Graciliano Ramos e a revista Novidade: contra o lugar-comum

Tendo por horizonte compreender a formação da obra de Graciliano Ramos, o cerne deste ensaio é a apresentação da revista Novidade (Maceió, 1931). O estudo dessa revista revela como o grupo nordestino ao qual Graciliano pertenceu se manifestou contra chavões na arte e na política. O romancista publicou na Novidade o capítulo24 de Caetés e as crônicas "Sertanejos", "Chavões" (inéditas), "Milagres" e "Lampião". Desde esses textos, Graciliano formalizou em toda a sua obra, de singular rigor estético e ético, o impasse da educação/das letras num mundo de violência, tema central da revista.

Graciliano Ramos; Revista Novidade; Lampião; Modernismo


Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo Rua da Reitoria,109 - Cidade Universitária, 05508-900 São Paulo SP - Brasil, Tel: (55 11) 3091-1675/3091-1676, Fax: (55 11) 3091-4306 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: estudosavancados@usp.br
Accessibility / Report Error