A invenção de chacinas escolares: das representações psi às rotas de fuga

The invention of school shootings: from psych representations to escape routes

Karyne Dias Coutinho Alexander de Freitas Sobre os autores

Resumos

A partir da ideia deleuziana de que o cinema possibilita a ativação e a potencialização do pensamento, este estudo se movimenta entre as representações de chacinas escolares inventadas pelo filme Elefante (Gus Van Sant, EUA, 2003) e pela revista Veja (ed. 2.212, n. 15, 13 abr. 2011). Ao evidenciar as diferenças dos modos como Elefante e Veja inventam as respectivas chacinas de que tratam, o estudo conclui que, por meio da multiplicidade como chave da representação, Elefante inaugura uma rota de fuga que permite outras possibilidades de pensar sobre chacinas escolares, impossível de ser traçada por meio das representações psi contidas nas reportagens de Veja.

Gilles Deleuze; Invenção; Representação; Chacina Escolar


From the Deleuzian idea that cinema allows the activation and potentiation of thought, this study moves between the representations of school shootings invented by the movie Elephant (Gus Van Sant, EUA, 2003) and the Brazilian magazine Veja (ed. 2.212, n. 15, Apr. 13 2011). By focusing on the differences in the ways Elephant and Veja invent their shootings, the study concludes that, through the multiplicity as key representation, Elephant opens an escape route that allows other possibilities of thinking about school shootings, impossible to be traced through the psi representations contained in the reports of Veja.

Gilles Deleuze; Invention; Representation; School Shootings


  • DELEUZE, Gilles. A Imagem-Tempo São Paulo: Brasiliense, 1990.
  • DELEUZE, Gilles. Conversações Rio de Janeiro: Editora 34, 1992.
  • DELEUZE, Gilles. O Ato de Criação. Folha de São Paulo, Caderno Mais! São Paulo, p. 4-5, 27 jun. 1999. Disponível em: <http://www.makidea.com.br/2010/06/03/ato-de-criacao>. Acesso em: 9 jun. 2012.
  • DELEUZE, Gilles; PARNET, Claire. Uma Conversa: que é, para que serve? In: DE- LEUZE, Gilles; PARNET, Claire. Diálogos São Paulo: Escuta, 1998. P. 9-47.
  • DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia, v. 3. São Paulo: Editora 34, 1996.
  • DELORS, Jacques (Org.). Educação: um tesouro a descobrir. Relatório para a Unesco da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. São Paulo: Cortez; Brasília: MEC/Unesco, 1998.
  • ELEFANTE. Direção: Gus Van Sant. Produção: Diane Keaton. Intérpretes: Alex Frost, Eric Deulen, John Robinson e outros. Roteiro: Gus Van Sant. EUA, 2003. 1 DVD (81 min.
  • FOUCAULT, Michel. Os Anormais São Paulo: Martins Fontes, 2001.
  • FOUCAULT, Michel. A Verdade e as Formas Jurídicas Rio de Janeiro: Nau, 2005.
  • PETERS, Michael. Estruturalismo, Pós-Estruturalismo e Pós-Modernismo. In: PETERS, Michael. Pós-Estruturalismo e Filosofia da Diferença: uma introdução. Belo Horizonte: Autêntica, 2000. P. 9-44.
  • VEJA. São Paulo: Editora Abril, ed. 2212, n. 15, 13 abr. 2011.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    13 Fev 2014
  • Data do Fascículo
    Mar 2014

Histórico

  • Recebido
    25 Set 2012
  • Aceito
    27 Maio 2013
Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação Avenida Paulo Gama, s/n, Faculdade de Educação - Prédio 12201 - Sala 914, 90046-900 Porto Alegre/RS – Brasil, Tel.: (55 51) 3308-3268, Fax: (55 51) 3308-3985 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: educreal@ufrgs.br