Formação profissional e modernização no Brasil (1930-1960): uma análise à luz das reflexões teórico-metodológicas de Lucie Tanguy

Professional education and modernization in Brazil (1930-1960): an analysis based on the theoretical and methodological considerations of Lucie Tanguy

Formation professionnelle et modernisation du Bresil (1930-1960): une analyse eclairee par les reflexions theorico-methodologiques de Lucie Tanguy

O termo modernização é constantemente empregado para caracterizar e justificar um conjunto de mudanças que podem ocorrer na sociedade, envolvendo diferentes grupos políticos e sociais. Foi a partir dessa perspectiva, destacada por Lucie Tanguy (2002), que desenvolvemos a pesquisa, centrada na identificação dos projetos de modernização em curso para a sociedade brasileira, expressos na organização do ensino técnico industrial entre 1930 e 1960. Três questões são apontadas por Tanguy ao analisar o projeto de modernização na França do século XX e sua relação com a Formação: "Quem promove tais mudanças? O que se promove? Como se promove?". Com base nessas questões, analisamos o contexto brasileiro, a partir da organização do ensino técnico industrial, tomando como referência a Escola Técnica de Curitiba, numa abordagem sócio-histórica, a partir das categorias analíticas formação e relações sociais de gênero.

ensino técnico; formação; modernização; relações de gênero


Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Av. Berttrand Russel, 801 - Fac. de Educação - Anexo II - 1 andar - sala 2, CEP: 13083-865, +55 12 99162 5609, Fone / Fax: + 55 19 3521-6710 / 6708 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistas.cedes@linceu.com.br