Um paradoxo entre o existir e o resistir: a moda de viola através dos tempos

RAFAEL MARIN DA SILVA GARCIA Sobre o autor

RESUMO

A moda de viola é considerada um dos gêneros mais tradicionais da música caipira, se aproximando enquanto gênero narrativo das antigas lendas medievais e dos romances de cavalaria ibéricos renascentistas, sendo ainda afluente da cultura moura. Suas temáticas são reveladoras de uma funcionalidade social que, ao transmitirem valores pedagógicos, morais e expressarem poética e musicalmente determinados contextos sociais, servem como ferramenta de denúncia e crítica a processos de exclusão e opressão social. Este artigo traz uma breve descrição de seus primeiros registros coletados por folcloristas no início do século XX, dos dilemas decorrentes de sua inserção no registro fonográfico a partir de 1929 e das contradições acerca da perpetuação do gênero através dos tempos, focalizando principalmente sua potencialidade no campo dos estudos sobre identidade.

PALAVRAS-CHAVE
Moda de viola; Música caipira; Cultura popular; Tradição; Identidade

Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo Rua da Reitoria,109 - Cidade Universitária, 05508-900 São Paulo SP - Brasil, Tel: (55 11) 3091-1675/3091-1676, Fax: (55 11) 3091-4306 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: estudosavancados@usp.br