alterações com o passar dos anos, enquanto a dimensão frontal tende a aumentar. Assimetrias entre o côndilo esquerdo e o direito foram comumente observadas; no entanto, tais diferenças não apresentaram significância estatística para as vistas lateral (P=0,815) e frontal (P=0,374). CONCLUSÕES: os côndilos apresentaram simetria com relação ao tamanho, sendo observado crescimento apenas na dimensão frontal Os resultados sugerem que a TCFC constitui-se numa ferramenta útil na mensuração e avaliação das dimensões condilares.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Cone-Beam Computed Tomography (CBCT) imaging provides an excellent representation of the temporomandibular joint bone tissues. OBJECTIVE: The aim of this study was to investigate morphological changes of the mandibular condyle from childhood to adulthood using CBCT. METHODS: A cross-sectional study was conducted in 36 condyles of 18 subjects from 3 to 20 years of age. Condyles were scanned with the i-CAT Cone-Beam 3D imaging system and linear dimensions were measured with a specific i-CAT software function for temporomandibular joint, which permitted slices perpendicular to the condylar head, with individual correction in function of angular differences for each condyle. The greatest distances in lateral and frontal sections were considered on both left and right mandibular condyles. RESULTS: The linear dimension of the mandibular condyle on the lateral section varied little with growth and seemed to be established early, while the dimension of the frontal section increased. Small asymmetries between left and right condyles were common but without statistical significance for both lateral (P=0.815) and frontal (P=0.374) dimensions. CONCLUSIONS: The condyles were symmetric in size and only the frontal dimension enlarged during growth. These preliminary data suggest that CBCT is a useful tool to measure and evaluate the condylar dimensions.
  • Class III malocclusion with unilateral posterior crossbite and facial asymmetry Caso Clínico Bbo

    Oliveira, Silvio Rosan de

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo relata o tratamento ortodôntico realizado em uma paciente adulta, com 36 anos de idade, portadora de um padrão esquelético e dentário de Classe III, com mordida cruzada posterior unilateral esquerda e assimetria mandibular, além de uma diferença relativamente grande entre máxima intercuspidação habitual (MIH) e relação cêntrica (RC). O tratamento foi realizado com expansão dentária superior, contração dentária inferior e descruzamento anterior, eliminando a diferença entre MIH e RC. O resultado obtido foi pautado sobre um diagnóstico criterioso e um planejamento de compensação ortodôntica, sem intervenção cirúrgica nos maxilares, por solicitação da paciente. Este caso foi apresentado à Diretoria do Board Brasileiro de Ortodontia e Ortopedia Facial (BBO), representando a categoria 5, ou seja, má oclusão com problema transverso, apresentando pelo menos um quadrante em cruzamento, como parte dos requisitos para obtenção do título de Diplomado pelo BBO.

    Abstract in English:

    This article reports on the orthodontic treatment performed on a 36-year-old female patient with skeletal and dental Class III pattern, presenting with a left unilateral posterior crossbite and mandibular asymmetry, and a relatively significant difference between maximum intercuspation (MIC) and centric relation (CR). The treatment was performed with maxillary dental expansion, mandibular dental contraction and anterior crossbite correction, eliminating the difference between MIC and CR. Results were based on careful diagnosis and planning of orthodontic compensation without surgical intervention in the maxilla, at the request of the patient. This case was presented to the Brazilian Board of Orthodontics and Facial Orthopedics (BBO) as representative of Category 5, i.e., malocclusion with a transverse problem, presenting with a crossbite in at least one of the quadrants, as part of the requirements for obtaining the BBO Certificate.
  • Alveolar bone morphology under the perspective of the computed tomography: defining the biological limits of tooth movement Tópico Especial

    Garib, Daniela Gamba; Yatabe, Marília Sayako; Ozawa, Terumi Okada; Silva Filho, Omar Gabriel da

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: a tomografia computadorizada (TC) permite a visualização do osso alveolar que recobre os dentes por vestibular e lingual. OBJETIVO: o propósito deste estudo foi expor e discutir as implicações da morfologia do osso alveolar, visualizado por meio da TC, sobre o diagnóstico e plano de tratamento ortodôntico. MÉTODOS: foram descritas as evidências sobre a inter-relação entre características dentofaciais e a morfologia das tábuas ósseas vestibular e lingual, assim como evidências sobre a repercussão da movimentação ortodôntica sobre o nível e espessura dessas estruturas periodontais. RESULTADOS: pacientes adultos podem apresentar deiscências ósseas previamente ao tratamento ortodôntico, principalmente na região dos incisivos inferiores. Os pacientes com padrão de crescimento vertical parecem apresentar menor espessura das tábuas ósseas vestibular e lingual no nível do ápice dos dentes permanentes, comparados a pacientes com padrão de crescimento horizontal. O movimento dentário vestibulolingual descentraliza os dentes do rebordo alveolar e ocasiona deiscências ósseas. CONCLUSÃO: a morfologia do rebordo alveolar constitui um fator limitante para a movimentação dentária e deve ser considerada, de forma individual, na realização do plano de tratamento ortodôntico.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Computed tomography (CT) permits the visualization of the labial/buccal and lingual alveolar bone. OBJECTIVES: This study aimed at reporting and discussing the implications of alveolar bone morphology, visualized by means of CT, on the diagnosis and orthodontic treatment plan. METHODS: Evidences of the interrelationship between dentofacial features and labial/buccal and lingual alveolar bone morphology, as well as the evidences of the effects of the orthodontic movement on the thickness and level of these periodontal structures were described. RESULTS: Adult patients may present bone dehiscences previously to orthodontic treatment, mainly at the region of the mandibular incisors. Hyperdivergent patients seems to present a thinner thickness of the labial/buccal and lingual bone plates at the level of the root apex of permanent teeth, compared to hypodivergent patients. Buccolingual tooth movement might decentralize teeth from the alveolar bone causing bone dehiscences. CONCLUSION: The alveolar bone morphology constitutes a limiting factor for the orthodontic movement and should be individually considered in the orthodontic treatment planning.
Dental Press International Av. Luís Teixeira Mendes, 2712 , 87015-001 - Maringá - PR, Tel: (55 44) 3033-9818 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: artigos@dentalpress.com.br