Prazer e sofrimento no cuidado ao idoso em instituição de longa permanência: percepção dos trabalhadores de enfermagem

El placer y el sufrimiento en el cuidado de ancianos en instituciones de larga estancia: la percepción de los trabajadores de enfermería

Pâmela Patricia Mariano Lígia Carreira Sobre os autores

RESUMO

Objetivo:

Identificar as situações geradoras de prazer e sofrimento no cuidado aos idosos institucionalizados na perspectiva dos trabalhadores de enfermagem.

Métodos:

Estudo exploratório-descritivo e qualitativo, com trabalhadores de enfermagem de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI). Os dados foram submetidos à análise de conteúdo e à Teoria da Psicodinâmica do Trabalho de Dejours.

Resultados:

O prazer ocorre diante do reconhecimento dos trabalhadores por parte dos idosos, na contribuição para a melhora clínica destes e na criação de vínculo entre eles. O sofrimento é vivenciado pelos profissionais frente ao distanciamento familiar, o declínio funcional dos idosos que leva a sua morte e por conviverem com os comportamentos resistentes dos mesmos.

Conclusões:

Os trabalhadores de enfermagem em ILPI vivenciam sentimentos ambíguos. Destaca-se a ressignificação do sofrimento como forma de alcançar o equilíbrio na relação trabalho-saúde-adoecimento. O estudo fornece subsídios para a discussão sobre essa relação no cuidado de enfermagem em ILPI.

Palavras-chave:
Enfermagem; Instituição de Longa Permanência para Idosos; Saúde do trabalhador; Satisfação no trabalho; Estresse psicológico

Universidade Federal do Rio de Janeiro Rua Afonso Cavalcanti, 275, Cidade Nova, 20211-110 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel: +55 21 3398-0952 e 3398-0941 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: annaneryrevista@gmail.com