Motivações e repercussões do consumo de crack: o discurso coletivo de usuários de um Centro de Atenção Psicossocial

Milca Ramaiane da Silva Carvalho Janaina Raquel de Souza Silva Nadirlene Pereira Gomes Magna Santos Andrade Jeane Freitas de Oliveira Márcia Rebeca Rocha de Souza Sobre os autores

Resumo

Objetivo:

Identificar as motivações e repercussões relacionadas ao consumo do crack por pessoas atendidas em um Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) no interior da Bahia.

Método:

Estudo de abordagem qualitativa desenvolvida com oito usuários de crack atendidos em um CAPS AD de um município baiano. Realizaram-se entrevistas nos meses de outubro e novembro de 2013, cujo conteúdo foi organizado pela técnica do Discurso do Sujeito Coletivo.

Resultados:

O estudo revela que a curiosidade e o desejo de pertencer aos grupos de pares são eventos que motivam a experimentação do crack, cujo consumo desencadeia comportamento agressivo e paranoico, depressão, prejuízos financeiros e abandono familiar e de amigos.

Conclusão:

Diante as repercussões sociais e para a saúde, tornam-se necessárias ações para a prevenção do uso/consumo do crack, sobretudo no sentido de intervir sobre as motivações que incitam o primeiro uso e as recaídas.

Palavras-chave:
Usuário de drogas; Cocaína Crack; Enfermagem

Universidade Federal do Rio de Janeiro Rua Afonso Cavalcanti, 275, Cidade Nova, 20211-110 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel: +55 21 3398-0952 e 3398-0941 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: annaneryrevista@gmail.com