As práticas socializadoras familiares como locus de constituição de disposições facilitadoras de longevidade escolar em meios populares

Socialization-fostering family practices as locus of constitution of dispositions to facilitate school longevity in popular milieus

Este trabalho aborda a problemática das formas de presença das famílias populares na escolarização dos filhos nos casos em que esses últimos logram permanecer no sistema escolar até o ensino superior. Na primeira parte desenvolvo uma revisão de estudos os quais, no campo da sociologia da educação e com base em pesquisas empíricas de porte, enfatizam que esses casos são explicados por uma forte mobilização das famílias. Em seguida, dialogando com outros estudos que sinalizam, em contrapartida, para o fato de que as práticas de mobilização escolar não constituem característica necessária dessas famílias, defendo a pertinência de se verticalizar na investigação das práticas socializadoras familiares, por considerá-las um terreno fértil para a localização de (outras) formas dessa presença, nesse caso pela via da constituição de disposições facilitadoras de longevidade escolar.

Longevidade escolar; Famílias populares; Relação família-escola; Disposições; Práticas socializadoras familiares


Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Av. Berttrand Russel, 801 - Fac. de Educação - Anexo II - 1 andar - sala 2, CEP: 13083-865, +55 12 99162 5609, Fone / Fax: + 55 19 3521-6710 / 6708 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistas.cedes@linceu.com.br