Descritores de dor presentes nas narrativas de crianças em tratamento oncológico

Pain descriptors in narratives of children in oncological treatment

Descriptores del dolor en las narraciones de los niños en tratamiento oncológico

Resumo

A avaliação da dor em crianças necessita de um olhar específico voltado para sua descrição. Considerar aspectos do desenvolvimento cognitivo e linguístico é fundamental na interpretação da experiência dolorosa na população infantil. Trata-se de um estudo de qualitativo que teve como objetivo identificar os descritores de dor presentes nas narrativas de crianças em tratamento oncológico e compará-los aos presentes em um instrumento para adultos. Desenvolvido em um Centro de Oncohepatologia Pediátrico, no período de março a outubro de 2013. A população foi composta por 26 escolares, de ambos os sexos, com idade média de 8 anos e 7 meses. Os resultados apontam que, independentemente da idade, a utilização de reforços figurativos na comunicação oral é bastante presente como apoio na descrição da dor e revelam a necessidade da criação de instrumentos de avaliação de dor adequados às faixas etárias, de forma a facilitar as representações simbólicas em crianças.

Palavras-chave:
avaliação da dor; criança; questionário da dor de McGill; narrativa

Programa de Pós-graduação em Psicologia e do Programa de Pós-graduação em Psicobiologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Caixa Postal 1622, 59078-970 Natal RN Brazil, Tel.: +55 84 3342-2236(5) - Natal - RN - Brazil
E-mail: revpsi@cchla.ufrn.br