Estratégias e Visões Familiares na Escolarização de Jovens Atletas

Carlus Augustus Jourand Correia David Gonçalves Soares Antonio Jorge Gonçalves Soares Sobre os autores

RESUMO

Estratégias e Visões Familiares na Escolarização de Jovens Atletas1 1 Este trabalho teve financiamento da Faperj-CNE; do CNPq e da CAPES. . O artigo descreve as estratégias de escolarização utilizadas pelas famílias de jovens atletas do futebol e como estas se relacionam com a instituição escolar. Os resultados mostram que as famílias e os atletas secundarizam a escolarização em benefício do futebol. Para isso, buscam estratégias e instituições de ensino que flexibilizam as obrigações escolares. Suas ações partem de uma ideia de que a escolarização possui um tempo mais elástico do que a profissionalização no esporte. Tal concepção cria tensões e estigmas sobre os atletas e suas famílias na escola e evidenciam que, no plano institucional, tanto escola quanto clube estão pouco estruturados para as demandas de uma formação híbrida de estudantes-atletas.

Palavras-chave:
Família; Escola; Dupla Carreira; Futebol; Escolarização

Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação Avenida Paulo Gama, s/n, Faculdade de Educação - Prédio 12201 - Sala 914, 90046-900 Porto Alegre/RS – Brasil, Tel.: (55 51) 3308-3268, Fax: (55 51) 3308-3985 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: educreal@ufrgs.br