Estereótipos sociais na voz das crianças: uma análise de livros escolares do Ensino Básico português

Social stereotypes in the voice of children: an analysis of school books of the Portuguese Basic Education

Teresa da Conceição Mendes de Castro Rui Manuel do Nascimento Lima Ramos Sobre os autores

Resumo

O presente estudo inscreve-se no domínio abrangente dos Estudos da Criança e analisa um conjunto de textos de manuais/livros escolares usados no sistema de ensino português (4º ano de escolaridade, do Ensino Básico), pretendendo revelar as representações que estes constroem das crianças e da infância, através dos mecanismos de atribuição de voz às crianças, bem como a forma como essas representações são apresentadas às crianças-leitoras, influenciando seus modos de ser, pensar e agir. Para o efeito, confere especial relevo à materialidade linguística e às questões enunciativas, no quadro específico da análise do discurso, recebendo também contributos das teorias da enunciação, da análise textual, da pragmática, do interacionismo sociodiscursivo e, como não podia deixar de ser, num estudo ligado às crianças, da sociologia da infância. Conclui que as crianças representadas nos textos são indivíduos desprovidos de voz e de poder: consumidores, mas não coprodutores de cultura. As crianças-personagens surgem submissas aos poderes instituídos e quase nunca apresentam a sua opinião sobre os assuntos que lhes dizem respeito. Limitam-se a seguir as regras e a obedecer a quem tem o poder de exercer a autoridade e os castigos. Os textos surgem configurados dominantemente como de conformação e não de questionamento.

Análise do discurso; Criança; Manual escolar; Estereótipo social

Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Av. da Universidade, 308 - Biblioteca, 1º andar 05508-040 - São Paulo SP Brasil, Tel./Fax.: (55 11) 30913520 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revedu@usp.br