Avaliação educacional e determinações da produção escolar

Juan-Francisco Remolina-Caviedes Sobre o autor

Resumo

Este artigo trata sobre a avaliação escolar. O objetivo foi explicar criticamente as relações mediadoras entre a avaliação educacional e a produção do conhecimento escolar a partir da perspectiva do Materialismo Histórico Dialético. Com esse interesse, foi feita uma análise documental, obtendo como resultado quatro categorias explicativas: produção, subsunção, distribuição e troca de conhecimento, que constituem uma totalidade concreta com distinções e relações antagônicas entre si, limitadas pelo seu oposto. Conclui-se que a avaliação, como forma mediadora, não tem par antagônico e, em consequência de controle por oposição, emergindo da escola diariamente como entidade autônoma e soberana, oprimindo os sujeitos escolares.

Avaliação; Materialismo; Conhecimento

Fundação CESGRANRIO Rua Santa Alexandrina 1011, Rio Comprido, 20261-235 Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel.: + 55 21 2103 9600, Fax: + 55 21 2103 9600 r.338, - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: ensaio@cesgranrio.org.br