• Odontologia baseada em evidências: o fundamento da decisão clínica Editorial

    Faber, Jorge
  • Dispositivos de ultra-som, para realização de osteotomias em expansões maxilares cirurgicamente assistidas, aparentemente, proporcionam vantagens para o paciente O que há de novo na Odontologia

    Polido, Waldemar Daudt
  • Expansão Rápida da Maxila e Constrição Alternadas (ERMC-Alt) e técnica de Protração Maxilar Ortopédica Efetiva: extrapolação de conhecimentos prévios para fundamentação biológica Insight Ortodôntico

    Consolaro, Alberto; Consolaro, Maria Fernanda M-O.
  • Peter Ngan Entrevista

    Ngan, Peter
  • Avaliação clínica e radiográfica da influência do fenobarbital (Gardenal®) na movimentação ortodôntica: estudo em coelhos Artigos Inéditos

    Pithon, Matheus Melo; Ruellas, Antônio Carlos de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Deste estudo foi avaliar clínica e radiograficamente a influência do Fenobarbital na movimentação ortodôntica. METODOLOGIA: Foram utilizados 22 coelhos da raça Nova Zelândia (Oryctolagus cuniculus), distribuídos em três grupos: normal (N), controle (C) e experimental (E). O grupo N (n=2) não foi tratado, apenas certificada a condição de normalidade. Nos grupos C (n=10) e E (n=10), foi montado aparelho ortodôntico entre os primeiros molares e incisivos inferiores para promover a movimentação para mesial dos molares. No grupo E, foi administrado conjuntamente à movimentação dentária induzida, o medicamento Fenobarbial. Após os períodos de 7 e 14 dias os animais foram sacrificados para análise clínica e radiográfica. CONCLUSÕES: Os resultados demonstraram não haver diferenças na extensão do movimento nem alterações radiográficas entre os animais do grupo controle e experimental.

    Abstract in English:

    The objective of the present study was to evaluate the clinical and radiographic phenobarbital influence on orthodontic movement. 22 New Zealand rabbits (Oryctolagus cuniculus) have been used for study, all divided into three groups: N = normal rabbits; C = control rabbits; and E = experimental rabbits. No procedure was performed in Group N (n = 2), except a certification of the normal condition. In Groups C (n = 10) and E (n = 10), orthodontic device was placed between the lower first molars and the lower incisors in order to promote a mesial molar movement. In Group E, phenobarbital was administered together the treatment. Following the periods of 7 and 14 days, the animals were sacrificed for clinical and radiographic analysis. By comparing the control animals with the experimental ones, the results showed no difference on the rate of orthodontic tooth moment as well no radiographic change.
  • Tratamento da má oclusão de Classe II de Angle em duas fases: avaliação da efetividade e eficácia por meio do índice PAR Artigos Inéditos

    Calheiros, Anderson de Albuquerque; Miguel, José Augusto Mendes; Moura, Pollyana Marques; Almeida, Marco Antonio de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Do presente estudo foi comparar o resultado do tratamento ortodôntico de pacientes portadores de má oclusão classe II, divisão 1 tratados em uma e em duas fases (tratamento precoce). METODOLOGIA: A amostra final foi constituída de forma aleatória por 72 pacientes portadores de Classe II (31 do gênero masculino e 41 do gênero feminino), tratados por seis ortodontistas da rede privada. A idade média observada foi de 11,8 (dp=2,5) e 9,58 (dp=1,6) anos para os grupos de uma (n=36) e duas fases (n=36), respectivamente. RESULTADOS: As médias dos valores cefalométricos iniciais e do valor inicial do Índice de Avaliação entre Pares ou Peer Assessment Rating (PAR) nos dois grupos foram comparados pelo teste t-Student, não havendo diferença significativa entre eles, comprovando-se sua equivalência inicial com relação à gravidade dos casos. O resultado do tratamento foi avaliado aplicando-se o PAR aos modelos de estudo iniciais e finais dos pacientes entre os grupos (p=0,647), sendo encontrada uma redução média do índice de 83% e 85% para o grupo de uma e duas fases, respectivamente. A média de duração de tratamento total foi de 43,1 meses para o grupo de duas fases e de 35 meses para o grupo de uma fase, sendo a diferença entre eles significativa (p=0,0158). CONCLUSÕES: A correlação entre o tempo de tratamento e a gravidade inicial do caso foi baixa, porém positiva, contudo, não foi encontrada relação entre o gênero do paciente e a duração da intervenção, com a qualidade final da mesma. Apesar do presente estudo não ter identificado diferenças significativas entre resultados médios, futuros trabalhos deveriam ter como objetivo identificar, com mais exatidão, quais os tipos de pacientes a serem de fato beneficiados por um tratamento precoce.

    Abstract in English:

    The aim of the present study was to compare orthodontic treatment results of Class II division 1 patients treated in one or two phases (early treatment). The sample was randomly composed by 72 Class II patients (31 males and 41 female), treated by six private orthodontists. The observed mean age was 12 (sd = 2.47) and 9.62 years old (sd= 1.51), respectively for the one phase (n=36) and the two phase treatment group (n=36). The mean initial cephalometric and PAR index values for both study groups were compared using the Student t-test, with no significant difference between them, demonstrating initial severity equivalence of the cases. The final orthodontic evaluation was done by only one calibrated operator, using the PAR index (Peer Assessment Rating) on study models. Results didn't show any statistical differences among the groups (p=0.647), with mean PAR reduction rate evaluated in 83% and 85% for one and two phase group respectively. The mean treatment time was 43.1 months for the two phase and 35 months for the one phase group (statistically significant, p=0,0158). The more severe was the case, the longer they would take to be finished, but no correlation was found between the duration of intervention, patient gender with the final quality result. Although the present study failed to show significant differences between mean orthodontic results, further studies should be carried in order to identify more accurately which are the patients that would really benefit from class II early treatment.
  • Alterações no volume nasal de pacientes submetidos a disjunção da maxila Artigos Inéditos

    Muniz, Renata da Fonseca Lacerda e; Cappellette Jr., Mario; Carlini, Daniela

    Abstract in Portuguese:

    Os efeitos da disjunção maxilar na resistência nasal e fluxo aéreo têm sido amplamente discutidos na literatura, com controvérsias. Suas indicações esqueléticas e dentárias parecem estar bem claras. Porém, aquelas puramente rinológicas não são justificadas, porque nem sempre resultados positivos são encontrados. Este estudo teve por finalidade avaliar a repercussão da disjunção maxilar ortopédica no aspecto respiratório e rinológico dos pacientes submetidos a esse procedimento.

    Abstract in English:

    Rapid maxillary expansion effects on airflow and nasal resistance has been amply discussed in literature, with controversies. Its skeletal and dental indications seem to be clear, however, those sole rhinologic are not justified, because positive results are not always found. This study had as purpose to evaluate the orthopedic rapid maxillary expansion repercussion on respiratory and rhinologic aspects of patients undergoing this procedure.
  • Caninos permanentes retidos por palatino: diagnóstico e terapêutica: uma sugestão técnica de tratamento Artigos Inéditos

    Cappellette, Mario; Cappellette Jr., Mario; Fernandes, Luciana Cappellette Monteiro; Oliveira, Arnaldo Pinto de; Yamamoto, Lúcia Hatsue; Shido, Flávio Toshiki; Oliveira, Walter Cerveira de

    Abstract in Portuguese:

    Os dentes seguem uma seqüência de erupção favorável no desenvolvimento da oclusão normal, mas algum distúrbio desse mecanismo, nesse período de transição da dentadura mista para a permanente, pode levar a alterações na seqüência ou mesmo no trajeto de erupção, levando a impactação de dentes. Os caninos superiores permanentes, depois dos terceiros molares, apresentam maior ocorrência de impactação, especialmente na região palatina, mesmo na presença de espaço suficiente para o seu alinhamento na arcada dentária. Na impossibilidade do diagnóstico precoce, esforços serão empregados para reposicionar o dente no arco dentário evitando sua extração, dada a sua importância no equilíbrio, harmonia e função do arco dentário. Nos casos não diagnosticados ou tratados inadequadamente podem ocorrer perturbações mecânicas, infecciosas ou neoplásicas. O prognóstico depende da posição do canino em relação às estruturas adjacentes e à possibilidade de movimentação ortodôntica. O presente trabalho aborda os principais fatores a serem considerados nos casos de caninos superiores permanentes impactados, tais como processo de erupção, etiologia, diagnóstico e uma forma de tração proposta para caninos impactados. Também será apresentado um caso clínico em que se optou pelo tratamento ortodôntico-cirúrgico, cuja técnica de tração tem-se mostrado bastante eficiente nos casos de impactação de caninos no palato.

    Abstract in English:

    The teeth follow a favorable sequence of eruption on the development of a normal occlusion, but some disturbance of that mechanism at the period of transition of the mixed denture for the permanent one, may provoke alterations in the sequence or even in the eruption path, resulting in impactation of teeth. The permanent maxillary canine, after the third molars, is the most commonly impacted tooth, especially at the palatine area, even though enough space be present for its alignment in the dental arcade. If a precocious diagnosis is not possible, efforts should be used for replace the tooth in the dental arch avoiding its extraction, because its importance for the aesthetic balance and the functional occlusion. The not diagnosed or inadequately negotiated cases may incur mechanical, infectious or neoplasics disturbances. The prognostic depends on the position of the maxillary canine with relation to the adjacent structures and to the possibility of orthodontic movement. The present work approaches the main factors to be considered in the cases of impacted permanent maxillary canine, such as eruption process, etiology, diagnosis and a proper way of palatal impacted canines traction used by ower orthodontic team. A clinical case will also be presented which opted for a surgical-orthodontic treatment, showing a traction technique which have been demonstrated quite efficient in palatal impacted canines cases.
  • O índice de necessidade de tratamento ortodôntico como um método de avaliação em saúde pública Artigos Inéditos

    Dias, Patricia Fernanda; Gleiser, Rogerio

    Abstract in Portuguese:

    As má oclusões são consideradas problemas de saúde pública e, como tal, necessitam de um método de avaliação uniforme que priorize o atendimento dos indivíduos com maior necessidade de tratamento ortodôntico. Dentre os vários índices oclusais desenvolvidos com esta finalidade, o Índice de Necessidade de Tratamento Ortodôntico tem sido muito utilizado em diversos países. Como no Brasil a demanda por este tipo de tratamento nos serviços públicos excede a oferta, observa-se a necessidade da implementação de um meio adequado de seleção de pacientes. Assim, objetiva-se elucidar a forma de aplicação deste índice e os seus benefícios, pois o mesmo pode ser bastante útil em encaminhamentos e triagens ao tratamento ortodôntico.

    Abstract in English:

    Malocclusions are considered public health problems, needing a uniform method of assessment that prioritizes the attendance of individuals with greater orthodontic treatment need. Among the several oclusal indices developed with this purpose, the Index of Orthodontic Treatment Need has been used in many countries. As the demand for this treatment in public services in Brazil exceeds the offers, there is a need to implement an adequate method of patient's selection. Thus, the aim of this article is to elucidate this index methodology and its benefits, because it can be very useful in orthodontic treatment referrals and triages.
  • Análise crítica dos diversos métodos de avaliação e registro das más oclusões Artigos Inéditos

    Pinto, Edvaldo de Melo; Gondim, Pedro Paulo da Costa; Lima, Niedje Siqueira de

    Abstract in Portuguese:

    Desde o final do século XIX, vários sistemas de classificação tem sido propostos por diversos autores, com a finalidade, inicialmente, de facilitar o diagnóstico e o tratamento ortodôntico e, posteriormente, servir com eficácia e precisão para os estudos epidemiológicos. A classificação de Angle (1899) tornou-se o maior instrumento de medida das más oclusões durante todo o século passado. Por suas limitações, tanto na avaliação das más oclusões nos sentidos vertical e transversal como também pela falta de critérios necessários para ser considerado um instrumento epidemiológico, diversos autores propuseram outros sistemas para substituir o sistema de Angle, e para isso, realizaram testes e estudos comparativos com esses métodos e encontraram excelentes resultados. Contudo, nenhum deles foi largamente utilizado. A Organização Mundial de Saúde (OMS), a partir de 1997, passou a recomendar o uso de registro de natureza quantitativa para a avaliação de má oclusão. No futuro, novos índices deverão ser desenvolvidos e padronizados no estudo da má oclusão.

    Abstract in English:

    Since de end of century 20th, a number of classification systems have being proposed, by several authors, with the intention of, initially, facilitate the diagnosis and the orthodontic treatment, and later, be of efficiency and precision to the epidemiological studies. The Angle's classification (1899) became the measurements greater instrument of malocclusions during all last century. Because of its limitations, as much in the evaluation of malocclusions in vertical a transversal planes as for the criterion lack needed to be consider as an epidemiological instrument, many authors proposed others systems to replace the Angle's system, and to do so, the carried out many tests and comparatives studies with these methods and found optimal results. However, none of them was largely used. The World Health Organization (WHO), from 1997, started to recommend the use of quantitative nature registers to evaluate malocclusions. In the future, new index will be developed and standardized in the malocclusion study.
  • Diferenças biomecânicas entre a técnica lingual e a labial Artigos Inéditos

    Monini, André da Costa; Gandini Jr, Luiz Gonzaga; Gandini, Marcia Regina Elisa Aparecida S.; Figueiredo, José Fernando Barros de

    Abstract in Portuguese:

    Pela sua característica essencialmente estética, o aparelho lingual vem despertando interesse por parte dos ortodontistas e da comunidade em geral. O crescente mercado dos serviços de beleza, em todos os setores (médicos, odontológicos, cosméticos), influencia o ressurgimento da técnica lingual. Biomecanicamente diferente da técnica convencional, a técnica lingual necessita de um conhecimento e treinamento diferenciado do profissional que a executa. Verificar as diferenças, encontradas na literatura, com relação às duas técnicas é o objetivo deste trabalho, como parte do processo de amadurecimento e treinamento profissional confirmando a técnica lingual como mais uma opção segura de tratamento ortodôntico.

    Abstract in English:

    Considering the lingual braces essentially esthetic they are bring up the interest of orthodontists and the general population. The increasing of the beauty services in several segments (medicine, dentistry, cosmetics etc) it is affecting the reappear of lingual technique. Due its mechanical differences comparing with buccal technique, the lingual approach demand to the orthodontist a special knowledge and training. The objective of this paper is review the literature and describes the main differences between the two techniques in order to contribute to the improvement of the orthodontists and help them to make the lingual philosophy a safe option of orthodontic treatment too.
  • Correlação entre padrão facial e relação sagital entre os arcos dentários no estágio de dentadura decídua: considerações epidemiológicas Artigos Inéditos

    Silva Filho, Omar Gabriel da; Queiroz, Ana Paula Corrêa de; Herkrath, Fernando José; Silva, Guilherme Ferreira Bibiano

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: A inter-relação oclusão e morfologia facial é fundamental para o diagnóstico e planejamento em ortodontia, bem como para determinação do prognóstico de tratamento. De um modo geral, a relação sagital entre os arcos dentários (Classe) tende a refletir o comportamento sagital do esqueleto facial (Padrão). O presente trabalho avalia a correlação entre as características morfológicas sagitais da face (Padrão) e da oclusão (Classe) no estágio de dentadura decídua. METODOLOGIA: A amostra foi composta por 2009 crianças, entre 03 e 06 anos de idade, no período de dentadura decídua completa, de 20 pré-escolas do Município de Bauru - SP. Os resultados demonstraram uma correlação estreita entre o Padrão facial e a Classe. No Padrão I predominou a Classe I (62,99%), seguida pela Classe II (35,82%) e Classe III (1,18%). No Padrão II, a Classe II foi predominante (81,35%) acompanhada de uma incidência baixa de Classe I (18,64%). No Padrão III, a Classe III estava presente em 50% das crianças, seguida pela Classe I, em 48,64%, e Classe II, em 1,35%. RESULTADOS: A expectativa se comprovou. Há uma tendência da Classe acompanhar o Padrão, desde o estágio de dentadura decídua. Isso foi mais explícito no Padrão II. Os resultados também esclarecem que a oclusão guarda alguma independência em relação ao Padrão. CONCLUSÃO: A maior heterogeneidade na distribuição das Classes ficou para os Padrões I e III. No Padrão II, as Classes se comportaram de forma mais homogênea, com mais de 80% das crianças exibindo Classe II.

    Abstract in English:

    The interrelationship between occlusion and facial morphology is fundamental for diagnosis and planning in Orthodontics. In general, the sagittal relationship between dental arches (Class) tends to reflect the sagittal position of facial skeleton (Pattern). This current paper assesses the correlation between sagittal facial morphological characteristics (Pattern) and occlusion (Class) in deciduous dentition. The sample was comprised of 2009 children aged between 3 and 6 years, in the complete deciduous dentition, from 20 pre-schools in Bauru - SP. The results showed a statiscally significant correlation between the facial Pattern and Class. In Pattern I, Class I children predominated (62.99%), followed by Class II (35.82%) and Class III (1.18%). In Pattern II, Class II children were predominant (81.35%), followed by a low incidence of Class I (18.64%). In Pattern III, Class III was found in 50.00% of children, followed by Class I (48.64%) and Class II (1.35%). The expectation has been confirmed. There is a tendency of Class to reflect facial Pattern, starting from deciduous dentition stage. It was more explicit in Pattern II. The results also clarify that occlusion may differ from the Pattern. Patterns I and III showed the greatest heterogeneity in the distribution of Classes. In Pattern II, the Classes were more homogeneous; more than 80% of children in this group presented Class II relationship.
  • Avaliação da angulação e inclinação dos elementos dentários em pacientes adultos jovens portadores de fissura transforame incisivo bilateral Artigos Inéditos

    Reis, Andréia Caixeta; Capelozza Filho, Leopoldino; Ozawa, Terumi Okada; Cavassan, Arlete de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: desse trabalho foi avaliar e mensurar o posicionamento dentário (angulação e inclinação) em pacientes com fissura transforame incisivo bilateral, no intuito de determinar características comuns a esses pacientes. METODOLOGIA: Para tanto, foram selecionados aleatoriamente, a partir do arquivo do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo (HRAC-USP), trinta pares de modelos de gesso dos arcos dentários de pacientes operados, portadores deste tipo de fissura e em estágio de dentadura permanente, com idades entre 12 e 27 anos. Os modelos foram preparados e as medidas realizadas, baseando-se na metodologia proposta por Andrews¹. RESULTADOS: Os resultados obtidos foram: 1. Angulação - no arco superior, valores positivos (angulação positiva), com tendência crescente progressiva, de molares para caninos e para os incisivos, valores negativos (contra-angulação). No arco inferior, valores positivos decrescentes de molares para pré-molares e negativos em toda a região anterior; 2. Inclinação - valores negativos, correspondentes a inclinação palatina ou lingual, para todos os dentes da amostra. CONCLUSÕES: Conclui-se que os caninos e incisivos superiores foram os dentes mais afetados pela presença da fissura; o arco inferior manteve valores mais uniformes, devido à menor interferência da fissura; inclinações negativas em todo o arco inferior e apinhamentos anteriores freqüentes sugerem a compensação inferior à maxila atrésica.

    Abstract in English:

    The aim of this study was to evaluate and measure the tooth positioning (tipping and inclination) in patients with complete bilateral cleft lip and palate in an attempt to establish the features common to these patients. For that purpose, thirty pairs of dental casts were randomly selected from the files of the Hospital of Rehabilitation of Craniofacial Anomalies. The dental casts had been obtained from treated patients with this type of cleft in the permanent dentition, aged 12 to 27 years. The casts were prepared and the measurements were performed based on the method suggested by Andrews¹. The results achieved were the following: 1. Tipping - in the maxillary arch, positive values (positive tipping) with a progressively increasing tendency were observed from the molars to the canines, and negative values for the incisors (counter-tipping). As regards the mandibular arch, decreasing positive values were found from the molars to the premolars and negative values were observed for the entire anterior region; 2. Inclination - negative values, corresponding to palatal or lingual inclination, were found for all teeth in the sample. It was concluded that the maxillary canines and incisors were the teeth most affected by the presence of the cleft; the mandibular arch kept more uniform values due to the middle influence from the cleft; the negative inclinations observed for the entire mandibular arch and the frequent anterior crowding suggest adaptation of the mandibular arch to compensate the maxillary atresia.
  • Estudo cefalométrico das alterações dentoesqueléticas da má oclusão de Classe II, divisão 1 tratada com o aparelho de Herbst com cantiléver Artigos Inéditos

    Nahás, Ana Carla Raphaelli; Henriques, José Fernando Castanha; Janson, Guilherme; Tompson, Bryan D.; Woodside, Donald G.

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Realizou-se um estudo cefalométrico, em telerradiografias, objetivando-se determinar os efeitos no complexo craniofacial de pacientes com más oclusões de Classe II, divisão 1 submetidos ao tratamento com o aparelho de Herbst com cantiléver. METODOLOGIA: Para tanto, utilizou-se uma amostra composta por dois grupos, sendo um experimental e um controle. O grupo experimental originou-se da Faculdade de Odontologia de Bauru - USP, com 25 pacientes tratados com o aparelho ortopédico funcional e a idade inicial média de 12,01 anos. O grupo de controle, pareado cronologicamente ao grupo experimental, foi composto por pacientes não tratados ortodonticamente e/ou ortopedicamente, oriundos do arquivo de documentações denominado Burlington Growth Centre, localizado na Faculdade de Odontologia da Universidade de Toronto, Canadá. Para cada componente dos dois grupos, obtiveram-se as telerradiografias ao início (T1) e ao final (T2) do período de tratamento ou de observação, sendo traçadas manualmente e digitalizadas para um programa de cefalometria. Foram estabelecidas 33 grandezas cefalométricas. RESULTADOS E CONCLUSÕES: A comparação estatística entre o grupo experimental e o grupo controle (teste t de Student, com nível de significância p<0,05) evidenciou que a terapia corrigiu, em curto prazo, a má oclusão inicial, com grandes alterações dentoalveolares, em decorrência da perda substancial de ancoragem dentária, mesializando os molares inferiores e vestibularizando os incisivos inferiores. A terapia restringiu o desenvolvimento normal no sentido vertical dos dentes póstero-superiores, contribuindo decisivamente para a correção da relação molar de Classe II e manutenção do padrão de crescimento craniofacial dos pacientes.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: This study investigated the treatment effects on the craniofacial growth of Class II patients treated with Herbst appliance. METHODOLOGY: The sample was comprised of two groups, one experimental and one control group. The experimental group originated from Bauru Dental School, University of São Paulo. This consisted of 25 patients treated by the Herbst appliance, with an initial mean age of 12,01 years. The control group, matched by age with the experimental group, was originated from the Burlington Growth Centre, located at the Faculty of Dentistry, University of Toronto, Canada. All patients were assessed at the beginning (T1) and at the end of the treatment or observation period (T2) and 33 cephalometric variables were established. RESULTS AND CONCLUSIONS: The statistical comparison between the experimental group and the control group (Student t test) showed in short-term fashion, the correction of the initial malocclusion with pronounced dental changes (loss anchorage). The effect in inhibiting the vertical development of the maxillary first molars, essential characteristic to correct the Class II molar relationship and to maintain the craniofacial growth pattern, was shown with the therapy.
  • Gerenciamento de riscos na prática ortodôntica: como se proteger de eventuais problemas legais Tópico Especial

    Cruz, Ricardo Machado; Chaves Cruz, Carla Pádua Andrade

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: A relação profissional-paciente na área de Ortodontia e Ortopedia facial é bastante desgastante face à longa duração dos tratamentos e, por causa disso, muitas vezes essa relação pode se deteriorar trazendo prejuízos a ambas as partes. OBJETIVO: Este trabalho visa informar o leitor, em linguagem acessível, sobre os principais problemas jurídicos que podem envolver o ortodontista em sua prática profissional, nas esferas cíveis, criminais e trabalhistas, bem como dos Conselhos Regionais de Odontologia. METODOLOGIA: Traça um perfil da atividade profissional em Ortodontia, analisa deveres e direitos do profissional e do paciente e estabelece alguns conceitos de gerenciamento de riscos a serem incorporados à clínica diária. RESULTADO E CONCLUSÃO: Além de trabalhar bem tecnicamente e com bom embasamento científico, o ortodontista atual deve saber como se prevenir de eventuais problemas legais. Este trabalho poderá servir como ferramenta de consulta para o estabelecimento de uma nova rotina clínica, administrativa e de relacionamento que seja mais segura do ponto de vista jurídico.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The professional relationship between the orthodontist and his patient is very consuming due to the long duration of clinical treatments. Frequently this relationship can be deteriorated causing damages to both sides. AIM: This paper aims to inform the reader, in an accessible language, about the main juridical problems that can involve the orthodontist in his practice, in the field of civil, criminal and labor law. METHODOLOGY: This paper draws the outline of professional activity in orthodontics, analyses obligations and rights of both orthodontists and patients and establishes some concepts of risk management that should be incorporated to the clinical practice. RESULTS AND CONCLUSION: Besides technically good and scientifically based work, orthodontists should know how to avoid legal problems. This paper can be an important tool for the establishment of a new clinical and administrative routine that can be safer as far as juridical aspect is concerned.
Dental Press Editora Av. Euclides da Cunha nº. 1718 - Zona 5, 87015-180 Maringá-PR-Brasil, Tel.: (44) 3031-9818, Fax: (44) 3262-2425 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: dental@dentalpress.com.br