Accessibility / Report Error

Qualidade de vida em crianças com câncer: concordância entre crianças e pais

Calidad de vida de niños con cáncer: concordancia entre niños y padres

Objetivo:

Descrever a qualidade de vida relacionada com a saúde (QVRS) de crianças com câncer; avaliar a concordância entre auto e heterorrelato; e identificar fatores influenciadores das divergências no auto e heterorrelato.

Métodos:

Estudo descritivo e transversal desenvolvido em dois serviços oncológicos pediátricos de dois hospitais Portugueses que envolveram crianças com cancro (8-17 anos) e seus pais.

Resultados:

A percepção da criança da sua QVRS foi de 66,0 ± 13,3 e a dos pais de 60,3 ± 15,0. A concordância entre auto e heterorrelato foi moderada, sendo a associação forte. Variáveis relacionadas com a idade da criança, sexo, tipo de tumor tempo de diagnóstico e número de internamentos não influenciaram as divergências entre o auto e heterorrelato.

Conclusão:

Uma intervenção com mais apoio deve ser realizada na resolução das preocupações, gestão da dor e desconforto da criança e redução da ansiedade dos pais. É necessário esclarecer a influência dos fatores que influenciam as divergências entre o auto e heterorrelato.

Criança; Câncer; Enfermagem; Qualidade de vida


Universidade Federal do Rio de Janeiro Rua Afonso Cavalcanti, 275, Cidade Nova, 20211-110 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel: +55 21 3398-0952 e 3398-0941 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: annaneryrevista@gmail.com