Competência social e empatia: um estudo sobre resiliência com crianças em situação de pobreza

Social competence and empathy: study about resilience with children in poverty

O objetivo desse estudo foi avaliar a competência social e a empatia em crianças escolares que vivem em situação de pobreza. Participaram da pesquisa 100 crianças, de ambos os sexos, com idades entre seis e nove anos. Os instrumentos utilizados foram o Teste das Histórias Incompletas (THI) (Mondell & Tyler, 1981) e a Escala de Empatia (Bryant, 1982), que avaliaram, respectivamente, competência social e empatia. Os resultados demonstraram que as meninas são mais competentes socialmente e mais empáticas do que os meninos. Da mesma forma, as crianças mais empáticas tendem a ser mais competentes socialmente do que as outras. De um modo geral, os dados obtidos enfatizam a importância dessas duas características como fatores de proteção, contribuindo para a resiliência e adaptação.

Competência social; empatia; resiliência; pobreza


Programa de Pós-graduação em Psicologia e do Programa de Pós-graduação em Psicobiologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Caixa Postal 1622, 59078-970 Natal RN Brazil, Tel.: +55 84 3342-2236(5) - Natal - RN - Brazil
E-mail: revpsi@cchla.ufrn.br