Accessibility / Report Error

Percepção das mulheres sobre a assistência pré-natal e parto nos casos de neonatos que evoluíram para o óbito

Resumo

Objetivo:

Analisar a percepção de mulheres sobre a assistência prestada a elas no pré-natal e parto em casos em que o recém-nascido evoluiu para o óbito.

Método:

Estudo qualitativo realizado com mulheres cujo filho evoluiu para o óbito no período neonatal. Os dados foram coletados por meio de entrevistas abertas e analisados de acordo com a técnica de análise temática.

Resultados:

A relação profissional-paciente, na qual há diálogo, está associada à boa experiência do pré-natal para as mulheres. Orientações e informações sobre saúde são vistas como um diferencial para o alcance da qualidade. A dificuldade de acesso aos exames e a falta de preparo da mulher para o parto surgem como aspectos negativos da atenção.

Conclusões:

Fatores negativos da assistência refletem-se de modo biográfico para estas mulheres.

Implicações para a prática:

Os resultados poderão servir de alerta para os profissionais que atuam na assistência à gestante e à parturiente.

Palavras-chave:
Óbito; Assistência pré-natal; Pré-natal; Parto; Qualidade da Assistência à Saúde

Universidade Federal do Rio de Janeiro Rua Afonso Cavalcanti, 275, Cidade Nova, 20211-110 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel: +55 21 3398-0952 e 3398-0941 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: annaneryrevista@gmail.com