Características dos grupos de pesquisa da enfermagem brasileira certificados pelo CNPq de 2005 a 2007

Caracteristicas de los grupos de investigación de la enfermería brasileña certificados por el CNPq de 2005 hasta 2007

Research group characteristics of the brazilian nursing certificated by the CNPq from 2005 to 2007

Alacoque Lorenzini Erdmann Gabriela Marcellino de Melo Lanzoni Sobre os autores

Trata-se de um estudo documental, constituindo-se um banco de dados coletados em quatro momentos distintos: março de 2005, dezembro de 2005, agosto de 2006 e abril de 2007, dados estes referentes ao total de Grupos de Pesquisa de Enfermagem encontrados no Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil do CNPq. Os resultados indicam que 92% dos grupos de pesquisa possuem de 1 a 5 linhas de pesquisa, são compostos por 11 a 15 membros, oscilando em uma média de até 8 pesquisadores, 5 doutores, 3 mestres, 3 especialistas e 7 graduandos. Logo, os grupos de pesquisa representam o lócus de produção de conhecimentos e formação de recursos humanos em pesquisa. No Brasil, houve um crescimento significativo dos grupos de pesquisa da área da Enfermagem com o incremento da produção, qualificação dos integrantes, bem como o fortalecimento das bases de investigação e a maior visibilidade e reconhecimento da inovação da Enfermagem.

Grupos de Pesquisa; Enfermagem; Saúde; Pesquisa em Enfermagem


Universidade Federal do Rio de Janeiro Rua Afonso Cavalcanti, 275, Cidade Nova, 20211-110 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel: +55 21 3398-0952 e 3398-0941 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: annaneryrevista@gmail.com