Ações de formação em EJA nas prisões: o que pensam os professores do sistema prisional do Ceará?

Educational activities of adults and youth in prisons: what teachers think of the prison system of the state of Ceará?

Resumos

O texto relata as principais ações de Educação de Jovens e Adultos (EJA) que são desenvolvidas com profissionais do Sistema Prisional do Ceará. Atualmente, no Brasil são desenvolvidas tão somente duas ações de formação de professores do Sistema Prisional, no nível de especialização, uma delas executada no Ceará. Cabe destacar outras ações desenvolvidas no Ceará: formação de 220 agentes prisionais; análise de dados secundários da PNAD/2007 - Suplemento de EJA; financiamento de projetos de pesquisa pelo CNPq; formação de novos pesquisadores no nível de mestrado; articulação da Universidade Federal do Ceará (UFC) com o Ministério da Educação, com a Escola de Gestão Penitenciária e Ressocialização e com a Secretaria de Justiça e Cidadania.

Educação de Jovens e Adultos (EJA); Educação Prisional; Formação de Professores


This paper reports the main educational activities of young people and adults which have been developed aimed at professionals in the prisons of Ceará state. Currently in Brazil are developed merely two actions of teacher Prison System, the level of expertise, one of which is running in Ceará state. In addition to this action, fit note, in Ceará, actions for the training of 220 prison officers, the secondary data analysis of PNAD/2007 - Supplement EJA; funding of research projects by CNPq, the training of new researchers in the master's level; the formation of new researchers in the master's level, the articulation of the UFC with the Ministry of Education, with Penitentiary School of Management and Resocialization and the Department of Justice and Citizenship.

Youth and Adults Education; Prison Education; Teacher Training


  • ANDRIOLA, Wagner Bandeira. Utilização do Modelo CIPP na Avaliação de Programas Sociais: o caso do Projeto Educando para a Liberdade da SECAD/MEC. Revista Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio en Educación, Madrid, n. 8, v. 4, p. 65-82, 2010.
  • ANDRIOLA, Wagner Bandeira; HOLANDA, Zélia Maria; VITORINO, Grace Troccólli; MACHADO, Rosélia Castro C.; BARBOSA, Maria José; MAIA, Madeleine Gurgel. Projeto Educando para a Liberdade: a educação prisional em foco. In: Educação em Prisões da América Latina: direito, liberdade e cidadania. Brasília: Editora da UNESCO, 2009. P. 39-57.
  • ANDRIOLA, Wagner Bandeira; HOLANDA, Zélia Maria; VITORINO, Grace Troccólli; MACHADO, Rosélia Castro C; BARBOSA, Maria José; MAIA, Madeleine Gurgel. Proyecto Educando para la Libertad: la educación en establecimientos penitenciarios bajo el análisis. In: Educación en Prisiones Latinoamericanas Brasília: UNESCO, 2008. P. 43-60.
  • ANDRIOLA, Wagner Bandeira. Evaluación: la vía para la calidad educativa. Ensaio. Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, n. 7, v. 25, p. 355-368, 1999.
  • BERK, Ronald; ROSSI, Peter Henry. Thinking about Program Londres: SAGE, 1990.
  • BLANKENBERG, Francis. The Role of Planning, Monitoring and Evaluation The Hague: Novib, 1995.
  • CAPUCHA, Luís; ALMEIDA, João Ferreira de; PEDROSO, Pedroso; SILVA, José Antonio Vieira da. Metodologias de avaliação: o estado da arte em Portugal. Sociologia: problemas e práticas, n. 22, p. 9-27, 1996.
  • CARVALHO, Sonia; WHITE, Howard. Performance Indicators to Monitor Poverty Reduction Washington, DC: World Bank, 1995.
  • GIROUX, Henry. Os Professores como Intelectuais: rumo a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.
  • GOMES ANDRIOLA, Cristiany. Avaliação dos Docentes de Instituições de Ensino Superior (IES): o caso da Faculdade Cearense (FAC). Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Ceará (UFC), Fortaleza, 2011. No prelo.
  • GRACIANO, Mariângela; SCHILLING, Flávia. A Educação na Prisão: hesitações, limites e possibilidades. Estudos de Sociologia, São Paulo, v. 13, n. 25, p. 111-132, 2008.
  • JULIÃO, Elionaldo Fernandes. As Políticas de Educação para o Sistema Penitenciário: análise de uma experiência brasileira. In: ONOFRE, Elenice Maria Cammarosano (Org.). A Educação Escolar entre as Grades São Carlos: EDUFSCAR, 2007. P. 29-50.
  • JULIÃO, Elionaldo Fernandes. Educação e Trabalho como propostas políticas de execução penal. Revista de Educação de Jovens e Adultos: alfabetização e cidadania, Brasília, RAAAB/ UNESCO/ Governo Japonês, 2006.
  • ONOFRE, Elenice Maria Cammarosano (Org.). A Educação Escolar entre as Grades São Carlos: EDUFSCAR, 2007.
  • PEDROZO, Euclides. Uma Avaliação ex-ante dos Impactos do Bolsa Família na Redução do Trabalho Infantil. In: XXXII ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA, Anais... 2007.
  • ROSALES, Carlos. Criterios para una Evaluación Formativa Madrid: Narcea, 1984.
  • SANTIAGO, Jayme; BRITTO, Tatiana Feitosa de. A Educação nas Prisões. Revista de Informação Legislativa, Brasília, ano 43, n. 171, p. 299-304, 2006.
  • SCRIVEN, Michael. Evaluation as a discipline. Studies in Educational Evaluation, v. 20, p. 147-166, 1994.
  • SERRADO JÚNIOR, Jerru Vieira. Políticas Públicas Educacionais no Âmbito do Sistema Penitenciário: aplicações e implicações no processo de (re)inserção social do apenado. 2009. 103 p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho UNESP, Presidente Prudente, 2009.
  • SHADISH Jr., William; COOK, Thomas; LEVINTON, Laura. Foundations of Program Evaluation: theories of practice. Londres: SAGE, 1991.
  • SHON, Donald. Educando o Profissional Reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.
  • TEIXEIRA, José Carlos. O Papel da Educação como Programa de Reinserção Social para Jovens e Adultos Privados de Liberdade: perspectivas e avanços. In: EJA e Educação prisional, Boletim nº 06, p. 14-21. Brasília: SEED/MEC, 2007.
  • TELES, Jorge Luiz; DUARTE, Daniele. Avaliação como Processo: um olhar sobre o Projeto Educando para a Liberdade In: UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). Educação em prisões na América Latina: direito, liberdade e cidadania. Brasília: UNESCO, OEI, AECID, 2009. P. 25-37.
  • THERRIEN, Jacques; SOBRINHO, José Henrique. Avaliação Institucional em Universidades: considerações metodológicas. Educação em Debate, Fortaleza, v. 6/7, n. 2/1, p. 17-27, 1983/1984.
  • UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). Educação em Prisões na América Latina: direito, liberdade e cidadania. Brasília: UNESCO, OEI, AECID, 2009.
  • VILLELA PEREIRA, Marcos; DE LA FARE, Mónica. A Formação de Professores para Educação de Jovens e Adultos (EJA): as pesquisas na Argentina e no Brasil. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 92, n. 230, p. 70-82, 2011.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    21 Mar 2013
  • Data do Fascículo
    Mar 2013

Histórico

  • Recebido
    16 Jul 2012
  • Aceito
    29 Dez 2012
Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação Avenida Paulo Gama, s/n, Faculdade de Educação - Prédio 12201 - Sala 914, 90046-900 Porto Alegre/RS – Brasil, Tel.: (55 51) 3308-3268, Fax: (55 51) 3308-3985 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: educreal@ufrgs.br