DIRIGINDO O OLHAR PARA O EFEITO ESTUFA NOS LIVROS DIDÁTICOS DE ENSINO MÉDIO: É SIMPLES ENTENDER ESSE FENÔMENO?

A GLANCE AT THE GREENHOUSE EFFECT IN HIGH SCHOOL TEXTBOOKS: IS IT SIMPLE TO UNDERSTAND THIS PHENOMENON?

Anderson Cezar Lobato Cristina Neres da Silva Rochel Montero Lago Zenilda de Lourdes Cardeal Ana Luiza de Quadros Sobre os autores

Resumos

Os livros didáticos, pela disponibilidade e acesso, são uma fonte importante de pesquisa para o professor de Ensino Médio, ao selecionar conteúdos e preparar suas aulas. Na tentativa de se adaptarem às novas tendências educacionais, esses livros vêm inserindo textos e assuntos que discutem os problemas vivenciados pela sociedade em geral. Nos livros de Química, um assunto que se faz presente é o Efeito Estufa. Analisou-se, neste trabalho, o tratamento e o aprofundamento dado a esse tema. Uma visão muito simplista do fenômeno foi percebida e, por isso, algumas sugestões foram incorporadas neste trabalho.

Ensino de química; efeito estufa; livros didáticos


Widely available textbooks are an important source of research for high school teachers for both content selection and class preparation. As an attempt to adapt to new educational trends, these textbooks have introduced texts and subjects relevant for the discussion of current problems of the modern society. In the chemistry textbooks the Greenhouse Effect is one of these subjects. The aim of this work is to analyze the elements and discussion given in the textbooks on this topic. It was observed in general a simplistic treatment given to greenhouse effect and in order to improve the texts analyzed some suggestions are made.

Chemical education; greenhouse effect; textbooks


Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

  • APPLE, M. W. Trabalho docente e textos: economia política das relações de classe e de gênero em educação. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.
  • AULER, D.; STRIEDER, D.M.; CUNHA, M. B. O enfoque ciência-tecnologia-sociedade como parâmetro e motivador de alterações curriculares. Atas do I Encontro Nacional de Pesquisadores em Ensino de Ciências. Águas de Lindóia: 1997. p. 187 -192.(1997)
  • BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio: Bases Legais. Brasília: MEC/SEMTEC, 1999a.
  • BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio: Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília: MEC/SEMTEC, 1999b.
  • BRASIL. Plano Decenal de educação para Todos (1993-2003). Brasília: MEC, 1993.
  • BRASIL. Ministério da Educação e Desportos. Programa Nacional do Livro do Ensino Médio. Brasília, DF, 2005.
  • FRACALANZA, H. O que Sabemos sobre os Livros Didáticos para o Ensino de Ciências no Brasil. 1993. Tese (Doutorado) - UNICAMP, Campinas, 1993.
  • FREITAG, B. et al. O livro didático em questão. 2a ed. São Paulo: Cortez, 1993.
  • LAJOLO, M. Livro Didático: um (quase) manual de usuário. Em Aberto. Brasília, ano 16, n. 69, jan./mar. 1996.
  • MORTIMER, E. F. A Evolução dos Livros Didáticos de Química destinados ao ensino secundário.. Em Aberto Brasília, ano 7, n.40, out./dez. 1988.
  • NASCIMENTO, T. G. e SOUZA, S. C. de. (2005) A produção sobre divulgação científica em eventos de ensino de ciências: vislumbrando tendências. In: V ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS. Atas do V Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Bauru: 2005.
  • PIMENTEL, J. R. Livros didáticos de Ciências: a Física e alguns problemas. Caderno Catarinense de Ensino de Física, Florianópolis, v.15, n. 3, p. 308-318, 1998.
  • PEREIRA, O. da S. (1997) Raios cósmicos: introduzindo física moderna no 2°grau. Dissertação (Mestrado Ensino de Ciências) Instituto de Física e Faculdade de Educação - USP, São Paulo, 1997.
  • PRETTO, N. D. L. (1983) Os livros de ciências de 1a à 4a séries do 1° grau. Dissertação de Mestrado - Universidade Federal da Bahia, Salvador, 1983.
  • SPONTON, F. G. A metodologia nos livros didáticos de ciências (5a. a 8a. séries do ensino fundamental), Bauru: UNESP, 1999.
  • SORRENTINO, M.; TRAJBER, R.; BRAGA, T. Cadernos do III Fórum de Educação Ambiental. São Paulo: Gaia, 1995.
  • VIEZZER, M. L. e OVALLES, O. Manual latino-americano de Educação Ambiental. São Paulo: Gaia, 1994.

LIVROS ANALISADOS

  • FELTRE, R. Química. 6.ed. São Paulo: Moderna, 2004.
  • NOVAIS, V. L. D. Química (volume 2). São Paulo: Atual, 1999.
  • PERUZZO, F. M. e CANTO, E. L. Química na Abordagem do Cotidiano. 3.ed. São Paulo: Moderna, 2003.
  • REIS, M. Completamente Química: química geral. São Paulo: FTD, 2001.
  • SANTOS, W. L. P.; MÓL, G. S.; MATSUNAGA, R. T.; DIBS, M. F.; CASTRO, E. N. F.; SILVA, G. S.; SANTOS, S. M. O. e FARIAS, S. B. Química & Sociedade. 1. ed. São Paulo: Nova Geração, 2005.
  • SILVA, E. R.; NÓBREGA, O. S. e SILVA, R. H. Química Transformações e Aplicações (volume 3). 1.ed. São Paulo: Ática, 2001.
  • USBERCO, J. e SALVADOR, E.. Química 7.ed. São Paulo: Saraiva, 2006.

  • 1
    Todos os destaques do item b e, posteriormente, do item d, em negrito, nas citações, são nossos.
  • 2
    Anderson Cezar Lobato - Estudante do curso de especialização ENCI - Ensino por Investigação. CECIMIG/FaE/UFMG.
  • 3
    Cristina Neres da Silva - Licenciada em Química. pelo Departamento de Química/ICEx/UFMG.
  • 4
    Rochel Montero Lago - Professor de Química Inorgânica do Departamento de Química - ICEx - UFMG.
  • 5
    Zenilda de Lourdes Cardeal - Professora de Química Analítica do Departamento de Química - ICEx - UFMG.
  • 6
    Ana Luiza de Quadros - Professora de Ensino de Química do Departamento de Química - ICEx - UFMG.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Jun 2009

Histórico

  • Recebido
    25 Fev 2008
  • Aceito
    17 Abr 2008
Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais Av. Antonio Carlos, 6627, CEP 31270-901 Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, Tel.: (55 31) 3409-5338, Fax: (55 31) 3409-5337 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: ensaio@fae.ufmg.br