Inclusão excludente e utopia digital: a formação docente no Programa Um Computador por Aluno1 1 Este texto se constitui em desdobramento de tese de doutorado (ECHALAR, 2015) e de pesquisa financiada pelo Edital da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (FAPEG)/Universal 005/2012. (FIGUEIREDO, 2013). Esta última desenvolvida no contexto da Rede Goiana de Pesquisa em Políticas Públicas e Inclusão Digital (REPPID) / FAPEG e do Kadjót, cadastrado no Diretório do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq): <https://sites.google.com/site/grupokadjotgoiania/>.

Excluding inclusion and digital utopia: teacher formation in the Program A Computer for each Student

Adda Daniela Lima Figueiredo Echalar Joana Peixoto Sobre os autores

Resumo

Este artigo discute as questões que emergiram em uma pesquisa sobre a formação de professores para a inclusão digital via ambiente escolar no contexto do Programa Um Computador por Aluno no estado de Goiás. Estas questões são abordadas através da convergência de dois eixos temáticos: 1) a formação de professores e a 2) inclusão digital via ambiente escolar, com base em princípios do materialismo histórico-dialético. A contradição e a alienação são utilizadas para colocar em questão o conceito de inclusão digital e para demonstrar que o modelo formativo docente teve como pressupostos básicos a fragmentação e a hierarquização, baseando-se em uma racionalidade instrumental.

Palavras-chave:
materialismo histórico-dialético; formação de professores; inclusão digital via ambiente escolar; laptops educacionais; tecnologia e educação

Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Educar em Revista, Setor de Educação - Campus Rebouças - UFPR, Rua Rockefeller, nº 57, 2.º andar - Sala 202 , Rebouças - Curitiba - Paraná - Brasil, CEP 80230-130 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: educar.ufpr2016@gmail.com educar@ufpr.br
Accessibility / Report Error