Paradigma da ciência, do saber e do conhecimento e a educação para a complexidade: pressupostos e possibilidades para a formação docente

Paradigm of science, of wisdom and knowledge and education to the complexity: assumptions and possibilities for teacher training

Zita Ana Lago Rodrigues Sobre o autor

Centrando leituras sobre as bases teóricas do paradigma científico dominante, em seus fundamentos racionalistas-cientificistas, determinantes na ciência, no saber e nos conhecimentos trabalhados na escola, apresentamos a proposição de uma educação voltada para a complexidade. Tal proposição surge do chamado paradigma emergente, o qual visa superar as inércias e a reatividade tradicionais nos procedimentos de escolarização e de formação docente e caminhar em situações pró-ativas e em prótopias mobilizadoras para a implementação de ações curriculares e educativas que possibilitem uma formação mais aberta, flexível e inter-transcultural, que culmine com uma educação mais humana e convivencial.

Paradigmas; ciência e conhecimento; educação; complexidade; formação docente


Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Educar em Revista, Setor de Educação - Campus Rebouças - UFPR, Rua Rockefeller, nº 57, 2.º andar - Sala 202 , Rebouças - Curitiba - Paraná - Brasil, CEP 80230-130 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: educar.ufpr2016@gmail.com educar@ufpr.br