Letramento: uma discussão sobre implicações de fronteiras conceituais

Literacy: a discussion about implications of conceptual boundaries

Literacie: une discussion sur les implications de frontieres conceptuelles

Este artigo topicaliza um desconforto decorrente de alargamentos e circunscrições das fronteiras do conceito de letramento e defende que ambos os comportamentos incidem sobre a relevância conceitual do neologismo, tanto quanto têm implicações complexas no universo educacional. Esta abordagem contém a defesa do seguinte ponto de vista: a escrita é um processo com contornos socioculturais e econômicos de apropriação naturalística, contornos aos quais o fenômeno do letramento é sensível. Em se tratando das controversas relações entre letramento e alfabetização, defende-se a concepção de letramento como continente, tendo a alfabetização como um de seus conteúdos, o que não legitima sobreposições entre ambos os fenômenos nem tampouco expressões como alfabetização para o/com letramento.

língua escrita; letramento; alfabetização


Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Av. Berttrand Russel, 801 - Fac. de Educação - Anexo II - 1 andar - sala 2, CEP: 13083-865, +55 12 99162 5609, Fone / Fax: + 55 19 3521-6710 / 6708 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistas.cedes@linceu.com.br