Construtivismo ou construcionismo? Contribuições deste debate para a Psicologia Social

Constructivism or constructionism? Contributions from this debate to Social Psychology

Ronald João Jacques Arendt Sobre o autor

Neste artigo serão discutidas duas abordagens contemporâneas da Psicologia, o Construcionismo e o Construtivismo, a primeira proveniente da Psicologia Social, a segunda da Psicologia do Desenvolvimento. Ainda que aparentemente conflitantes - o Construcionismo procura dar conta das construções que os indivíduos elaboram coletivamente, enquanto o Construtivismo busca dar conta da construção das estruturas cognitivas que o indivíduo elabora no decorrer do seu desenvolvimento -, o argumento do trabalho busca indicar que ambas as propostas teóricas se reportam aos princípios conceituais da filosofia pós-moderna: crítica ao acesso possível a uma realidade independente do indivíduo, rejeição de um enfoque cartesiano de investigação científica fundado no rigor e na objetividade. Entretanto, as análises efetuadas permitem concluir que os modelos considerados efetuam uma redução, seja para o nível social, seja para o individual. O artigo finaliza com uma tentativa de integração de ambos, como proposta de fugir ao desequilíbrio típico das teorizações na Psicologia Social que, tradicionalmente, sempre colocou ênfase ou no indivíduo ou no contexto em seus modelos teóricos.

construtivismo; construcionismo; psicologia social; filosofia pós-moderna


Programa de Pós-graduação em Psicologia e do Programa de Pós-graduação em Psicobiologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Caixa Postal 1622, 59078-970 Natal RN Brazil, Tel.: +55 84 3342-2236(5) - Natal - RN - Brazil
E-mail: revpsi@cchla.ufrn.br