Editorial

Prezados leitores, com este editorial apresentamos a segunda edição especial da Educar em Revista, neste ano de 2017, com o dossiê temático “Desigualdades educacionais e pobreza”, organizado pelos professores doutores Adriana Dragone Silveira, Andréa Barbosa Gouveia e Marcos Ferraz. Temática de suma importância para as discussões sobre a educação contemporânea, o dossiê é composto por oito artigos, como de praxe, tendo representatividade de instituições portuguesas (Universidade do Minho e Escola Superior de Educação Paula Frassinetti), inglesa (University of York), argentina (Universidad de Buenos Aires) e brasileiras (Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal do Ceará, Universidade Cidade de São Paulo, Universidade Federal de São Paulo, Universidade de Brasília, Universidade Federal do Paraná e Universidade Federal de Santa Catarina). Cabe aos organizadores a apresentação específica dos conteúdos temáticos do dossiê, e aos editores cabe o agradecimento pela colaboração minuciosa e de qualidade de cada um dos autores, visando à manutenção da alta qualidade já consolidada pela Educar em Revista.

Assim como na edição especial anterior, este número disponibiliza aos leitores, mais uma vez, dois artigos oriundos da demanda contínua do periódico, sendo o primeiro de autoria de Danilo Romeu Streck (Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Brasil), intitulado “Descolonizar a participação: pautas para a pedagogia latino-americana”, e o segundo de autoria de Jamilly Nicácio Nicolete (Centro Universitário Toledo, Brasil) e Jane Soares de Almeida (Universidade de Sorocaba, Brasil), intitulado “Professoras e rainhas do lar: o protagonismo feminino na imprensa periódica (1902/1940)”. Reconhecendo a qualidade de ambas as publicações, os editores agradecem aos autores pela colaboração.

Por fim, duas resenhas encerram a presente edição. A primeira, de autoria de Ana Lorena Bruel (Universidade Federal do Paraná, Brasil), dá visibilidade ao livro Le sens du placement. Ségrégation résidentielle et segregation scolaire, de Franck Poupeau e Jean-Christophe François, que se caracteriza como parte integrante da proposta do dossiê “Desigualdades educacionais e pobreza”. A segunda resenha, por sua vez, caracteriza a complementação da demanda contínua da Educar em Revista, sendo de autoria de André Coelho da Silva (Instituto Federal de São Paulo, Brasil), a partir do livro Becoming critical: education, knowledge and action research, dos australianos Wilfred Carr e Stephen Kemmis.

Neste mês de junho, tivemos a colaboração da equipe da Biblioteca Digital de Periódicos para a realização de algumas mudanças significativas no layout de todas as revistas da UFPR. Com base numa folha de estilos personalizada, a logomarca da Educar em Revista manteve o destaque em fundo vermelho, que se situa logo após o cabeçalho padrão institucional. A mudança de layout abrange também questões técnicas, possivelmente não tão perceptíveis à primeira vista, mas que tornam o conteúdo melhor adaptável a suportes móveis digitais, como tablets e smartphones, proporcionando, assim, uma melhor experiência de leitura.

Nesses termos, desejamos para esta edição um sucesso tão bom quanto tiveram as demais edições da Educar em Revista. Agradecemos novamente aos autores que colaboraram com este número e solicitamos à comunidade acadêmica a gentileza de uma ampla divulgação deste conteúdo.

Curitiba, agosto de 2017.

Prof. Dr. Cláudio de Sá Machado Jr.Prof. Dr. Ângelo Ricardo de Souza

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Jul-Sep 2017
Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Educar em Revista, Setor de Educação - Campus Rebouças - UFPR, Rua Rockefeller, nº 57, 2.º andar - Sala 202 , Rebouças - Curitiba - Paraná - Brasil, CEP 80230-130 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: educar.ufpr2016@gmail.com educar@ufpr.br