Um Entre Muitos: instituições de ensino superior em um ecossistema de pedagogias urbanas

Geetika Anand Ruchika Lall Julia Wesely Adriana Allen Sobre os autores

RESUMO

Este artigo examina como e por que os educadores das universidades podem e precisam trabalhar como ‘um entre muitos’ para propor pedagogias críticas para a igualdade urbana. A discussão está embasada em duas experiências distintas: as escolas em rede da Habitat International Coalition América Latina (HIC-AL) – uma coalizão de organizações da sociedade civil, movimentos sociais e universidades que trabalham pela defesa de direitos humanos relacionados à moradia – e os processos de coaprendizagem com ativistas pelos direitos à moradia facilitados pelo Indian Institute for Human Settlements (IIHS) – uma instituição educacional nacional comprometida com a transformação igualitária, sustentável e eficiente dos assentamentos na Índia. Ambas as experiências enfatizam a criação de pedagogias críticas que procuram fundamentalmente romper, reformular e reposicionar relações institucionais de saberes e práticas de aprendizagem ao propor capacidades para uma transformação urbana transformadora. A análise demonstra como as injustiças epistêmicas – muitas vezes proliferadas em e por instituições de ensino superior – podem ser neutralizadas e porque promover a justiça epistêmica exige o reposicionamento das universidades como uma contra muitas em um ecossistema mais amplo de pedagogias urbanas, em diálogo aberto e produtivo com novas formas institucionais, definidas por Boaventura de Sousa Santos como a ‘pluriversidade’ e a ‘subversidade’.

Palavras-chave
Injustiça Epistêmica; Planejamento Urbano; Pedagogia Crítica; Pluriversidade e Subversidade; Movimentos Sociais

Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação Avenida Paulo Gama, s/n, Faculdade de Educação - Prédio 12201 - Sala 914, 90046-900 Porto Alegre/RS – Brasil, Tel.: (55 51) 3308-3268, Fax: (55 51) 3308-3985 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: educreal@ufrgs.br