Reflexão social, controle percebido e motivações à adoção: características psicossociais das mães adotivas

Social reflection, perceived control, and motivation to adopt a child: psychosocial characteristics of adoptive mothers

A literatura mostra que a adoção é associada no imaginário social ao altruísmo e ao hedonismo dos adotantes. O objetivo deste estudo foi investigar algumas características psicossociais de mães adotivas, como as motivações à adoção, o nível de julgamento moral, as crenças de locus de controle e a percepção de apoio social. A amostra foi composta por 20 mães adotivas e 20 mães biológicas. Os dados foram coletados utilizando um questionário com itens psicossociais, o Sociomoral Reflection Objective Measure e a Escala Multidimensional de Locus de Controle de Levenson. Os resultados revelaram que 60% das participantes relacionaram a adoção a problemas de fertilidade, mas as análises não indicaram diferenças significativas entre o tipo de maternidade e as variáveis investigadas, à exceção do apoio social percebido. Os resultados sugerem novas direções às pesquisas sobre os fatores moderadores da adaptação psicológica das famílias adotivas.

adoção; julgamento moral; controle percebido


Programa de Pós-graduação em Psicologia e do Programa de Pós-graduação em Psicobiologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Caixa Postal 1622, 59078-970 Natal RN Brazil, Tel.: +55 84 3342-2236(5) - Natal - RN - Brazil
E-mail: revpsi@cchla.ufrn.br