Accessibility / Report Error

Teoria horizontalista da moeda e do crédito: crítica da crítica

Este artigo efetua, a partir de uma perspectiva pós-keynesiana, uma análise crítica do artigo "A teoria horizontalista da moeda e do crédito", de autoria de Saad-Filho e Lapavitsas. Para este propósito, o texto procura mostrar que embora estes autores avancem no entendimento de alguns aspectos importantes da dinâmica monetária e creditícia de economias capitalistas, algumas de suas críticas à teoria monetária pós-keynesiana revelam-se equivocadas no sentido de que estão baseadas num entendimento incompleto desta teoria. Ademais, a análise de Saad-Filho e Lapavitsas é por vezes ambígua, acabando por não definir um arcabouço teórico efetivamente alternativo à concepção neoclássica de moeda e crédito.

teoria pós-keynesiana; horizontalismo; oferta de moeda; crédito


Departamento de Economia; Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária da Universidade de São Paulo (FEA-USP) Av. Prof. Luciano Gualberto, 908 - FEA 01 - Cid. Universitária, CEP: 05508-010 - São Paulo/SP - Brasil, Tel.: (55 11) 3091-5803/5947 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: estudoseconomicos@usp.br