Homens e acidentes motociclísticos: caracterização dos acidentes a partir do atendimento pré-hospitalar

Los hombres y los accidentes de motocicleta: caracterización de los accidentes a partir de la atención prehospitalaria

Fábio Lucio Tavares Maria José Coelho Franciéle Marabotti Costa Leite Sobre os autores

Objetivo:

Descrever o perfil das ocorrências envolvendo motocicletas atendidas pelo SAMU-ES (Serviço de Atendimento Médico de Urgência do Espírito Santo) nos meses de janeiro a março de 2012.

Métodos:

Estudo documental, descritivo, com abordagem quantitativa. Os dados foram coletados de 901 Boletins de Ocorrência de Atendimento Pré-Hospitalar, norteados por instrumento de coleta de dados.

Resultados:

Dos 901 acidentados, 89,6% era motociclista, com idade entre 15 a 32 anos (67,5%). Não foi possível estimar o uso do capacete ou a suspeita de ingestão de bebida alcoólica devido ao grande número de ignorados (86,9% e 93,2%, respectivamente). Os acidentes ocorreram por queda (50,5%), no Município de Vitória (28,1%), às sextas-feiras (22,5%), entre às 8:00 e às 9:59 horas (23,1%).

Conclusão:

Evidencia-se assim, a importância de serem estabelecidas medidas de prevenção aos acidentes motociclísticos como uma das formas de efetivar a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem no Brasil.

Enfermagem em Emergência; Saúde do Homem; Motocicletas; Acidentes


Universidade Federal do Rio de Janeiro Rua Afonso Cavalcanti, 275, Cidade Nova, 20211-110 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel: +55 21 3398-0952 e 3398-0941 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: annaneryrevista@gmail.com