Thirlwall ou Solow?: uma análise para a economia brasileira entre 1947 e 2008

Thirlwall or Solow?: an analysis of the Brazilian economy between 1947 and 2008

Algumas evidências e teorias apontam para a existência de uma relação entre crescimento econômico e saldo da conta-corrente. De acordo com essa abordagem, é fundamental um bom desempenho do setor exportador de forma a manter conta-corrente equilibrada para que um determinado país consiga bom nível de investimentos e de crescimento de forma sustentável. Na literatura sobre crescimento, no entanto, existe ênfase na relação entre desempenho econômico e acumulação de fatores de produção. Levando em consideração as duas abordagens teóricas, o presente estudo tem como objetivo estruturar, de forma inicial, um modelo teórico que relacione ambas e analisar o impacto da restrição externa nos investimentos em capital físico e capital humano, consequentemente, no desempenho da economia brasileira entre 1947 e 2008.

Exportações; Capital físico; Capital humano; Taxa de câmbio real; Desempenho econômico


Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas Rua Pitágoras, s/n. CP 6135., 13083-857 - Campinas - SP - Brasil, Tel.: +55 19 3521-5726 e 3521-5721, Fax: +55 19 3289-3580 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: publicie@unicamp.br