A inclusão escolar vista sob a ótica de professores da escola básica

The school inclusion under the perspective of primary school' teachers

Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa interinstitucional que se ocupou dos discursos de professores da escola básica, do Vale do Sinos, Região Metropolitana de Porto Alegre/RS. Os informantes são acadêmicos de uma universidade da região que, por meio de entrevistas e/ou respondendo a um questionário, manifestaram suas representações sobre a inclusão social, em especial, a de sujeitos marcados por diferenças. O texto, mais do que produzir interpretações conclusivas, pretende descrever os discursos docentes relativamente às diferenças e à inclusão, tratando-os como fenômenos sociais visíveis na escola. A análise compartilha a ideia de que há desconforto, por parte dos docentes, no que se refere à diferença e à diversidade e, talvez por isso, a prática de professores seja um espaço de múltiplas resistências e reivindicações. Algumas aproximações com o currículo do curso de Pedagogia da universidade servem meramente para fins de exemplificação.

Educação Inclusiva; Professores; Diversidade


Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais Avenida Antonio Carlos, 6627., 31270-901 - Belo Horizonte - MG - Brasil, Tel./Fax: (55 31) 3409-5371 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: revista@fae.ufmg.br