Investigação sobre o acesso ao tratamento de tuberculose em Itaboraí/RJ

Investigation about access to treatment of tuberculosis in Itaborái/RJ

Investigación sobre el acceso al tratamiento de tuberculosis en Itaboraí/RJ

Rute dos Santos Lafaiete Cleidiani Baptista da Silva Monalisa Garcia de Oliveira Maria Catarina Salvador da Motta Tereza Cristina Scatena Villa Sobre os autores

Diante dos problemas apontados na literatura relacionados ao acesso na atenção primária à saúde, o estudo teve como objetivo analisar o acesso ao tratamento do doente com tuberculose em Itaboraí.Um estudo exploratório, quantitativo, com 100 indivíduos entrevistados em agosto e setembro/2007. Utilizou-se o instrumento Primary Care Assessment Tool validado e adaptado para tuberculose. RESULTADOS: 71% sempre conseguem atendimento médico; 54% disseram que o profissional que acompanha seu tratamento nunca visita em casa; 77% fazem tratamento na unidade mais perto da sua casa; 66% nunca deixam de trabalhar e utilizam transporte motorizado, 62% pagam transporte; 93% relataram que nunca faltou medicamento; 63% relataram que nunca demora mais de 60 minutos para consulta. Aspectos como a visita domiciliar e a distribuição do auxílio transporte devem ser revistos. O atendimento médico, o tratamento próximo à residência, a oferta das medicações e a espera pelo atendimento foram satisfatórios.

Atenção Primária à Saúde; Tuberculose; Acesso aos Serviços de Saúde; Terapêutica


Universidade Federal do Rio de Janeiro Rua Afonso Cavalcanti, 275, Cidade Nova, 20211-110 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel: +55 21 3398-0952 e 3398-0941 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: annaneryrevista@gmail.com