Accessibility / Report Error

Educação para cultura da segurança do paciente: Implicações para a formação profissional

Educación para la cultura de seguridad del paciente: Implicaciones para la formación

Wiliam Wegner Silvana Cruz da Silva Karen Jeanne Cantarelli Kantorski Caroline Maier Predebon Márcia Otero Sanches Eva Neri Rubim Pedro Sobre os autores

RESUMO

Objetivo:

Conhecer as estratégias adotadas para a construção da cultura da segurança do paciente na perspectiva dos profissionais da saúde.

Métodos:

Estudo de caso qualitativo exploratório, realizado com 23 profissionais da saúde que atuam em hospital público de ensino, entre agosto e dezembro de 2010, por meio de entrevistas semiestruturadas e análise temática com apoio do software QSR NVivo.

Resultados:

Da análise emergiram duas categorias - Construção da cultura da segurança do paciente e Educação para a segurança do paciente - as quais abordaram na perspectiva dos profissionais de saúde a necessidade de aprender com os erros, trabalhar em equipe, investir em educação permanente e em mudanças curriculares nos cursos de formação.

Conclusão:

O reconhecimento dos erros, o fortalecimento do trabalho em equipe, o estímulo à educação permanente e a inserção transversal do tema na formação profissional são estratégias para a construção da cultura da segurança do paciente.

Palavras-chave:
Segurança do paciente; Educação permanente; Ensino; Profissionais da saúde

Universidade Federal do Rio de Janeiro Rua Afonso Cavalcanti, 275, Cidade Nova, 20211-110 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel: +55 21 3398-0952 e 3398-0941 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: annaneryrevista@gmail.com