Violência intrafamiliar: vivências e percepções de adolescentes

Violencia intrafamiliar: vivencias y percepciones de los adolescentes

Júlia Renata Fernandes de Magalhães Nadirlene Pereira Gomes Rosana Santos Mota Luana Moura Campos Climene Laura de Camargo Selma Regina de Andrade Sobre os autores

Resumo

Objetivos:

Desvelar a violência intrafamiliar vivenciada por adolescentes e identificar se estas(es) se reconhecem em tal situação.

Métodos:

Pesquisa qualitativa fundamentada na História Oral. Foram entrevistadas(os) oito adolescentes estudantes de uma escola pública de Salvador, Bahia, Brasil. Os dados foram sistematizados, conforme a Análise Temática e analisados com base nas temáticas: violência doméstica e adolescência.

Resultados:

A história oral das(os) adolescentes desvela uma infância e adolescência marcada pela presença da violência conjugal entre os pais e vivência de agressões físicas, humilhações, abandonos e negligências. Embora tal contexto e suas repercussões para a saúde, as(os) adolescentes não se reconhecem enquanto vítimas.

Conclusão:

São necessárias ações de educação em saúde, no ambiente escolar e nos serviços de saúde, principalmente, no âmbito primário, no sentido de sensibilizar os profissionais para o reconhecimento e prevenção/enfrentamento da violência. Urge uma gestão que priorize esses elementos, enquanto política de governo.

Palavras-chave:
Violência Doméstica; Adolescente; Enfermagem; Educação

Universidade Federal do Rio de Janeiro Rua Afonso Cavalcanti, 275, Cidade Nova, 20211-110 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel: +55 21 3398-0952 e 3398-0941 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: annaneryrevista@gmail.com