Estudos Avançados, Volume: 8, Issue: 20, Published: 1994
  • Editorial

  • A ciência aplicada e o progresso social Dossiê Ciência E Desenvolvimento Sustentável

    Cordani, Umberto G.
  • O que a ciência pode fazer pelo desenvolvimento sustentável? Dossiê Ciência E Desenvolvimento Sustentável

    Menon, M. G. K.
  • Ciência e tecnologia: o problema da criação de capacidade no terceiro mundo Dossiê Ciência E Desenvolvimento Sustentável

    Silva Filho, Roberto Leal Lobo e
  • Investimentos em ciência e tecnologia Dossiê Ciência E Desenvolvimento Sustentável

    Kuppermann, Aron
  • Dinâmica não-linear, sistemas caóticos e aplicações Dossiê Ciência E Desenvolvimento Sustentável

    Palis, Jacob
  • Aplicação de modelos matemáticos ao diagnóstico médico, tecnologia de engenharia e geofísica Dossiê Ciência E Desenvolvimento Sustentável

    Moritz, Helmut
  • Entrando na era da informação Dossiê Ciência E Desenvolvimento Sustentável

    Sendov, Blagovest
  • As ciências biomédicas básicas na solução de problemas de saúde Dossiê Ciência E Desenvolvimento Sustentável

    Malnic, Gerhard
  • Os papéis da ciência dos materiais e da engenharia para uma sociedade sustentável Dossiê Ciência E Desenvolvimento Sustentável

    Hahn, Sookap
  • A indústria aeroespacial: questões econômicas, tecnológicas e sociais Dossiê Ciência E Desenvolvimento Sustentável

    Giacaglia, Giorgio E. O.
  • David Bohm, sua estada no Brasil e a teoria quântica Textos

    Freire Jr., Olival; Paty, Michel; Barros, Alberto Luiz da Rocha

    Abstract in Portuguese:

    Quando o artigo Uma proposta de interpretação da teoria quântica em termos de variáveis" escondidas", de autoria de David Bohm, foi publicado, ele estava no Brasil, na Universidade de São Paulo. Atingido pelo McCarthysm, Bohm perdeu sua posição na Universidade de Princeton e, por isto, veio para o Brasil, onde permaneceu de outubro de 1951 a janeiro de 1955. Analisamos sua atividade neste período, incluindo sua interpretação da teoria quântica, e a recepção desta pela comunidade científica. Destacamos que, apesar das condições adversas, a sociedade brasileira foi capaz de acolher o cidadão e cientista perseguido politicamente, e assegurar a continuidade de seu trabalho científico. A ciência brasileira foi bastante beneficiada pelo ensino, pela pesquisa e pela permanente preocupação com os fundamentos da física, características do trabalho de David Bohm.

    Abstract in English:

    When the paper A Suggested interpretation of the quantum theory in terms of "hidden" variables, by David Bohm, was published he has been in Brazil at University of São Paulo. He was hit by the McCarthysm, lost his post at the Princeton University and by this he came to the Brazil, where he stayed from 1951 (October) to 1955 (January). We analysed his activity in this period, including his interpretation of the quantum theory and its reception in the scientific community. We pointed out that notwithstanding the adverse conditions, the Brazilian society was able to recept the political persecuted scientist and citizen and to warrant the continuity of his scientific work. The Brazilian science was very benefited by the teaching, the research and the permanent preoccupation with the foundations of physics, features of David Bohm's work.
  • Fisiologia: crises? Textos

    Mendes, Erasmo G.

    Abstract in Portuguese:

    O autor se reporta a apregoadas crises tanto na fisiologia, como é classicamente entendida, como na que se convencionou chamar fisiologia animal comparativa. Na primeira, a crise residiria em estar cedendo lugar às disciplinas em que se desmembrou (biofísica, bioquímica, farmacologia e, mesmo, imunologia) e cada vez menos tendo a possibilidade de fazer pesquisa de ponta. Na segunda, o sentido da pesquisa teria divergido do concebido pelos seus instituidores, que deveria ser o de subsidiar as análises filogenéticas hauridas da anatomia, embriologia e paleontologia. Enfatiza que as referidas disciplinas continuam fisiológicas, a visão holística propiciada pela fisiologia clássica persiste importante e seus problemas de natureza sistêmica estão longe da elucidação satisfatória. Também não procederia a crítica feita à fisiologia comparativa de fracasso nas tentativas de compatibilizar as funções com a filogenia, pois, em casos significativos houve sucesso. Ademais, a fisiologia comparativa, na evolução de seus objetivos, ganhou novas conotações, mormente a ecológica, em que convergências antes que alinhamentos filogenéticos são buscados. Além disso, essa fisiologia tem oferecido à pesquisa básica animais, modelos experimentais mais simples, extremamente adequados ao estudo de funções complexas. Assim, não haveria crises num sentido de perda de objetivos ou mudança de paradigma nos dois casos. Novos rumos? O autor admite novos delineamentos nos estudos de problemas que continuam fundamentalmente os mesmos. Um breve aceno ao caráter prevalentemente positivista da fisiologia é também feito.

    Abstract in English:

    The author reports on proclaimed crises in classical physiology as well as in the so-called comparative animal physiology. In the former, the crisis would derive from loosing grond to biophysics, biochemistry, pharmacology and, even, immunology in a manner detrimental to holistic and systemic views; lack of opportunity to do cutting edge research is also pointed. In the latter, the trends followed in the researches would be far from the purpose originally conceived of subsidizing the phylogenetic analyses based on comparative anatomy, embryology and paleontology. The author emphasizes the undiminished importance of classic physiology, of which biophysics and biochemistry are but specialized branches and recalls that the holistic view and the systemic approach remain as the ultimate goal of physiology. As to comparative physiology, claims of failure to accomplish the alleged original purpose are to be rejected, in view of sucesses reported in tracing the evolution of functions and the fact that, with time, comparative physiology gained new connotations, mostly ecological, dealing with convergences rather than phylogenetic alignments. Besides, this branch of physiology has continuously furnished animal models for basic research. Thus, there would be no crises in a philosophical sense of loss of objectives or paradigm change, but rather a growth crisis towards molecular approaches. Essentially, not new trends, but new experimental designs. A brief reference to the prevalent positivist character of physiology is also made.
  • Sobre a clonagem de embriões: código de ética e código penal Textos

    Silva, Luiz Hildebrando Pereira da
  • Complexos e complexidade Textos

    Del Nero, Henrique Schützer

    Abstract in Portuguese:

    Apresenta-se uma visão da Ciência Cognitiva enquanto reação ao Behaviorismo, através de blocos de pensamento, fragmentos de um domínio conceituai tortuoso e demorado. Reunindo muitas disciplinas, seus fundamentos são por demais comprometidos com a relação mente-corpo, antigo objeto de estudo da Filosofia. Se, numa primeira abordagem, parece ser apenas a computação o elemento definidor dessa nova superdisciplina num estudo mais profundo e agudo percebe-se que a própria noção de computação comporta diversas interpretações. O estilo é propositalmente elíptico, estimulando o leitor a investigar o quanto a riqueza metafórica da linguagem é difícil, senão impossível de modelar em computadores, e também intrigando aquele que, porventura, resista, chamando-o ao estudo demorado de conceitos variados e difíceis. Compreender é, no mundo da mente, diverso de manipular: é ter empatia.

    Abstract in English:

    Cognitive Science as a reaction against Behaviorism is presented, not in a complete way, but in an informal and fragmented outlook. The old problem of the relation between the mind and the brain pervades cognitive concepts. In spite of the strong computational appeal of Cognitive Science, understanding what computation means, and all its different interpretations, is also suggested, including some considerations on models and other mind attributes.
  • O futuro da questão indígena Textos

    Cunha, Manuela Carneiro da

    Abstract in Portuguese:

    O futuro dos índios no Brasil dependerá de várias opções estratégicas, tanto do Estado brasileiro e da comunidade internacional quanto das diferentes etnias. Trata-se de parceria. As populações indígenas têm direito a seus territórios por motivos históricos, que foram reconhecidos no Brasil ao longo dos séculos. Mas estes direitos não devem ser pensados como um óbice para o resto do Brasil: ao contrário, são um pré-requisito da preservação de uma riqueza ainda inestimada mas crucial, a biodiversidade e os conhecimentos das populações tradicionais sobre as espécies naturais. O que se deve procurar, no interesse de todos, é dar as condições para que esta riqueza não se perca: é por isso irracional querer abrir todas as áreas da Amazônia à exploração indiscriminada. Fazem-se assim convergir os direitos dos índios com os interesses da sociedade brasileira como um todo.

    Abstract in English:

    The Indians future in Brazil will depend on several strategic choices as much the Brazilian state and international community as different races. It is a question of partnership. By historical reasons, which were recognized in Brazil during the centuries, the native populations have a right to their territories. But these rights should not be thought as an impediment to the rest of the country. On the contrary, they are a preserving prerequisite of a richness even inestimable, but cruciate, the biodiversity and knowledges of traditional populations about natural kinds. According to everybody's interest what it should look for is to give conditions not to loose this richness. Because of that, it is unreasonable want to open all Amazonia areas to indiscriminate exploration. Thus, it is necessary converge the Indians rights with the brazilian society interests as a whole.
  • Espetáculo da miscigenação Textos

    Schwarcz, Lilia Moritz

    Abstract in Portuguese:

    Um grande laboratório racial: era essa a imagem do Brasil no final do século XIX. Construída pelos inúmeros viajantes que aqui estiveram, essa alusão a um país de raças híbridas encontrava também acolhida entre os cientistas nacionais, que se congregavam nos diversos centros de ensino e pesquisa: os institutos históricos e geográficos, os museus etnográficos, as faculdades de direito e de medicina. Adotando modelos do determinismo racial coube a esses intelectuais, porém, o estranho papel de difundir um extremo pessimismo no que tange ao futuro dessa nação mestiça. O desafio desse artigo, portanto, é compreender a originalidade do pensamento local, como também a convivência inesperada entre dois modelos supostamente antagônicos: liberalismo e racismo.

    Abstract in English:

    In the late nineteenth century, Brazil was seen as a huge laboratory for racial experimentation. This view of a country of hybrid races, constructed by countless foreign visitors, was also accepted by the Brazilian scientists working in various teaching and research centers: historical and geographical institutes, museums of ethnography, law and medicine schools. Oddly enough, however, it was these intellectuals, believers in models of racial determinism, who popularized an extremely pessimistic view of the future of this nation made by miscegenation. The challenge faced by the present article is to apprehend the originality of local thinkers and the unlikely juxtaposition of two supposedly incompatible models: liberalism and racism.
  • A briga dos Néris Textos

    Mello, Evaldo Cabral de
  • Dimensão cultural da integração na América Latina Textos

    Beyhaut, Gustavo
  • Mitre e a formulação de uma história nacional para a Argentina Textos

    Donghi, Túlio Halperin
  • A política cultural no acordo Mercosul Textos

    Achugar, Hugo
  • O aprendiz de origens e novidades Depoimento

    Mindlin, Betty
Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo Rua da Reitoria,109 - Cidade Universitária, 05508-900 São Paulo SP - Brasil, Tel: (55 11) 3091-1675/3091-1676, Fax: (55 11) 3091-4306 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: estudosavancados@usp.br