Fazer da matemática problema a ser inventado inventando formação

Making mathematics a problem to be invented when inventing education

Resumos

Este artigo traz um evento que se deu em salas de aulas da formação de professores e professoras que ensinarão matemática nas séries iniciais. Na tensão de um vivido e com a atenção num vivido põe a pensar a formação de professores e professoras como inquietude e processualidade na experiência. Aproximando-se das filosofias da diferença, principalmente em Foucault e Deleuze, faz ação da teoria e ação da prática, no revezamento teoria-prática, dando a pensar a formação ao fazer da matemática problema a ser inventado. A produção matemática dá condições da invenção na formação de professores e professoras.

Formação de Professores e Professoras; Processualidade; Experiência


This paper presents an event that occurred in classrooms for education of teachers who will teach mathematics in the Elementary School. In the tension of an experienced and with attention on an experience, it leads to think about the education of teachers as restlessness and processuality in the experience. Approaching the philosophies of difference, especially in Foucault and Deleuze, it makes action from the theory and action from the practice, alternating theory and practice, leading to think on education when making mathematics a problem to be invented. The mathematics production provides for the invention in the education of teachers.

Teachers' Education; Processuality; Experience


  • CASTRO, Edgardo. Vocabulário de Foucault: um percurso de seus temas, conceitos e autores. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.
  • CLARETO, Sônia Maria; ROTONDO, Margareth Sacramento. Como seria um mundo sem matemática? Hein!?: tensão entre narrativa-verdade. Bolema (Boletim de Educação Matemática), Rio Claro, UNESP, 2014.
  • DELEUZE, Gilles. A Ilha Deserta São Paulo: Iluminuras, 2006.
  • DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. Tradução de A. Guerra Neto e C.P. Costa. Rio de Janeiro: Editora 34, 1995.
  • FOUCAULT, Michel. Estratégia, Poder-Saber (Ditos e Escritos, vol. IV). Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2003.
  • FOUCAULT, Michel. A Hermemêutica do Sujeito Tradução de Márcio Alves da Fonseca e Salma Tannus Muchail. São Paulo: Martins Fontes, 2006.
  • GALLO, Sílvio. Filosofias da Diferença e Educação: o revezamento entre teoria e prática. In: CLARETO, Sônia Maria; FERRARI, Anderson (Org.). Foucault, Deleuze e Educação Juiz de Fora: Editora UFJF, 2010. P. 49-63.
  • KASTRUP, Virgínia. A Invenção de si e do Mundo: uma introdução do tempo e do coletivo no estudo da cognição. Campinas: Papirus, 1999.
  • LISPECTOR, Clarice. Água Viva Rio de Janeiro: Rocco, 1998.
  • PASSOS, Eduardo; KASTRUP, Virgínia; ESCÓSSIA, Liliana da (Org.). Pistas do Método da Cartografia: pesquisa intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2009.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    06 Out 2014
  • Data do Fascículo
    Dez 2014

Histórico

  • Recebido
    25 Mar 2014
  • Aceito
    04 Ago 2014
Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação Avenida Paulo Gama, s/n, Faculdade de Educação - Prédio 12201 - Sala 914, 90046-900 Porto Alegre/RS – Brasil, Tel.: (55 51) 3308-3268, Fax: (55 51) 3308-3985 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: educreal@ufrgs.br