Comorbidades psiquiátricas em dependentes químicos em abstinência em ambiente protegido

Psychiatric comorbidities in abstinent drug addict in a protected environment

Adriana Raquel Binsfeld Hess Rosa Maria Martins de Almeida André Luiz Moraes Sobre os autores

O objetivo desta pesquisa foi verificar a frequência de comorbidades psiquiátricas, utilizando Mini International Neuropsychiatric Interview, em diferentes grupos de dependentes químicos em abstinência, em ambiente protegido, classificados de acordo com o tipo de droga utilizada: (1) grupo controle (n = 37); (2) dependentes em abstinência de álcool (n = 8); (3) dependentes em abstinência de álcool, maconha e crack/cocaína (n = 24); e (4) dependentes em abstinência de múltiplas substâncias psicoativas (n=25), ou seja, indivíduos que faziam uso de vários tipos de drogas sem apresentar uma droga de escolha. Participaram 94 homens, com idade média de 30,41 anos (DP = 9,88). O período de abstinência variou entre 30 e 240 dias. A maioria dos participantes tinha baixa escolaridade e era solteira. Os resultados apontaram maior ocorrência de psicopatologias e risco de suicídio nos grupos formados por pacientes com histórico de consumo múltiplo de substâncias, sugerindo a importância da avaliação de outros transtornos associados à dependência química.

drogas; comorbidades; transtornos psiquiátricos; população masculina


Programa de Pós-graduação em Psicologia e do Programa de Pós-graduação em Psicobiologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Caixa Postal 1622, 59078-970 Natal RN Brazil, Tel.: +55 84 3342-2236(5) - Natal - RN - Brazil
E-mail: revpsi@cchla.ufrn.br