Determinantes acadêmicos da retenção no Ensino Superior

Academic determinants of retention in Higher Education

Determinantes académicos de la retención en la Educación Superior

Ana Cléssia Pereira Lima de Araújo Francisca Zilania Mariano Celina Santos de Oliveira Sobre os autores

Resumo

Esta pesquisa teve por objetivo verificar possíveis determinantes da retenção nas instituições federais brasileiras, analisando por áreas de conhecimento dos cursos presenciais. Para tanto, identificaram-se os alunos na situação de retido, dentre os concludentes, considerando a base de dados obtida do Censo de Educação Superior para o ano de 2016. A partir de três níveis ordenados do período de retenção, a aplicação de um modelo de escolha multinomial ordenado permitiu obter as seguintes conclusões: em geral, considerando uma retenção acima de dois anos, características como ser do sexo masculino, ou da raça branca, ou participante das políticas afirmativas ou ingressante por meio do Enem contribuem de forma negativa sobre a probabilidade de retenção. Além disso, destaca-se que a ampliação de bolsas e de apoio assistencial das instituições se mostrou relevante para conter a retenção em todas as áreas de conhecimento.

Retenção Discente; Logit Ordenado; Educação Superior

Fundação CESGRANRIO Rua Santa Alexandrina 1011, Rio Comprido, 20261-235 Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel.: + 55 21 2103 9600, Fax: + 55 21 2103 9600 r.338, - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: ensaio@cesgranrio.org.br