Biossegurança: conhecimento e adesão pelos profissionais do corpo de bombeiros militar de Minas Gerais

Bioseguridad: conocimiento y adhesión en el cuerpo de bomberos militar de Minas Gerais, uno estudio transversal

Biosafety: knowledge and compliance by fire military brigade of Minas Gerais

Objetivou-se identificar o conhecimento e a adesão às recomendações de biossegurança entre profissionais do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais de um município da Região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais. Realizou-se um estudo transversal de abordagem quantitativa. Na coleta de dados foi utilizado um questionário estruturado composto de questões sobre conhecimento e atitudes relativos à biossegurança, fatores dificultadores ao uso de equipamentos de proteção individual e ocorrência de acidentes com material biológico. O conhecimento sobre a higienização das mãos foi verificado em 84,8% dos profissionais; 69,7% desconheciam a ação do álcool a 70%. O capote foi o equipamento de proteção individual mais difícil de ser utilizado. Os militares não sofreram acidente com material biológico, dado semelhante aos demais da literatura. Pretende-se provocar a reflexão dos profissionais da área e instituições responsáveis quanto à reavaliação da proposta relacionada à formação desses trabalhadores em biossegurança e saúde ocupacional.

Exposición a agentes biológicos; Atención Prehospitalaria; Precauciones universales; Riesgos Laborales


Universidade Federal do Rio de Janeiro Rua Afonso Cavalcanti, 275, Cidade Nova, 20211-110 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel: +55 21 3398-0952 e 3398-0941 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: annaneryrevista@gmail.com