• Forty years of an education journal: celebration of a long journey (1975-2015) Editorial

    Rego, Teresa Cristina; Souza, Denise Trento Rebello de
  • Presentation Dossiê - Importantes correntes de pesquisa etnográfica sobre educação: maiorias, minorias e migrações através das Américas

    Rockwell, Elsie; Anderson-Levitt, Kathryn

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Neste artigo refletimos sobre diferenças e semelhanças entre os sete artigos incluídos neste dossiê, que representam linhas consolidadas de pesquisa etnográfica em cinco países das Américas. As contribuições concentram-se sobre aspectos do tema do XIII Simposio Interamericano de Etnografía de la Educación (UCLA, 2003): “Maiorias, minorias e migrantes”. Estudos recentes nessas linhas examinam de que modos os recursos diversos de comunidades e de redes, desigualdades estruturais e realidades transnacionais impactam os processos educacionais tanto dentro quanto além da escolaridade formal. Em conjunto, eles propõem importantes desafios conceituais e metodológicos para a pesquisa educacional.

    Abstract in English:

    Abstract In this article we reflect upon differences and similarities among the seven articles included in this dossier, which represent consolidated lines of ethnographic research in five countries of the Americas. The contributions focus on aspects of the theme of the XIII Simposio Interamericano de Etnografía de la Educación (UCLA, 2013): “Majorities, minorities and migrants”. Recent studies in these lines explore the ways in which diverse community and network resources, structural inequalities, and transnational realities impact educational processes both within and beyond formal schooling. Together they pose significant conceptual and methodological challenges for educational research.
  • Escuelas, familias y tramas sociourbanas: entrecruzamientos en contextos de diversidad y desigualdad social Dossiê - Importantes correntes de pesquisa etnográfica sobre educação: maiorias, minorias e migrações através das Américas

    Neufeld, María Rosa; Santillán, Laura; Cerletti, Laura

    Abstract in Spanish:

    Resumen En este artículo se presentan algunos aspectos significativos de las investigaciones histórico-etnográficas realizadas por las autoras en los últimos quince años, en escenarios escolares y barrios de la ciudad de Buenos Aires y su conurbación. El objetivo principal es problematizar los procesos escolares y educativos vinculados a las mayorías populares de la Argentina, tomando tres ejes de análisis interconectados. Primero, se hace referencia a las modalidades que caracterizaban la relación entre familias y escuelas a comienzos del siglo actual (que se habían gestado en las últimas décadas del siglo XX), y a las formas en que las políticas sociales de cada momento atravesaban la vida cotidiana escolar y barrial, así como eran apropiadas y significadas por los docentes, las familias y los académicos. Luego, se presentan las formas hegemónicas de representar la relación entre las familias y las escuelas en la actualidad, que la han constituido como una problemática social, caracterizada por particulares requerimientos y demandas tanto para las escuelas como para las familias. Asimismo, se incorpora la presencia de múltiples prácticas y sentidos desplegados por sus protagonistas en su cotidianeidad, que tensionan esas demandas, y articulan con los procesos políticos de mayor generalidad. Finalmente, se puntualizan estas prácticas y sentidos tomando en cuenta las tramas organizativas locales, mostrando los modos en que los procesos escolares y educativos son llevados adelante por múltiples actores sociopolíticos vinculados a diversas formas de acción colectiva, en donde lo escolar se dirime incluyendo y –a la vez- avanzando más allá de la escuela.

    Abstract in English:

    Abstract This article presents certain meaningful features of the historic-ethnographic investigations carried out by its authors over the past fifteen years in schools and neighborhoods of the City of Buenos Aires and its suburbs. The article aims mainly to question the educational and schooling processes of popular majorities in Argentina, considering three interconnected lines of analysis. First, we refer to way the relation between families and schools was characterized at the beginning of the present century - a mode originated in the late twentieth century – and the social policies of each moment were experienced in the everyday life of schools and neighborhoods, as well as how they were appropriated and signified by teachers, families and scholars. We then present the current hegemonic representations of the relationship between families and schools. These representations have constituted such relationship as a social problem, characterized by specific requirements and demands for schools and for families. We also include multiple practices and meanings that unfold in everyday life, which put a strain on these demands, and relate to larger political processes. Finally, we focus on these practices and meanings considering local organizational networks, showing the way educational and school processes are carried out by multiple socio-political actors linked to different forms of collective action, in which schooling issues are worked out including and at the same time going beyond school.
  • Migration and education: Sociocultural Perspectives Dossiê - Importantes correntes de pesquisa etnográfica sobre educação: maiorias, minorias e migrações através das Américas

    Bartlett, Lesley; Rodríguez, Diana; Oliveira, Gabrielle

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O mundo está testemunhando uma era de mobilidade humana sem precedentes: os migrantes internacionais aumentaram de 100 milhões em 1960 para 155 milhões em 2000 e para 214 milhões em 2010 (UNDESA). No entanto, dá-se pouca importância à forma como a migração e a educação interagem para influenciar a mobilidade social e econômica. Este artigo considera a relação entre migração e educação. Na primeira seção, recorremos à teorização antropológica da mobilidade e da cidadania para propor uma estrutura conceitual para o tema. Em seguida, examinamos a pesquisa de três fluxos de migração: jovens de ascendência haitiana que vivem na República Dominicana, colombianos no Equador, e filhos de mães mexicanas que migraram para os Estados Unidos. As análises desses casos enfatizam a importância do acesso e da inclusão, as escolas como locais-chave para governar os sujeitos, e as estratégias desenvolvidas pelos migrantes para assegurar a escolarização. Na conclusão, esboçamos orientações para futuras pesquisas que permitiriam uma análise mais forte das relações entre educação e migração e o desenvolvimento de Migração e Educação como campo de investigação.

    Abstract in English:

    Abstract The world is witnessing an era of unprecedented human mobility: International migrants grew from 100 million in 1960 to 155 million in 2000, and to 214 million in 2010 (UNDESA). However, there is insufficient attention to how migration and education interact to influence social and economic mobility. This article considers the relationship between migration and education. In the first section, we draw upon anthropological theorizing of mobility and citizenship to propose a conceptual framework for the topic. We then examine research from three migration flows: youth of Haitian descent living in the Dominican Republic, Colombians in Ecuador, and children of Mexican mothers who have migrated to the United States. The analyses of these cases emphasize the importance of access and inclusion, schools as key sites for governing subjects, and the strategies developed by migrants to secure schooling. In the conclusion, we outline directions for future research that would enable a stronger analysis of the relationships between education and migration and the development of Migration and Education as a field of inquiry.
  • Finding the contemporary in the traditional: reassessing the impact of indigenous Maya and modern western pedagogies on identity and self Dossiê - Importantes correntes de pesquisa etnográfica sobre educação: maiorias, minorias e migrações através das Américas

    Ludwig, Sheryl Ann; LeCompte, Margaret Diane

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este trabalho compara o que é ensinado e aprendido – e não o que se pretende – em diferentes cenários educativos e dois momentos históricos. Considerando estudos etnográficos realizados nos Estados Unidos e na Guatemala, compara o “currículo oculto” (KOHLBERG, 1975) da escolarização ocidental formal – normas, valores e práticas transmitidos pelo conteúdo de conhecimento ensinado, e os padrões de interação, procedimentos de avaliação e estruturas de participação utilizados (PHILLIPS, 1983) - com estruturas similares em uma comunidade indígena maia da Guatemala. Analisa o que as crianças aprendem, o impacto sobre suas identidades e como esse aprendizado se conecta com os destinos sociais e ocupacionais futuros. Os cenários educacionais diferem quanto aos tipos de aprendizagem e de ensino que mantêm; produzem tipos diferentes de educandos com resultantes identidades e metas diversas. Tem sido afirmado que a escolarização moderna realmente interfere nos valores e práticas das assim chamadas culturas tradicionais, levando ao abandono das línguas, práticas e crenças tradicionais. Esse tipo de argumento ignora a flexibilidade das culturas tradicionais, relegando-as a um “presente” estático que não é característico das identidades dinâmicas que de fato se constroem no século XXI. Nós afirmamos o contrário: que as pedagogias tradicionais podem proteger a durabilidade da identidade cultural (SPINDLER, G; SPINDELER, L, 2000) e levar a uma acomodação mais bem-sucedida à modernidade (RUDOLPH, L; RUDOLPH, S, 1984). Ligamos esse argumento às pesquisas que estudam mitos a respeito do que a escolarização pode e não pode fazer para alcançar a mobilidade social e condições sociais melhores.

    Abstract in English:

    Abstract This work contrasts what is taught and learned – other than what is intended – in different educative settings and two historical eras. In a comparison of ethnographic studies conducted in the US and in Guatemala, it compares the “hidden curriculum” (KOHLBERG, 1975) of formal western schooling – the norms, values and practices that are conveyed by the content knowledge taught, and the interaction patterns, assessment procedures and participation structures used (PHILLIPS, 1983) – with similar structures in an indigenous Maya community in Guatemala. It analyzes what children learn, the impact on their identities, and how those types of learning connect to future social and occupational destinations. Educational settings differ in the types of learning and teaching they support; they produce different kinds of learners with different identities and goals. It has been argued that modern schooling actually interferes with the values and practices of so-called traditional cultures, leading to the abandonment of traditional languages, practices and beliefs. Such an argument denies the flexibility of traditional cultures, relegating them to a static “present” not characteristic of the dynamic identities actually being constructed in the 21st century. Conversely, we argue that traditional pedagogies can protect enduring cultural identity (SPINDLER, G; SPINDLER, L, 2000) and lead to more successful accommodation to modernity (RUDOLPH, L; RUDOLPH, S, 1984). We connect this argument with research exploring myths about what schooling can and cannot do to achieve social mobility and improved societal conditions.
  • Literacy practices, linguistic anthropology and social inequality: ethnographic cases and theoretical engagements Dossiê - Importantes correntes de pesquisa etnográfica sobre educação: maiorias, minorias e migrações através das Américas

    Collins, James

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo discute meus esforços durante várias décadas de pesquisa para compreender a interação entre letramento escolarizado, diversidade linguística e desigualdade social. Inspira-se em tradições semióticas e marxistas para investigar a diversidade linguística e a desigualdade social em contextos europeus e norte-americanos contemporâneos. Enfocando especialmente as práticas de racialização e a dinâmica das aulas, os argumentos apresentam estudos iniciais sobre línguas de minorias e escolaridade que contribuem para e contextualizam um estudo recente sobre a política federal de educação, experiências de escolarização de imigrantes e hierarquia linguística. Esse estudo baseia-se em pesquisa sociolinguística e etnográfica com famílias e comunidades migrantes multilíngues e comunidades no norte do estado de Nova Iorque, com foco específico na experiência de crianças com repertórios multilíngues e políticas linguísticas monolíngues na escolarização (COLLINS, 2012). Examinando a política e os debates federais sobre educação e comparando os processos de interação em sala de aula, que envolvem diferentes grupos etnolinguísticos, identifico dois “efeitos de Estado” (TROUILLOT, 2001), conforme eles operam em diferentes locais institucionais. Defendo que tais efeitos são maneiras como os Estados contemporâneos tentam regular aulas globalizadas e dinâmicas raciais. Ao moldar sujeitos educacionais cujas características sociais e linguísticas – e especialmente as suas características de classe – são obscurecidas e empregadas em categorizações relacionadas à escola e em processos de comunicação centrados na escola, tais efeitos contribuem para a reprodução hegemônica das desigualdades sociais, linguísticas e educacionais (HYMES, 1996; MENKEN, 2008).

    Abstract in English:

    Abstract This paper discusses my efforts during several decades of research to understand the interaction of schooled literacy, language diversity, and social inequality. It draws on semiotic and Marxian traditions to investigate language diversity and social inequality in contemporary European and North American settings. Focusing especially on racialization practices and class dynamics, the arguments present early studies of minority language and schooling, which build toward and frame a recent study of federal education policy and immigrant experiences of schooling and language hierarchy. That study draws from sociolinguistic and ethnographic research among multilingual migrant families and communities in upstate New York, with particular focus on children’s experience with multilingual repertoires and monolingual language polices in schooling (COLLINS, 2012). Examining federal education policy and debates and comparing classroom interaction processes involving different ethnolinguistic groups, I identify two “state effects” (TROUILLOT, 2001) as they operate across different institutional sites. I argue that such effects are ways in which contemporary states attempt to regulate globalized class and racial dynamics. By shaping educational subjects whose social and linguistic characteristics, and especially their class characteristics, are both obscured and employed in school-related categorizations and school-based communicative processes, such effects contribute to the hegemonic reproduction of social, linguistic and educational inequalities (HYMES, 1996; MENKEN, 2008).
  • Etnografia e aprendizagem na prática: explorando caminhos a partir do futebol no Brasil Dossiê - Importantes correntes de pesquisa etnográfica sobre educação: maiorias, minorias e migrações através das Américas

    Gomes, Ana Maria R.; Faria, Eliene Lopes

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo propõe apresentar reflexões e questões construídas na condução de pesquisas a respeito do tema da aprendizagem em contextos de práticas sociais diversificadas. A orientação comum que permitiu o confronto entre os diferentes trabalhos e contextos empíricos foi construída a partir da abordagem da aprendizagem situada de Jean Lave (1991, 2011), em diálogo com autores como Gregory Bateson (1972) e Tim Ingold (2000). Os contextos investigados caracterizam-se pela singularidade em relação a temas próprios da sociedade brasileira, tais como o futebol, as religiões afro-brasileiras, práticas tradicionais indígenas, dentre outras. Em todas as investigações, o eixo condutor foi a prática em suas diversas configurações – o que quase sempre inclui a escola, que é, no entanto, ressituada a partir do ponto de vista da prática focalizada na investigação. Alguns aspectos recorrentes indicaram a possibilidade de se pensar na aprendizagem da cultura como tema de pesquisa que atravessa fronteiras disciplinares e que permite revelar facetas inusitadas de práticas que marcam a paisagem do Brasil contemporâneo. Como recorte, o artigo discute as reflexões de caráter conceitual-metodológico que as investigações permitiram realizar a partir de um duplo movimento: focalizando aspectos relevantes que emergiram nas investigações (sobretudo a partir do caso emblemático do futebol, cuja aprendizagem é amplamente difundida no Brasil); e produzindo reflexões acerca da prática etnográfica, ao recolocar a etnografia como fundamento para a realização de tal empreitada.

    Abstract in English:

    Abstract This study presents reflections developed while conducting research on learning in different social practice settings. The common framework that allowed the dialogue between different studies and empirical contexts has drawn from Jean Lave’s learning approach (1991; 2011) in dialogue with authors such as Gregory Bateson (1972) and Tim Ingold (2000). The practices investigated are marked by their singularity regarding fields that characterize the Brazilian society, such as soccer, Afro–Brazilian religions, and indigenous traditional practices. All investigations focused on practices in their diverse configurations in different settings, which nearly always includes the school, which is resituated from the viewpoint of the practice under research. Some recurring aspects suggested that cultural learning may be considered a research subject that crosses disciplinary boundaries and reveals unexpected facets of practices that mark the contemporary scenario of Brazil. The article specifically discusses conceptual and methodological reflections in a double movement: focusing on relevant and common aspects that emerged in the analysis, especially that of the emblematic case of soccer, the learning of which is widespread in Brazil; and repositioning ethnography as a basis for conducting such task, thus producing reflections on ethnographic practice.
  • Youth Challenging Community: between hope and stigmatizationI Dossiê - Importantes correntes de pesquisa etnográfica sobre educação: maiorias, minorias e migrações através das Américas

    Dlamini, S. Nombuso

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo apresenta conclusões resultantes de dois projetos de pesquisa: Assets Coming Together for Youth (ACT for Youth) [Reunindo os valores e recursos dos jovens]; e Engaging Girls, Changing Communities (EGCC) [Envolvendo as jovens, e transformando as comunidades]. O ACT for Youth consiste num projeto universitário de pesquisa colaborativa cuja finalidade é compreender as perspectivas dos jovens em relação ao bem-estar, e estimular o desenvolvimento positivo da juventude na comunidade de Jane-Finch, uma região historicamente estigmatizada, situada no noroeste de Toronto, no Canadá. O projeto EGCC examinou o modo pelo qual as jovens se envolvem em atividades cívicas e de liderança, em novos meios urbanos; além disso, tentou identificar, em particular, aspectos que estimulam a participação comunitária das jovens, bem como os obstáculos com os quais elas se deparam em tal participação. Ademais, estes projetos são a demonstração de que métodos inovadores de participação dos jovens nos permitem uma melhor compreensão sobre a vida deles, a partir do conhecimento de suas perspectivas e habilidades. Este artigo baseia-se em dados coletados pelos jovens, e examina de que modo as narrativas sobre violência e bem-estar criam, problematizam e desestruturam conceitos como a criminalidade e a desesperança juvenis. Os dados também ilustram a maneira como os jovens são capazes de envolver-se com iniciativas voltadas a questões da comunidade. Além disso, o artigo oferece reflexões metodológicas sobre a importância de envolver os jovens em pesquisas, além de ideias sobre como estas iniciativas podem promover ou impedir a produção de um capital social na forma de vínculos [bonding social capital].

    Abstract in English:

    Abstract This paper presents findings from two research studies: Assets Coming Together for Youth (ACT for Youth); and, Engaging Girls Changing Communities (EGCC). ACT for Youth was a collaborative university-community research study designed to understand youth perspectives on well-being and encourage positive youth development in the historically stigmatized Jane-Finch community, located in North-Western Toronto, Canada. EGCC investigated how young women engage in leadership and civic activities in new urban environments; further, it specifically sought to identify enhancers and barriers to community participation that girls face in their everyday lives. Both ACT for Youth and EGCC legitimize the framework in which youth are presented as assets with possibilities, as sources of knowledge and power, as well as agents of social change with competencies to critically examine the world around them and their participation in it. Further, these projects illustrate that innovative youth participatory methods can provide an opportunity to gain insight into the lives of young people that is grounded in their perspectives and their capabilities. This paper draws on data collected by and from youth and it explores how narratives of violence and well-being produce, trouble, and disrupt the notion of youth criminality and hopelessness. Data also illustrates how youth can engage in initiatives that help address community issues. Additionally, the paper offers methodological insights on the value of engaging youth through research as well as ideas on how such undertakings can foster or hinder the production of bridging social capital.
  • Más allá de la socialización y de la sociabilidad: jóvenes y bachillerato en México Dossiê - Importantes correntes de pesquisa etnográfica sobre educação: maiorias, minorias e migrações através das Américas

    Weiss, Eduardo

    Abstract in Spanish:

    Resumen El artículo presenta la línea de investigación sobre jóvenes y escuela en México. La línea busca construir un puente entre los estudios sobre alumnos y los estudios sobre jóvenes: los estudiantes son a la vez jóvenes y gran parte de la vida juvenil se desarrolla en la escuela. Se enfoca la doble condición de ser estudiante y de ser joven, pero también la condición de ser adolescente hijo o hija de familia. El artículo da cuenta del desarrollo de la línea de investigación y establece desde sus hallazgos una discusión con dos conceptos: el concepto de socialización en los estudios sobre alumnos y el concepto de sociabilidad en el campo de los estudios sobre jóvenes, a la vez que propone restituir el concepto de subjetivación. Se presenta el enfoque metodológico de esta línea de investigación que combina elementos de la tradición etnográfica con elementos de la tradición hermenéutica. En una primera parte el artículo muestra los hallazgos de las investigaciones sobre el sentido del bachillerato y discute desde ahí los límites del concepto de socialización. En una segunda parte presenta los hallazgos sobre la escuela como espacio juvenil. En este espacio se despliegan procesos de socialización y sociabilidad, pero más allá de lo que comprenden estos conceptos es necesario conceptualizar los procesos de subjetivación. Estos procesos no son solitarios: los jóvenes comparten con compañeros, amigos y novios vivencias y conversan sobre ellas. La conversación es una forma privilegiada de reflexión y convierte las vivencias en experiencias que permiten crecer.

    Abstract in English:

    Abstract This article presents the line of research on youth and school in Mexico. Such research attempts to build a bridge between studies on students and studies on youth: students are also young people and spend a large part of their life in school. It focuses on the double condition of being a student and being young, as well as on the condition of being an adolescent son or daughter. The article explains the development of this line of research and uses its findings to establish a discussion of two concepts: the concept of socialization in studies on students, and the concept of sociability in the field of studies on youth, while proposing a return to the concept of subjectivization. I present the methodological focus of this line of research, which combines elements from the ethnographic tradition with elements from the hermeneutic tradition. The initial part of the article brings research findings on the meaning of high school and discusses the limits of the concept of socialization. The second part presents the findings on school as a youthful space—a space where processes of socialization and sociability unfold. However, beyond these concepts, the processes of subjectivization must be conceptualized. Such processes are not solitary: Young people share and talk about their experiences with classmates, friends, and girlfriends/boyfriends. Conversation is a privileged form of reflection and converts experiences into opportunities for growth.
  • Apresentação Dossiê - Para onde caminham as atuais avaliações educacionais?

    Correia, José Alberto de Azevedo e Vasconcelos; Arelaro, Lisete Regina Gomes; Freitas, Luiz Carlos de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este dossiê apresenta diferentes estudos, pesquisas e opiniões a respeito da avaliação educacional no mundo atual. É composto por sete artigos de professores do Brasil, da Itália, da Irlanda, da Finlândia e de Portugal e de uma entrevista com o Prof. John MacBeath, da Inglaterra. Tais trabalhos desenvolvem interessantes reflexões críticas a respeito dos impasses da transformação da avaliação em larga escala, em estratégia única para medir o desempenho dos alunos em todos os níveis de ensino. Os autores mostram que a avaliação da qualidade educacional é um processo mais complexo que, para ser bem-sucedido, pressupõe, dentre outros aspectos, a participação consciente dos envolvidos. Outro aspecto discutido é a importância da ética nesses processos avaliativos, uma vez que, por suas exigências incompatíveis com o cotidiano escolar, tem levado à corrupção na educação, bem como a distorção que o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA) tem trazido, em especial na análise das razões do sucesso de alunos em escolas finlandesas.

    Abstract in English:

    Abstract This dossier has different studies, research and opinions about the educational evaluation in the current world. It consists of seven articles by professors from Brazil, Italy, Ireland, Finland and Portugal and an interview with Prof. John MacBeath, from England. Such work develops interesting critical reflections on the impasses of the transformation of large-scale assessments into a single strategy to measure the performance of students in all educational levels. The authors show that the evaluation of educational quality is a more complex process that, to be successful, requires inter alia the conscious participation of those involved. Other aspects discussed are the importance of ethics in these evaluation processes – since, due to the incompatibility of their requirements with everyday school life, they have led to corruption in education – and the distortion that the Programme for International Student Assessment (PISA) has brought about, especially in the analysis of the reasons for the success of students in Finnish schools.
  • Autoavaliação como estratégia de resistência à avaliação externa ranqueadora Dossiê - Para onde caminham as atuais avaliações educacionais?

    Mendes, Geisa do S. C. V.; Caramelo, João; Arelaro, Lisete R. G.; Terrasêca, Manuela; De Sordi, Mara R. L.; Kruppa, Sonia M. P.

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo discute o sentido atual das políticas de avaliaçãona e da escola ao apresentar a investigação realizada por pesquisadores brasileiros e portugueses, com a participação de vinte escolas públicas, nas cidades de São Paulo e Campinas (Brasil) e do Porto (Portugal). Referenciando-se na Avaliação Institucional Participativa e na Qualidade Negociada, a pesquisa se junta aos profissionais das escolas e de setores da administração educacional, com a formação de grupos de estudo em cada uma das universidades. O artigo aborda criticamente a função expertise da pesquisa que frequentemente legitima avaliações centradas nos produtos, portando credibilidade aos testes padronizados, à proliferação de uma avaliocracia, com consequente alteração de procedimentos de inspeção e direção escolares, além de mudanças na gestão dos sistemas educativos, corrompendo/deformando o conceito de autonomia escolar, favorecendo a proliferação de escolas administradas por concessão, o estímulo ao cheque-ensino, bem como o aumento e naturalização das desigualdades escolares e uma dada representação da sociedade do conhecimento, que refuncionaliza a formação profissional para as classes populares, recriando a dualidade do ensino. Em contraponto, a pesquisa argumenta as possibilidades de um circuito virtuoso do ensino, da pesquisa e da extensão como método na relação com escolas públicas, partindo de uma concepção de Qualidade Negociada que, em conjunto com profissionais e comunidade, em cada escola, inicia processos deautoavaliação, com intencionalidade de transformação e com a possibilidade de desenvolvimento de novas relações dentro e fora da escola, reforçando a aprendizagem estratégica da competência coletiva dos atores sociais em prol da escola pública de qualidade social.

    Abstract in English:

    Abstract This article discusses the current meaning of the evaluation policies inand of school, presenting a study carried out by Brazilian and Portuguese researchers, with the participation of twenty public schools in the cities of São Paulo and Campinas (Brazil) and Porto (Portugal). Theoretically anchored in the Participatory Institutional Evaluation and Negotiated Quality approaches, the research involves the schools’ professionals and also sectors of education administration, through the study groups in each of the universities. The article critically addresses theexpertise function of the research that frequently legitimizes evaluations centered on products and thus lends credibility to standardized tests and to the proliferation of the so-calledevaluocracy, with consequent changes in the school inspection and management procedures, and also in the management of education systems. These changes corrupt/deform the concept of school autonomy and favor the proliferation of concession schools, stimulate the use of education vouchers, as well as the increase and naturalization of school inequalities and a certain representation of the Knowledge Society, which promotes vocational training for the working classes, recreating a dual education system. In contrast, this study argues for the possibilities of a virtuous circle between education, research and extension as a method of relation with public schools, starting from the concept of Negotiated Quality that, together with professionals and community in every school, initiates self-evaluation processes, with the intention of transformation and developing new relationships within and outside the school, reinforcing the strategic learning of a collective competence of social actors in favor of public school social quality.
  • Na contramão da lógica do controle em contextos de avaliação: por uma educação democrática e emancipatória Dossiê - Para onde caminham as atuais avaliações educacionais?

    Saul, Ana Maria

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O presente texto põe em questão duas ideias-força: avaliação educacional e qualidade da educação. Por vezes, a relação entre essas duas ideias é assumida linearmente, como se a avaliação, de per se, pudesse gerar a melhoria da qualidade da educação. O texto propõe-se a analisar uma posição hegemônica em nossa sociedade – na qual a avaliação, sob a lógica do controle, tem direcionado uma educação que se anuncia como de qualidade –, e desvela as consequências dessa lógica da avaliação para a escola, o currículo e a formação de educadores. Em contraposição, apresenta e defende uma matriz contra-hegemônica como referência para a qualidade da educação, em uma perspectiva democrática e emancipatória, concretizada na política, teoria e prática de Paulo Freire, em sua gestão, como Secretário da Educação da cidade de São Paulo, no período 1989-1992. Esse período teve como proposta de política educacional a construção da educação pública, popular e democrática. Para Freire (1997, p. 131): “[...] a questão que se coloca a nós é lutar em favor da compreensão e da prática da avaliação enquanto instrumento de apreciação do quefazer de sujeitos críticos a serviço, por isso mesmo, da libertação e não da domesticação”.

    Abstract in English:

    Abstract This text focuses on two driving ideas: educational assessment and quality of education. Sometimes the relationship between these two ideas is linearly considered, as if assessment per se could improve the quality of education. This text analyzes a hegemonic position in our society – according to which assessment, under the logic of control, has directed an education that claims to have high quality – and unveils the consequences of this logic of assessment for the school, the curriculum and teacher education. In contraposition, from a democratic and emancipatory perspective, it presents and defends a counter-hegemonic reference for the quality of education, realized in Paulo Freire’s policy, theory and practice as the Secretary of Education of São Paulo city, from 1989 to 1992. In this period, the educational policy proposed was the construction of a public, popular, and democratic education. For Freire (1997, p. 116): “[...] the question that we face is to fight for the understanding and the practice of assessment as an instrument of appraisal of ‘what to do’ of subjects who are critical and thus at service of liberation, not of taming”II.
  • Recuo ao cientificismo, paradoxos da transparência e corrupção em educação Dossiê - Para onde caminham as atuais avaliações educacionais?

    Afonso, Almerindo Janela

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Um dos sintomas da razão indolente (SANTOS, 2006) é o recuo ao cientificismo, o qual tem sido, particularmente, acentuado nas políticas, cada vez mais hegemônicas, de avaliação, de prestação de contas e de responsabilização. Por isso, um dos objetivos deste texto é o de colocar em causa este aparente consenso cientificista (ou este consenso supostamente transideológico) e fazer uma breve incursão exploratória ao que aqui se designa de paradoxos da transparência. Considera-se que esses paradoxos traduzem a existência de tensões e contradições relativas a uma dimensão central dos discursos políticos e educacionais contemporâneos. Com isso, o artigo pretende dar continuidade a uma linha de pesquisa que tem procurado sublinhar a relevância da necessidade de complexificar e dar maior rigor teórico-conceptual à accountabilityem educação. Finalmente, tentando abrir caminho para o desenvolvimento de novas articulações e análises, chama-se a atenção para a corrupção na educação cuja complexidade ainda é insuficientemente conhecida e pesquisada, nomeadamente, nas suas relações com as problemáticas da transparência e daaccountability. Admite-se que as práticas de corrupção em educação, em muitas situações, são (paradoxalmente) induzidas pela necessidade de dar resposta à governação baseada nos números, nos rankingse nas (supostas) evidências, anulando completamente as expectativas legítimas em torno da transparência dos processos educacionais e das decisões políticas.

    Abstract in English:

    Abstract One symptom of “indolent reason” (SANTOS, 2006) is the retreat into scientism, which is especially marked in the increasingly hegemonic policies surrounding assessment, reporting and accountability. As such, one of the aims of this paper is to call into question this apparent consensus on scientism (a supposedly trans-ideological consensus), and briefly explore what we define as the paradoxes of transparency. These paradoxes are found to reveal the existence of tensions and contradictions concerning a central aspect of current political and educational discourse. In doing so, the article seeks to continue a line of study which has aimed to emphasize the significance of the need for a more complex, and theoretically and conceptually rigorous understanding of accountability in education. Finally, in an attempt to pave the way for further discussion and analysis, attention is drawn to corruption in education, the complex nature of which remains insufficiently understood and studied, notably in terms of its relationship with the problems of transparency and accountability. It is acknowledged that practices of corruption within education are, in many situations, (paradoxically) caused by the need to answer to a system of governance based on numbers, league tables, and (supposed) truths, completely nullifying legitimate expectations about the transparency of educational processes and policy decisions.
  • Promotion from within: the role of the facilitator in supporting dialogical and reflective forms of self-evaluation Dossiê - Para onde caminham as atuais avaliações educacionais?

    Bondioli, Anna

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este artigo apresenta uma abordagem reflexiva e dialógica para a avaliação que tem sido desenvolvida ao longo de cerca de vinte anos por um grupo de pesquisa em educação na Universidade de Pavia e que foi testado em campo em várias experiências e pesquisas realizadas na Itália, em que educadores de creches e escolas de educação infantil estiveram diretamente envolvidos. A abordagem, inspirada na avaliação de quarta geração de Guba e Lincoln e na teoria do pensamento reflexivo de Dewey, considera a avaliação como um processo pelo qual as pessoas que trabalham em uma instituição de ensino podem refletir em grupo sobre suas crenças e práticas educacionais, a fim de planejar e implementar ações de melhora. Depois de delinear brevemente os principais benefícios da abordagem, vou me concentrar no papel desempenhado nela pela figura dofacilitador, alguém de fora da realidade educacional objeto de avaliação, cuja principal tarefa é ajudar os participantes a reconstruir uma imagem compartilhada da realidade em que operam, o que torna possível prever o futuro, pensando em por que você faz o que você faz e como você pode melhorar isso. O principal objetivo dessa figura é “promover a partir de dentro” provocando, através da reflexão, o “empoderamento” de grupos de educadores e professores. Com base em uma pesquisa recente, as estratégias comunicativas e maiêuticas utilizadas por essa figura na promoção de processos de auto-avaliação em grupos de educadores e professores também serão apresentados.

    Abstract in English:

    Abstract This article presents a reflective and dialogical approach to evaluation that has been developed over twenty years by an educational research group at the University of Pavia and has been tested in the field in various experiences and research conducted in Italy in which day-care center and nursery school educators were directly involved. The approach, inspired by Guba and Lincoln’s fourth generation evaluation and Dewey’s theory of reflective thinking, considers evaluation as a process by which people working in an educational institution can reflect in groups on their educational beliefs and practices in order to plan and implement improvement actions. After briefly outlining the main characteristics of the approach, I will focus on the role played in it by a facilitator, a figure from outside the educational reality object of evaluation whose principal task is to help the participants to reconstruct a shared image of the reality in which they operate, making it possible to envisage the future, to think about why you do what you do and how you could improve it. The principal goal of this figure is to “promote from within” soliciting the empowerment of groups of educators and teachers through reflection. On the basis of a recent research, the communicative and maieutic strategies performed by this figure in promoting processes of self-evaluation in groups of educators and teachers will be presented.
  • A avaliação institucional como instrumento de racionalização e o retorno à escola como organização formal Dossiê - Para onde caminham as atuais avaliações educacionais?

    Lima, Licínio C.

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O papel central da avaliação, da avaliação institucional e dos processos de garantia da qualidade de escolas e universidades nas políticas educacionais é objeto de discussão, também considerando a reforma do Estado. As teorias da nova gestão pública e as perspectivas gestionárias são consideradas como algumas das principais fontes de inspiração e de legitimação no contexto dominante de uma educação contábil. Dados empíricos preliminares resultantes do processo de avaliação externa de escolas básicas e secundárias portuguesas são apresentados e interpretados de acordo com os principais conceitos e representações organizacionais de escola presentes nos relatórios externos. Examinando algumas das imagens e dos significados de escola, cultura de escola, autonomia, objetivos, liderança e eficácia presentes nos relatórios de avaliação, o autor releva a importância das imagens formais, racionais e burocráticas de escolas. Várias questões de investigação são apresentadas tendo por base aquilo a que o autor chama o processo da hiperburocratização das organizações educativas. Algumas dimensões do conceito de burocracia de Max Weber são revisitadas, em articulação com perspectivas neocientíficas de garantia da qualidade e com as tecnologias da informação e comunicação. O autor sugere que maior relevância deve ser atribuída aos modelos formais e racionais de interpretação das organizações educativas, pois os processos de avaliação e de garantia da qualidade estão a contribuir para a formalização de escolas e universidades e para a intensificação do seu processo de racionalização, isto é, para a emergência de uma imagem analítica das escolas como hiperburocracias.

    Abstract in English:

    Abstract The central role of evaluation, institutional assessment and quality assurance processes of schools and universities in education policy is object of discussion also considering the reform of the state. New Public Management theories and managerialist perspectives are considered some of the main sources of inspiration and legitimation in the dominant context of an audit education. Preliminary empirical data from external assessment of Portuguese primary and secondary schools are introduced and interpreted according to the main concepts and organizational representations of school found in external reports. Examining some of the central organizational images and meanings of school, school culture, autonomy, goals, leadership and effectiveness included in the external reviews, the author stresses the importance of formal, rational and bureaucratic images of schools. Several new research questions are presented for further inquiry based on the hypothesis of what it is called by the author the process of hyperbureaucratization of educational organizations. Some of the main dimensions of the concept of bureaucracy as presented by Max Weber are revisited in close relation with neo-scientific approaches of quality assurance and taking in consideration the use of information and communication technologies. Accordingly the author suggests that much more importance must be given to formal and rational models of interpreting educational organizations because assessment and quality assurance procedures are contributing to the formalization of schools and universities and to the intensification of their process of rationalization, i. e., to the emergence of an analytic image of schools as hyperbureaucracies.
  • Borrowing Finnish PISA success? Critical reflections from the perspective of the lender Dossiê - Para onde caminham as atuais avaliações educacionais?

    Salokangas, Maija; Kauko, Jaakko

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Desde a introdução do Programa PISA, a OCDE tem se mostrado um organismo cada vez mais poderoso no que diz respeito à administração e a políticas educacionais, tanto entre seus países-membro quanto nas demais nações. Também é fato que sistemas educacionais com bom desempenho neste exame transformaram-se em modelos de políticas e práticas educacionais para outros países. Por exemplo, o constante êxito dos adolescentes finlandeses no PISA tem mantido o sistema educacional deste país no centro das atenções mundiais há alguns anos. Este artigo apresenta algumas observações críticas relacionadas à politização dos resultados do PISA, sob um ponto de vista finlandês. Ilustrando com exemplos do próprio sistema educacional finlandês, além de avaliações qualitativas, nosso argumento é que o sistema educacional da Finlândia desenvolveu-se em local e época muito particulares, por meio de processos políticos que não podem ser replicados em outros contextos.

    Abstract in English:

    Abstract Since the introduction of PISA, the OECD has become an increasingly powerful player in education governance and policy within its member countries, as well as elsewhere. It has also become evident that education systems scoring well in the exam have become sources for policy and practice borrowing for other countries. For example, Finnish teenagers’ consistent success in the PISA exam has kept the Finnish education system in the limelight of international attention for a number of years. This essay provides critical observations regarding politicisation of PISA results from a Finnish perspective. Using Finnish teacher education, as well as quality assurance and evaluation as examples, we argue that Finnish education system has developed within a particular place and time, through political processes that are not replicable in different political contexts.
  • Avaliações em larga escala: uma sistematização do debate Dossiê - Para onde caminham as atuais avaliações educacionais?

    Bauer, Adriana; Alavarse, Ocimar Munhoz; Oliveira, Romualdo Portela de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo As reformas educativas implantadas nas últimas décadas caracterizam-se, entre outros traços, pela utilização de avaliações em larga escala como instrumento de gestão de redes de ensino e de responsabilização de profissionais da educação. Isso tem ocorrido de modo peculiar em cada país e, no Brasil, observa-se a difusão dessas avaliações, por meio de provas padronizadas. Tais avaliações geram na comunidade acadêmica e educacional um debate no qual há posições que vão da contraposição extremada ao reconhecimento da contribuição das avaliações em larga escala e das medidas educacionais como norteadoras de políticas e programas educacionais, incluindo as restrições ao uso que vem sendo feito de seus resultados. Diante dos argumentos favoráveis e contrários, incluindo as dimensões técnicas e políticas, neste trabalho, apresenta-se uma reflexão que reconhece a utilidade dessas avaliações, ainda que questionando alguns de seus usos para a gestão como critério, por exemplo, para a alocação de recursos nas escolas com melhores resultados, a definição de bônus para professores, o estabelecimento de rankings estimulando a competição entre escolas e redes de ensino, e seu entendimento como indicador único e principal de qualidade de ensino. Assim, o objetivo deste artigo é discutir as principais críticas e ponderações às avaliações em larga escala presentes na literatura nacional e internacional e sistematizar o debate em torno de suas potencialidades. Para tanto, dois aspectos recorrentes na literatura foram destacados, o papel e a validade das avaliações em larga escala nas reformas educacionais e o uso de seus resultados para a gestão de sistemas e escolas.

    Abstract in English:

    Abstract Educational reforms in recent decades have been characterized, among other features, by the use of large-scale assessments as a management tool of school systems and of educator accountability. This phenomenum has occurred differently in each country. In Brazil there has been widespread use such assessments with standardized tests, which generates in the academic and educational community not consensus but a debate in which there are different positions, ranging from the extreme opposition to the recognition of the contribution of large-scale assessments and educational measures to guide educational policies and programs, including restrictions on the use made of their results. Considering positive and negative arguments, including technical and political dimensions, this article, on the one hand, presents a reflection that recognizes the usefulness of these evaluations, and, on the other, questions some of its uses for educational management, for example, allocating resources in schools with best results, setting bonuses for teachers, establishing rankings which stimulate competition between schools and school systems, and understanding test results as a unique and primary indicator of education quality. The objective of this article is to discuss the main pros and cons to large-scale assessments in the national and international literature and systematize the debate on their potential. For this, it focuses on two recurrent themes in literature: the role and validity of large-scale assessments in the education reforms and the use of their results for the management of educational systems and schools.
  • Untitled document Dossiê - A escola: entre o reconhecimento, o mérito e a excelência

    Setton, Maria da Graça Jacintho; Martuccelli, Danilo

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O objetivo desta apresentação é evocar as principais justificativas, ganhos teóricos e empíricos de investigações que têm como base noções como excelência, mérito e reconhecimento. Há muito a pesquisa educacional vem se debruçando sobre os mecanismos objetivos e simbólicos que contribuem para a manutenção das desigualdades sociais frente aos processos educativos. Contudo, ainda que muito precise ser feito para minimizarmos as barreiras de ordem estrutural, a sociologia da educação contemporânea se vê diante de uma problemática mais difusa e por vezes consensual acerca do mérito e da excelência individual. Para muitos, as oportunidades educativas já estão bem encaminhadas, e agora seria tarefa dos indivíduos traçarem seus próprios destinos. Mal-estar na civilização que apostou seu futuro na escola; cobranças e pressões institucionais e pessoais permeiam todos os processos educativos à custa de enganos e desenganos. Mas como desvelar essa difícil trama? Na tentativa de colaborar com as reflexões da área, convidamos alguns pesquisadores que vêm acumulando conhecimentos que interessam aos desafios da escolarização atual. Temos confiança de que este material inédito trará uma contribuição para os que se interessam sobre o tema.

    Abstract in English:

    Abstract The purpose of this presentation is to evoke the main justifications, theoretical gains and empirical investigations that are based on notions such as excellence, merit and recognition. Educational research has long addressed the goals and symbolic mechanisms that contribute to the maintenance of social inequalities in the educational processes. However, although much needs to be done to minimize structural barriers, contemporary sociology of education is faced with a more diffuse and sometimes consensual problematics of merit and individual excellence. For many, educational opportunities are well under way, and now it would be the individuals’ task to make their own destinies. Malaise in civilization, which has staked its future in school; institutional and personal demands and pressures permeate all educational processes at the cost of mistakes and disappointment. But how can one unveil this challenging fabric? In an attempt to collaborate with the reflections of the area, we have invited some researchers who have accumulated knowledge that concerns the challenges of current education. We are confident that this original material will bring a contribution to those interested in the theme.
  • A fabricação social dos indivíduos: quadros, modalidades, tempos e efeitos de socializaçãoI Dossiê - A escola: entre o reconhecimento, o mérito e a excelência

    Lahire, Bernard

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O presente artigo apresenta uma discussão sobre os processos de socialização na atualidade. Dando seguimento às discussões já travadas anteriormente, faz algumas afirmações relevantes do ponto de vista metodológico para os interessados em pesquisar os processos socializadores. O texto traz uma discussão acerca da importância de se contextualizar as trajetórias individuais a fim de se conseguir apropriar de maneira concreta as experiências e tomadas de posição dos indivíduos ao longo dos percursos sociais. As categorias decadres (instituições), modalidades(maneiras e formas de agir), tempo (momento de um percurso individual), e efeitos (disposições de agir, sentir e pensar) deveriam ser consideradas em todo o processo com a intenção de evitar interpretações vazias e ou retóricas acerca da incorporação das maneiras de ser. Tratando-se de uma discussão teórica e metodológica, texto busca elencar outras pesquisas que seguem o procedimento proposto. Todas as investigações citadas parecem seguir a metodologia de contextualizar o presente e o passado dos investigados a fim de alertar para os desvios e ou erros muitas vezes cometidos pelos pesquisadores. De fato, um número expressivo de pesquisas não levam em consideração os efeitos das socializações anteriores frente às novas socializações e creditam à socialização secundária um espaço de atualização de disposições adquiridas anteriormente.

    Abstract in French:

    Resumé L’auteur a pour but de justifier l’usage du concept de socialisation. Pour lui, pour avoir une véritable utilité sociologique et être scientifiquement un tant soit peu rentable, la notion de socialisation doit être suffisamment précise et impliquer une démarche empirique. Se contenter de dire que les acteurs d’une société sont socialisés ou qu’ils sont le produit d’une socialisation n’est qu’une manière – somme toute assez vague – de prendre le contre-pied des conceptions de l’homme innéistes ou naturalistes, mais ne suffit pas à faire de la notion de “socialisation” un concept utile, c’est-à-dire un outil qui contraint à imaginer des opérations précises de recherche, à concevoir des enquêtes qui, sans lui, n’auraient tout simplement pas été pensables. Pour ne pas faire de la notion de socialisation un concept “amorphe” (WEBER, 1964, 1996), purement décoratif ou rhétorique, qui rappellerait uniquement le caractère socialement construit des acteurs individuels, il faut donc préciser – décrire et analyser – les cadres (univers, instances, institutions), les modalités (manières, formes, techniques, etc.), les temps (moment dans un parcours individuel, durée des actions socialisatrices, degré d’intensité et rythme de ces actions) et les effets (dispositions à croire, à sentir, à juger, à se représenter, à agir, plus ou moins durables) de socialisation.

    Abstract in English:

    Abstract This article debates current socialization processes. Following previous discussions, it makes relevant statements from a methodological perspective to the ones interested in researching socialization processes. The text brings a discussion on the importance of contextualizing individual paths in order to concretely appropriate experiences and positions of the individual along social pathways. Cadres (institutions), modalities(courses of action), time (moment of the individual’s path), and effects (dispositions to act, feel and think) are categories to be considered along all the process to avoid empty and rhetoric interpretations about the incorporation of ways of being. As a theoretical and methodological discussion, the article lists other studies with the same proposed procedure. All the investigations cited seem to follow the methodology of contextualizing the present and the past of the subjects to warn against possible deviations or mistakes often made by researchers. Indeed, a significant number of studies, in the face of new socializations, fail to take into account the effects of previous socializations, and thus credit the room for updating previously acquired dispositions to secondary socialization.
  • A escolha e o reconhecimento pela educação: o caso de Antônio Dossiê - A escola: entre o reconhecimento, o mérito e a excelência

    Setton, Maria da Graça Jacintho

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo sistematiza ganhos teóricos e metodológicos do uso da noção híbridas disposições de habitus a partir de um estudo de caso. Para desenvolver o argumento, considera primeiramente que a escolha pelo projeto escolar, em função da conquista de um reconhecimento social, pode auxiliar na explanação do princípio hierárquico da construção de um híbrido sistema orientador de conduta. A análise permite observar que o biografado pouco a pouco traça sua singularidade fundindo disposições variadas, entre elas a submissão moral proveniente do trabalho braçal, bem como disposições intelectuais e cognitivas provenientes da escola. Injunções históricas e específicas chances de escolarização foram capturadas e apropriadas por ele num jogo e uso singulares do saber difuso disponibilizado pela frequência a vários círculos sociais. Apontando aspectos do comportamento em várias dimensões de sua vida, como práticas éticas, estéticas, religiosas e profissionais, é possível considerar uma articulação singular de disposições de cultura. Por fim, a reflexão permite identificar as relações indissociáveis entre contexto socializador e processos de individuação, na medida em que condições de socialização específicas são capazes de instrumentalizar a composição singular dos indivíduos.

    Abstract in English:

    Abstract This article systematizes theoretical and methodological gains of the use of the notion of hybrid dispositions of habitus by means of a case study. Firstly, in order to develop the argument, it has considered that the choice of the school project, aiming at achieving social recognition, can support the explain the hierarchical principle of the construction of a hybrid system which guides conduct. In the analysis, it is possible to observe that Antonio little by little constructs his singularity amalgamating various dispositions, including the moral submission from manual work as well as intellectual and cognitive dispositions from school. He seized and appropriated historical injunctions and specific chances of schooling in a singular interplay and use of the diffuse knowledge available in the various social circles he takes part in. Pointing aspects of his behavior in different dimensions of life, as ethical, esthetical, religious, and professional practices, makes it possible to consider a singular link of cultural dispositions. To sum up, the reflection allows identifying the inseparable relations between the socializing context and individuation processes, since specific socializing conditions are capable of equipping the singular composition of individuals.
  • Culturas de escola e celebração da excelência: cartografia das distinções em Portugal Dossiê - A escola: entre o reconhecimento, o mérito e a excelência

    Torres, Leonor Lima

    Abstract in Portuguese:

    Resumo As orientações de política educativa de âmbito global têm colocado no centro das suas prioridades a promoção da excelência, da qualidade e da eficácia dos sistemas de ensino e formação. Este texto propõe-se a debater o impacto dessa agenda na realidade educativa portuguesa a partir de um olhar sobre a política em estado prático, isto é, sobre os mecanismos de apropriação ocorridos no espaço organizacional e sua articulação com as especificidades culturais da escola. À luz desse enfoque, pretende-se compreender de que forma a cultura de escola redefine localmente a sua missão educativa, ajustando-a aos propósitos democráticos e igualitários e/ou às exigências de promoção da excelência e do mérito. Partindo da hipótese de que as dimensões culturais exercem um papel central na recontextualização das políticas educativas, procurou-se identificar, no sistema educativo português, o alcance de um dos rituais mais expressivos da missão da escola: os rituais de distinção dos melhores alunos. Da análise de conteúdo efetuada em cerca de 1500 documentos produzidos no contexto das escolas públicas com ensino secundário, resultou um mapeamento nacional dos rituais de distinção. As conclusões apontam para uma forte adesão das instituições com ensino secundário aos rituais de distinção ou de reconhecimento público do mérito. Contudo, nem a sua configuração nem os critérios de seleção apresentam um caráter uniforme, o que nos aponta para a existência de distintas conceitualizações de excelência, decorrentes das diferentes culturas de escola e do seu papel na definição da sua política e do seu critério de sucesso.

    Abstract in English:

    Abstract Global educational policy guidelines have placed at the center of their priorities the promotion of excellence, quality and efficiency of education and training systems. This text intends to discuss the impact of this agenda on the Portuguese educational reality by examining the policy in practical state, that is, appropriation mechanisms in the organizational space and their relationship with the cultural specificity of the school. In the light of this approach, I intend to understand how the school culture locally redefines its educational mission, adjusting it to the democratic and egalitarian purposes and/or to requirements of promoting excellence and merit. Assuming that the cultural dimensions play a central role in the recontextualization of educational policies, I have sought to identify in the Portuguese education system the scope of one of the most significant rituals of the school’s mission: the rituals of distinction of the best students. Following the content analysis of about 1500 documents produced in the context of public schools with secondary education, I have made a national mapping of distinction rituals. The findings point to a strong adherence of institutions with secondary education to rituals of distinction or of public recognition of merit. However, neither its configuration nor its selection criteria have a uniform character, which indicates the existence of different concepts of excellence, which result from the different school cultures and their role in defining each school’s policy and success criteria.
  • Trajetórias truncadas, trabalho e futuro: jovens fora de série na escola pública de ensino médioI Dossiê - A escola: entre o reconhecimento, o mérito e a excelência

    Carrano, Paulo Cesar Rodrigues; Marinho, Andreia Cidade; Oliveira, Viviane Netto Medeiros de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo discute resultados da etapa quantitativa da pesquisa Jovens fora de série: trajetórias truncadas de estudantes do ensino médio na cidade do Rio de Janeiro. A investigação tem como objetivo geral depreender e compreender trajetórias de escolarização e percursos biográficos de jovens estudantes de ensino médio de escolas públicas que se encontram em situação de defasagem escolar. Neste artigo, apresenta-se o perfil que emerge da aplicação do questionário estruturado a um universo de 593 jovens. A amostra exploratória e não probabilística foi distribuída entre 14 escolas localizadas nas zonas sul, centro, oeste e norte da cidade do Rio de Janeiro. Os jovens participantes da pesquisa fazem parte de classes de Educação de Jovens Adultos (EJA) e do programa de correção de fluxo denominado Autonomia. Enfoque especial de análise é dado à combinação entre trabalho, estudo e constituição de projetos de futuro. Verificou-se que o abandono escolar cria mais problemas para o fluxo da escolarização do que as reprovações. Os dados apontam para a existência de uma superposição entre os tempos de trabalho e escola na vida dos jovens. Nesse sentido, ocorre um duplo efeito do trabalho nas trajetórias dos estudantes. Se, por um lado, trabalhar e estudar representam um desafio para a continuidade dos estudos sem truncamentos do fluxo da escolarização, por outro, a experiência de trabalho cria disposições relacionadas com a independência, a conquista da autonomia e o delineamento de projetos de futuro.

    Abstract in English:

    Abstract This paper discusses the results of the quantitative step of the researchYouths behind grade: truncated trajectories of senior high-school students in the city of Rio de Janeiro. The investigation has the general purpose of learning and comprehending schooling trajectories and biographical paths of young students in senior high-school from public schools who in a grade below of they are expected. Here, we present the profile that emerges from the application of a structured questionnaire to a universe of 593 youths. The sample is exploratory and not probabilistic and was distributed among 14 schools located in the South, Downtown, West and North areas of the city of Rio de Janeiro. Young participants in the study attend classes in the so-called Young and Adult Education (EJA) and in the flow-correcting program named Autonomy. A special focus in the analysis is given to the combination of work, study and the formation of projects for the future. We have found that school drop-out creates more problems for the schooling flow than failure. Data points to the existence of an overlapping between the times of work and school in the life of these young people. Thus, there is a double effect of the work onto the students´ trajectories. If, on one hand, working and going to school mean a challenge for the continuation of studies without truncating the schooling flow, on the other hand, the experience of work creates dispositions associated with independence, the achievement of autonomy and the outlining of projects for the future.
  • Transnacionalismo, juventude rural e a busca de reconhecimento Dossiê - A escola: entre o reconhecimento, o mérito e a excelência

    Alves, Maria Zenaide; Dayrell, Juarez Tarcísio

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este texto trata de uma parcela da juventude brasileira contemporânea que tem vivenciado singularidades no processo de transição para a vida adulta ocasionadas pelas migrações internacionais. São jovens moradores de um município rural marcado pelo transnacionalismo. Nosso objetivo é problematizar a condição juvenil nesse contexto, buscando evidenciar os elementos empíricos do transnacionalismo e sua influência na vida dos jovens, na transição para a vida adulta e na busca de reconhecimento. Os dados utilizados na análise são resultados de um estudo com jovens de famílias transnacionais, aqui identificados como filhos da migração. O estudo foi desenvolvido entre 2009 e 2013 por meio de uma etnografia, utilizando como principais formas de coleta de dados a observação direta e participante. A pesquisa de campo foi desenvolvida durante oito meses, em um município rural da região mineira de Governador Valadares, quando também foram aplicados questionários e entrevistas individuais e coletivas. Os resultados apresentados neste artigo evidenciam: as principais características do transnacionalismo nesse local de origem das migrações internacionais; aspectos da condição juvenil, das famílias transnacionais, da transição para a vida adulta e a busca dos jovens por ser alguém na vida, compreendida como expressão da busca por reconhecimento.

    Abstract in English:

    Abstract This work is concerned to a part of the Brazilian contemporary youth which has been experiencing singularities in the process of reaching adulthood due to occasional international migration. They are young people allocated in a rural district marked by transnationalism. Our purpose is to question the youth condition in this context, aiming at showing the empirical elements of transnationalism and its influence in the life of these young people, in regards to their transition to adult life, as well as their search for recognition. The data used in the analysis was taken from the results achieved in a study with young people from transnational families, here identified as Sons of migration. Such study was developed during the years of 2009 to 2013 by means of ethnography, in which the main procedures used were data collection and direct and participant observation. The field research was developed during eight months, in a rural district in the region of Governador Valadares, Minas Gerais, where questionnaires and personal and collective interviews were also conducted. The results to be presented in this article show, firstly, the main characteristics of transnationalism in this place of international migration, as well as features of their youth condition, transnational families, transition to adulthood, and, last but not least, these young people’s willingness to be someone, which is interconnected to their search for recognition.
  • Una revolución neoliberal: la política educacional en Chile desde la dictadura militar Dossiê - A escola: entre o reconhecimento, o mérito e a excelência

    Aguilera, Natalia Slachevsky

    Abstract in Spanish:

    Resumen El artículo propone una lectura analítica del sistema educacional chileno a partir de la dictadura cívico-militar, encabezada por Augusto Pinochet (1973-1990), en la que se transforma el modelo social, económico y político del país, imponiendo un Estado neoliberal incluso antes de que este modelo se vislumbrara como el horizonte en el resto de la región. Se recorre el proceso de transformación del sistema de educación chileno, los cambios en la morfología del sistema escolar y sus consecuencias, así como la consolidación de esta matriz durante los gobiernos democráticos de la coalición de centro izquierda, la Concertación (1990-2010). Si bien el desarrollo de este proyecto educacional se inicia con fuertes tensiones ideológicas entre el catolicismo y el liberalismo, estos logran converger en el principio de libertad de enseñanza. Bajo esta premisa, se articulan numerosas reformas que dan forma a un sistema educacional neoliberal. En consecuencia, se dará cuenta de la configuración de un nuevo orden educativo, hoy arraigado en la sociedad chilena, en el que la educación se establece como un bien individual bajo la égida de la competencia generalizada, el objetivo de la eficiencia y la cultura de la evaluación. Este artículo surge en el marco del desarrollo de mi tesis doctoral y se basa principalmente en el análisis de literatura académica y textos oficiales.

    Abstract in English:

    Abstract This article presents an analytical reading of the Chilean education system since the civic military dictatorship, led by Augusto Pinochet (1973-1990), in which the social, economic and political systems of the country are transformed by imposing a neoliberal State even before such model was glimpsed as the horizon in the rest of the region. It reviews the transformation process of the Chilean education system, the changes in the morphology of the school system and their consequences, as well as the consolidation of this matrix during the democratic governments of the center-left coalition, “La Concertación” (1990-2010). Even though the development of this education project starts with strong ideological tensions between Catholicism and liberalism, they manage to converge in the principle of freedom of teaching. Under this premise, several reforms are implemented in order to shape a neoliberal education system. Consequently, the configuration of a new educational order will be discussed, ingrained in the Chilean society nowadays, in which education is considered an individual good under the aegis of general competition, efficiency objectives and the evaluation culture. This article emerges within the framework of the development of my PhD and it is mainly based on the analysis of academic literature and official documents.
  • Between engagement and renouncement: academic excellence in high performance state schools Dossiê - A escola: entre o reconhecimento, o mérito e a excelência

    Quaresma, Maria Luísa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A excelência é um dos conceitos-chave da nova retórica educativa. Este artigo procura refletir sobre as representações sociais de excelência partilhadas por diretores e alunos dos dois últimos anos do ensino médio de duas escolas públicas de alto rendimento localizadas em Santiago do Chile, capital de um dos países do mundo mais permeável às lógicas de mercantilização da educação. Propõe-se ainda a dar conta dos custos que a demanda da excelência envolve, em termos emocionais e de gestão dos tempos de lazer e de sociabilidade. Num primeiro momento, caracterizar-se-á o sistema educativo chileno e discutir-se-á o polissémico conceito de excelência, desde as concepções mais performativas às mais enfocadas nos projetos de formação integral. A abertura do sistema educativo do Chile à privatização, avaliação e accountabilitydeixaria prever uma forte adesão à vertente acadêmica da excelência por parte dos agentes educativos dessas escolas. No entanto, os dados recolhidos através de técnicas intensivas e extensivas (entrevistas individuais com equipes diretivas e estudantes e grupos de discussão e inquéritos por questionário com alunos) revelam percepções matizadas, com os estudantes a integrarem mais vincadamente, na sua representação social de excelência, dimensões não performativistas e utilitaristas. Quanto ao modo como os alunos vivenciam a demanda da excelência, prevalecem os testemunhos de estados de ansiedade e estresse, em alguns casos de elevada gravidade, e os relatos de uma sobrecarga diária com as tarefas acadêmicas, a qual não deixa o necessário espaço para o estabelecimento das redes de sociabilidade e lazer que são parte integrante da identidade juvenil.

    Abstract in English:

    Abstract Excellence is a key-concept of the new educational rhetoric. This paper aims at reflecting on social representations of excellence shared by principals and students attending the last two years of secondary education in two high performance state schools located in Santiago (Chile), the capital of one of the most permeable countries to the commodification of education. It also aims at reflecting on the costs of pursuing excellence, concerning emotional dimension and free time to leisure and sociability. Firstly, we will characterize the Chilean educational system and we will discuss the polysemic concept of excellence, from the most performative definitions to those focused on a holistic perspective of education. Due to the openness of the Chilean educational system to privatization, evaluation and accountability, we would predict that these schools’ educational agents would share a strong attachment to the academic dimension of excellence. However, based on data collected through intensive and extensive techniques (individual interviews with school management teams and students and focus groups and surveys with students), we find evidence that students share nuanced perceptions and that they markedly do not include performative and utilitarian dimensions in their social representations of excellence. Concerning the way how students experience the pursuit of excellence, their speeches have revealed anxiety and stress disorders, often very severe, and also a busy daily workload, due to heavy academic tasks that do not allow them the essential free time to establish the networks of sociability and leisure that are part of youth identity.
  • School and merit: reflections from the Chilean experience Dossiê - A escola: entre o reconhecimento, o mérito e a excelência

    Araujo, Kathya; Martuccelli, Danilo

    Abstract in Spanish:

    Resumen Este artículo discute la importancia y centralidad que ha adquirido el mérito en la sociedad chilena hoy, enfocándose principalmente en sus efectos asociados con la experiencia educacional. El argumento es desarrollado en tres pasos. Luego de una presentación del contexto histórico y de las transformaciones sociales que dan cuenta de su expansión, se analizan sobre todo las maneras en que el reconocimiento del mérito es distintamente evaluado en las diferentes etapas de la trayectoria escolar por las clases medias y los sectores populares. En un tercer momento, se muestra de qué manera a través del extendido recurso a las redes sociales y a los contactos interpersonales, la expansión del mérito se acompaña del surgimiento de un nuevo horizonte de injusticia social. El artículo pone en evidencia, así, a la vez el fuerte consenso en torno al valor del mérito en Chile y los sentimientos de injusticia y frustración que ello engendra en los individuos. La discusión presentada se basa en los resultados de dos estudios cualitativos. La primera investigación se desarrolló en las ciudades de Santiago, Concepción y Valparaíso, entre 2007 y 2009, a través de alrededor de un centenar de entrevistas a hombres y mujeres de entre 30 y 55 años, pertenecientes la mitad de ellos a sectores populares urbanos y la otra mitad a las clases medias y medias-altas. La segunda investigación, en curso, aportó al análisis dieciséis entrevistas hechas en Santiago, a lo largo del 2014, a partir de las cuales se profundizó la problemática del mérito.

    Abstract in English:

    Abstract This article discusses the importance and centrality that merit has in Chilean society today, focusing on its multidirectional relationships to the educational realm. Our argument will be developed in three steps. Firstly, we will present the historical context of the social transformations that are to be related with the expansion of the principle of merit in this society. Secondly, we will analyze the manners in which the recognition of merit is evaluated at each of the different stages of school trajectories by members of middle and popular sectors. Finally, we will describe and discuss the way in which, due to the maintained impact of social networks and interpersonal contacts, the expansion of merit is closely related to the emergence of a new horizon of social injustice. Consequently, the article evidences that, concerning the expansion of the principle of merit in Chile, we face a twofold process: the emergence of a strong consensus about the value of merit, and the widespread sentiments of injustice and frustration that it produces in individuals. This discussion is based upon the findings of two qualitative studies. The first one was developed between 2007 and 2009 in Santiago, Concepción and Valparaíso cities, in Chile. About one hundred interviews were held with men and women aged 30 to 55 years of middle and popular sectors. The second, an ongoing study, provided our analysis with sixteen interviews, which were carried out in Santiago in 2014, and enabled us to further analyze the merit theme.
  • Apresentação Dossiê - Estranhos... Abjetos... Cobiçados... Construídos: corpos, desejos e educação

    Ferrari, Anderson

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A proposta deste dossiê nasceu da minha circulação como membro de diferentes espaços acadêmicos de produção e divulgação de pesquisas em educação, especialmente no Grupo de Trabalho 23 da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped) – Gênero, Sexualidade e Educação –, e na Associação Brasileira de Estudos da Homocultura (ABEH). Nesses encontros, percebia que cada vez mais, nos diferentes espaços acadêmicos, nas pesquisas, na mídia impressa e eletrônica, na publicidade, nos cursos de formação e nas preocupações que dizem de processos educativos, proliferam discursos e práticas de construção dos corpos. Também é recorrente a ideia de construção, o que faz com que essas ações de investimentos nos corpos sejam contraditórias, algumas vezes paradoxais, mas também repletas de relações de poder, prazer, desejos, de maneira que também tenhamos que falar de investimentos que são comemorados, fazendo com que os discursos e práticas também possam ser classificados como entusiasmados. Com isso, podemos dizer que o conhecimento do corpo, sobre o corpo e com o corpo é resultado de investimento, confronto, negociação e processos históricos, sempre relacionados aos desejos, medos, preocupações, sonhos de cada lugar, momento, cultura e grupo social. Estranhos, abjetos, cobiçados, construídos: corpos, desejos e educação é um dossiê que procura operar com esses pressupostos, dando lugar a diferentes configurações e funcionamento das sociedades ocidentais que nos convidam a explorar essas construções e valorizações que dizem dessas sociedades ocidentais e que as transformam, colocando sob suspeita os processos educativos dos sujeitos, assumindo-os como provisórios e contingentes.

    Abstract in English:

    Abstract The proposal of this dossier came from my circulation as a member of several academic places for the production and dissemination of research on Education, especially in the Work Group 23 of the National Association of Post-Graduation and Research in Education (Anped)–Gender, Sexuality, and Education –, and at the Brazilian Association of Homo-Culture (ABEH). In such meetings, I realized that more and more, in different academic milieu, in research, in the media, in advertisement, in training courses and in the preoccupations concerning the educative processes, there is a proliferation of discourses and practices that construct the bodies. The very idea of construction is recurrent, which makes these actions of body investments to be contradictory, sometimes paradoxical, but also full of power relations, pleasure, desires, so that we must also mention investments that are celebrated, making it possible to classify discourses and practices as enthusiastic. Thus, we may say that the knowledge of the body, about the body and with the body is the result of investment, confrontation, negotiation, and historical processes, always related to the desires, fears, concerns, dreams of each place, moment, culture, and social group. Weird, abject, coveted, constructed: bodies, desires, and education is a dossier that seeks to operate with these assumptions, making room for different configurations and the functioning of Western societies which invite us to explore these constructions and appreciations which speak of these societies and which change them, putting under suspicion the educative processes of individuals, taking them as temporary and contingent.
  • Thinking from another place, thinking the unthinkable: towards a queer pedagogy Dossiê - Estranhos... Abjetos... Cobiçados... Construídos: corpos, desejos e educação

    Trujillo, Gracia

    Abstract in Spanish:

    Resumen El reconocimiento de la diversidad ha asumido un papel crucial en lo que respecta a la educación debido a las transformaciones sociales que han tenido lugar en las llamadas democracias avanzadas. Ciertamente, el contexto multicultural y la preeminencia de las luchas por el reconocimiento de las diferencias (ya sean sexuales, de género(s), raciales, culturales, religiosas, etc.) son las dos características principales que podrían caracterizar las tendencias sociales actuales. No obstante, las diferentes concepciones de la diversidad, implícitas y no suficientemente cuestionadas, delimitan un área controvertida de debate. Teniendo en cuenta estas consideraciones, mi objetivo en este artículo es, por una parte, realizar una reflexión crítica sobre los límites y los retos que la diversidad de género y sexual representa en el ámbito educativo, y para la política actual; y, por otra, analizar las aportaciones que desde las teorías feministas y queer se vienen realizado en los últimos años y su valiosa contribución para la educación. El artículo concluye con unas notas sobre la(s) pedagogía(s) queer y los retos que plantean.

    Abstract in English:

    Abstract The recognition of diversity has assumed a crucial role with regards to education due to the social transformations that have been taking place in the so-called advanced democracies. Indeed, the multicultural context and the preeminence of the struggles for recognition of (sexual, gender, racial, cultural, religious, or other) differences are the two main characteristics of current social trends. However, the different implicit and insufficiently questioned conceptions of diversity delineate a controversial area of debate. With these considerations in mind, my aim in this article is, on the one hand, to make a critical reflection on the limits and challenges that sexual and gender diversity poses to the educational sphere, and to current politics; and, on the other, to analyze the valuable contributions drawn from feminist and queer theories and their importance to education in recent years. The article concludes with some notes on queer pedagogy and its challenges.
  • Teoria em ato: o que pode e o que aprende um corpo? Dossiê - Estranhos... Abjetos... Cobiçados... Construídos: corpos, desejos e educação

    Mossi, Cristian Poletti

    Abstract in Portuguese:

    Resumo No intuito de retomar a célebre pergunta feita por Spinoza – “O que pode um corpo?” –, o artigo sustenta sua problemática em torno da questão “O que pode e o que aprende um corpo?” Nesse sentido, procura-se percorrer algo que no texto é designado como uma teoria em ato. Para tanto, num primeiro momento, busca-se elucidar as possibilidades teóricas e os locais de fala utilizados operacionalmente para produzir tal construção. Apoia-se a noção de um corpo fendido, ou seja, um corpo que se abre para outras possibilidades de ser corpo, distantes das comumente instituídas (corpo autônomo, consciente, racional) e, desse modo, produz uma teoria em ato que não mais reconhece a clássica separação corpo versus mente (alma, pensamento). Em seguida, associa-se à referida questão-problema a prática do corpo-sem-órgãos, cunhada pelo dramaturgo francês Antoni Artaud em sua conferência radiofônica de 1947 (Pour en finir avec le jugement de dieu) e retomada por Deleuze e Guattari em sua ampla produção filosófica com o intuito de, desse modo, propor a ação de pensar como fluxo que atravessa os atos de ler e escrever em meio à vida enquanto esteiras de criação e invenção, ao passo que não somente representam, mas produzem realidades.

    Abstract in English:

    Abstract With the purpose of resuming the notorious question asked by Spinoza –What can a body do? –, this paper supports the assertion of What can a body do and what does it learn? Thus, I attempt to cover what in the text is designated as a theory in act. For such, at a first stage, I try to elucidate the theoretical possibilities and the places of speech operationally utilized to produce such construction. I support the notion of a cracked body, that is, a body that opens itself to other possibilities of being a body, away from the commonly instituted manners (autonomous, conscious, rational body) and, as a result, a theory in act is produced which no longer acknowledges the classical separation of body against mind (soul, thinking). Next, the issue-problem is referred to the practice of the organ-less-body, minted by French playwright Antoni Artaud in radio broadcast conference in 1947 (Pour en finir avec le jugement de dieu) and resumed by Deleuze and Guattari in their wide philosophical production with the purpose of, consequently, propose the action of thinking as a flow that goes through the acts of reading and writing amidst life taken as tracks of creation and invention, while they not only represent but also produce realities.
  • Esquadrinhando corpos abjetos: as homossexualidades nas redes de enunciações científicas Dossiê - Estranhos... Abjetos... Cobiçados... Construídos: corpos, desejos e educação

    Magalhães, Joanalira Corpes; Ribeiro, Paula Regina Costa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Para compreender a homossexualidade, na procura de suas possíveis causas e com intuito de trazer os sujeitos para a norma, explicações, teorias, investigações e estudos de diferentes campos do saber vêm posicionando os/as homossexuais como sujeitos que apresentam algo diferente em seus corpos. Nessa direção, este artigo apresenta algumas análises a respeito da rede de enunciações de ordem biológica, presente em artigos científicos, os quais vêm esmiuçando os corpos de homens e mulheres, a fim de produzir explicações acerca das possíveis causas e origens da homossexualidade. São analisados artigos disponíveis no banco de dados Science Direct, por meio de algumas ferramentas foucaultianas da análise do discurso. A rede de enunciações presente no material empírico constitui-se em dois enunciados: há métodos examinadores apropriados para os sujeitos homossexuais; e a causa da homossexualidade estaria na matriz biológica dos corpos de homens e mulheres. Os estudos analisados, ao pautar a construção de saberes no exame do corpo em sua minúcia, ao compará-lo com outros corpos e ao buscar descobrir neste uma origem biológica da homossexualidade, acabam por instituir e determinar o sujeito homossexual como o que desvia, que foge ao desenvolvimento considerado normal. Essa (re)produção constante do/a homossexual como anormal, um desvio a ser identificado, gera preconceitos, maneiras de definir e perceber esses sujeitos como abjetos a serem corrigidos.

    Abstract in English:

    Abstract In order to understand homosexuality, in the search for its possible causes and aiming to bring these subjects to normal standards, explanations, theories, investigations and studies from multiple fields of the knowledge have been positioning homosexuals as subjects that present something unusual in their bodies. In this direction, this article presents some analysis about the network of enunciations from the biological order, present in scientific articles, which have been scrutinizing men’s and women’s bodies, intending to produce explanations about the possible causes and origins of homosexuality. Articles available at the Science Direct database are analyzed through some foucauldian tools of the speech analysis. The enunciations network present at the empirical data constitutes two statements: there are proper examining methods to homossexual subjects, and the cause of homosexuality would be in the biological matrix of the bodies of men and women. The analyzed studies, while guiding the construction of knowledge in the detailed investigation of the body in its minutiae, comparing it to other bodies and looking to “discover” a biological origin for homosexuality, ends up establishing and determining the homosexual subject as the one who deviates, runs away from the development considered normal in the population. This constant (re)production of the homossexual as abnormal, a deviation to de identified inside the population, ends up generating prejudice, means to define and acknowledge this subject as abjects to be corrected.
  • Violências e direitos humanos em pesquisa com crianças Dossiê - Estranhos... Abjetos... Cobiçados... Construídos: corpos, desejos e educação

    Xavier, Constantina

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O objetivo do artigo é apresentar os caminhos trilhados na pesquisa com crianças nos anos de 2012 e 2013, em uma escola pública municipal de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, bem como ouvir as vozes das crianças sobre as temáticas da violência e direitos humanos. Os referenciais teóricos foram os dos estudos de gênero e dos estudos culturais. Os pressupostos metodológicos foram os da pesquisa com crianças com as seguintes estratégias: encontros semanais com grandes grupos, da sala toda, e encontros com pequenos grupos. No artigo, priorizamos as ações realizadas na primeira etapa do projeto, nos encontros dos grandes grupos, para a produção escrita e desenhada das crianças em atividades que versaram as seguintes questões: violência contra criança; como cuido do meu corpo e o protejo; perigos de meninos e meninas dentro e fora de casa; direitos das crianças e violência dentro e fora da escola. As crianças demonstraram inicialmente ter poucos argumentos para falar sobre as situações de violência já presenciadas, mas aos poucos foram encontrando espaços para pensar a respeito e condições de serem ouvidas. Começaram a perceber a fertilidade das discussões e passaram a entender que muitas crianças estão em situação de vulnerabilidade e que necessitam conhecer seus direitos para poder se proteger. As temáticas da violência e dos direitos humanos foram pulsantes e nos fizeram pensar que as crianças querem discutir esses assuntos; no entanto, nem sempre encontram espaço para isso, sobretudo na escola.

    Abstract in English:

    Abstract This article aims to present the paths trodden in research with children in 2012 and 2013 in a public school of Campo Grande city, Mato Grosso do Sul state, as well as the voices of children on issues of violence and human rights. The theoretical framework was gender studies and cultural studies. The methodological assumptions were those of the research on children, using the following strategies: weekly meetings with large groups, meetings with the whole classroom, and meetings with small groups. In the article, we have prioritized the actions of the first stage of the project in meetings with large groups when children produced texts and drawings on the following issues: violence against children; how I take care of my body and how I protect it; hazards for children in and outside home; children’s rights and violence in and outside school. Initially children had few arguments to discuss violence situations that they had witnessed, but gradually found room for thinking about them and for being heard. They realized the fertility of the debates and came to understand that many children are in vulnerable situations and they need to understand their rights in order to protect themselves. Violence and human rights were pressing themes and led us to think that children want to discuss these matters; however, they do not always find room for it, especially in schools.
  • Gender, sexuality and age: Heteronormativy in pedagogical practices of Physical Education in schools Dossiê - Estranhos... Abjetos... Cobiçados... Construídos: corpos, desejos e educação

    Dornelles, Priscila Gomes; Dal’Igna, Maria Cláudia

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O artigo analisa a produção da (hetero)normalização do gênero e da sexualidade em articulação com a idade na trama da educação física escolar. Apresenta parte dos resultados de uma pesquisa que buscou analisar as práticas pedagógicas desenvolvidas por docentes que ministram aulas de educação física em escolas estaduais distribuídas em sete cidades dos nove municípios que compõem a região do Vale do Jiquiriçá (BA). Para acessar esses sujeitos, foi realizado um seminário de formação de professores e utilizaram-se grupo focal e entrevistas como estratégias metodológicas. Tomando como referências teórico-metodológicas e políticas os estudos feministas pós-estruturalistas, a teoriaqueer e os estudos foucaultianos, discute-se como a dimensão cronológica é tratada de forma fixa e etapista e torna-se definidora do que se pode conhecer e de como se pode conhecer na escola. A pesquisa aponta para certa conexão, por vezes contínua e, em outros momentos, descontínua, entre gênero, sexualidade e idade nas aulas de educação física da região investigada. Por um lado, docentes indicam que a sexualidade se manifesta na escola desde cedo, ainda na infância, em função de fatores regionais, e de forma exacerbada nos meninos. Por outro lado, a idade cronológica dos corpos dos estudantes funciona como uma norma regulatória quando se trata dos temas da sexualidade, o que contribui para reforçar a promoção/assunção do pressuposto sexo-gênero-prática heterossexual como natural a partir da adolescência.

    Abstract in English:

    Abstract This article analyzes the production of (hetero)normalization of gender and sexuality in conjunction with age in Physical Education in schools. It presents some findings of a study that sought to analyze the pedagogical practices of teachers of Physical Education in state schools located in seven of the nine municipalities of Vale do Jiquiriçá, Bahia state, Brazil. To access these subjects, we conducted a teacher education seminar and used focus groups and interviews as methodological strategies. Taking as theoretical, methodological and political references feminist poststructuralist studies, queer theory and Foucauldian studies, we discuss how the chronological dimension is treated in a fixed and stagist way and defines what can be known in school and how. The research points to a sometimes continuous and sometimes discontinuous connection between gender, sexuality and age in the Physical Education classes of the region investigated. On the one hand, teachers indicate that sexuality is manifested in school early on, in childhood, due to regional factors, and in an exacerbated form in boys. On the other hand, the chronological age of the bodies of students works as a regulatory norm when it comes to sexuality themes, which contributes to enhance the promotion of the sex-gender-heterosexual practice assumption as natural from adolescence onwards.
  • A autoavaliação pode fazer diferença na qualidade da educação: conversando com John MacBeath Entrevista

    Caramelo, João; Terrasêca, Manuela; Kruppa, Sonia Maria Portella

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Em uma época em que se tornam avassaladoras as influências das avaliações externas de escolas sobre os sistemas nacionais de educação, a escola pública e a qualidade da educação, é premente ouvir um conceituado e autorizado investigador que defende a necessidade de investir crítica e implicadamente em processos de autoavaliação. John MacBeath, professor emérito da Universidade de Cambridge, e consultor de diversos organismos internacionais, designadamente, Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) e Organização Internacional do Trabalho (OIT), tem vasta experiência de trabalho e pesquisa em avaliação de escolas e estudos sobre eficácia e melhoria da escola. Na entrevista, John MacBeath refere-se ao projeto europeu desenvolvido no quadro do Programa Sócrates, denominado Avaliação da qualidade na educação escolar, que levou à construção de um instrumento de autoavaliação, o Perfil de Autoavaliação da Escola (PAVE). A sua defesa da relevância e imprescindibilidade da autoavaliação reside na convicção de que qualquer avaliação tem de ser capaz de compreender a cultura da escola, escutar as vozes dos seus protagonistas – os pais, os alunos e os professores –, dar conta de consonâncias e de discordâncias, o que exige um tempo que um visitante/inspetor externo não tem. Para MacBeath, a escola apenas pode promover a sua melhoria a partir do seu interior, pelo trabalho reflexivo e crítico de todos os seus membros. Não menos importante é a sua referência aos efeitos que o Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA) tem provocado, já que em vez de ajudar a diluir as distâncias entre os países, inspirou a competição e exacerbou as desigualdades, criando uma legião de alunos sem esperança.

    Abstract in English:

    Abstract At a time when the influence of schools external evaluations on national systems of education and on the public school and the quality of education becomes overwhelming, it is urgent to hear a reputable researcher who argues for the need to invest in critical and implicated self evaluation processes. John MacBeath, Emeritus Professor at the University of Cambridge, and consultant for several international organizations, notably the Organisation for Economic Co-operation and Development (OECD), United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization (UNESCO), and International Labour Organization (ILO), has extensive experience and research on school evaluation and studies on school effectiveness and improvement. In this interview, John MacBeath refers to the European project developed in the scope of the Socrates program, untitledQuality Assessment in Schools, which led to the construction of a self-evaluation tool, the Self-Evaluation Profile (SEP). His defense of the relevance and indispensability of self-evaluation lays in the conviction that any evaluation must be able to understand the culture of the school, to listen to the voices of school actors – parents, students and teachers –, to give account of agreements and disagreements, which requires a time that a visitor / external inspector does not have. For John MacBeath, the school can only promote its improvement from the inside, by the reflective and critical work of all its members. No less important is the reference to the effects of PISA, since, instead of helping to dilute the distances between countries, it has inspired competition and exacerbated inequalities, creating a legion of no hopers among students.
Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Av. da Universidade, 308 - Biblioteca, 1º andar 05508-040 - São Paulo SP Brasil, Tel./Fax.: (55 11) 3091-3525 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revedu@usp.br