CIÊNCIAS SOCIAIS, DIPLOMACIA E COLONIALISMO TARDIO: A PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA NA COMISSÃO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA NA ÁFRICA AO SUL DO SAARA (CCTA)

Social sciences, diplomacy and late colonialism: the Portuguese participation in the Commission for Technical Co-operation in Africa South of the Sahara (CCTA)

Ciencias sociales, diplomacia y colonialismo tardío: la participación portuguesa en la Comisión de Cooperación Técnica en África al Sur del Sahara (CCTA)

FREDERICO ÁGOAS CLÁUDIA CASTELO Sobre os autores

RESUMO

Instituída no segundo pós-guerra, num contexto de crescente contestação ao colonialismo e como resposta das potências coloniais europeias ao interesse científico das Nações Unidas e de círculos académicos norte-americanos pela África, a Comissão de Cooperação Técnica na África ao Sul do Saara (CCTA) revelou uma atenção particular aos estudos sociais, estabelecendo uma agenda de pesquisas paralela à da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Com base nos arquivos diplomático e científico colonial, o artigo analisa a atividade da CCTA naquele domínio e, sobretudo, a participação portuguesa nessas dinâmicas, determinando a importância relativa do país na sua promoção e seus reflexos no campo das ciências sociais em Portugal.

Palavras-chave:
Sociologia; Colonialismo; Portugal; CCTA; Unesco

Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas Secretaria da Revista Estudos Históricos, Praia de Botafogo, 190, 14º andar, 22523-900 - Rio de Janeiro - RJ, Tel: (55 21) 3799-5676 / 5677 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: eh@fgv.br