Accessibility / Report Error

Práticas de cuidado de enfermagem na terapia intensiva: Análise segundo a ética da responsabilidade

Atención de enfermería en la terapia intensiva: Análisis desde la perspectiva de la ética de la responsabilidad

RESUMO

Objetivos:

Identificar e analisar as práticas de cuidar da enfermagem que comprometam os valores ético-profissionais na terapia intensiva.

Métodos:

Pesquisa qualitativa e descritiva, realizada em 2011 com 21 enfermeiros da Unidade de Terapia Intensiva de um hospital público do município do Rio de Janeiro. O referencial é o da ética da responsabilidade de Hans Jonas. Realizou-se 150 horas de observação das práticas, seguidas de descrição densa, e 21 entrevistas individuais nas quais se aplicou a análise de conteúdo temática.

Resultados:

Evidenciou-se afastamento do enfermeiro no cuidado direto e preferências por cuidar de clientes sedados, por sua baixa demanda de atenção e presença.

Conclusão:

O afastamento do cliente e do cuidado direto compromete o agir ético-responsável do enfermeiro e os valores ético-profissionais, havendo negligência ao conceito de pessoa que forma o metaparadigma da enfermagem.

Palavras-chave:
Enfermagem; Cuidados de enfermagem; Tecnologia biomédica; Unidades de Terapia Intensiva; Ética de enfermagem

Universidade Federal do Rio de Janeiro Rua Afonso Cavalcanti, 275, Cidade Nova, 20211-110 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel: +55 21 3398-0952 e 3398-0941 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: annaneryrevista@gmail.com