PROFESSORES DO PISA: A ESPERANÇA E A REALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO

Les enseignants du PISA: l'espoir et la réalisation de l'éducation

Daniel Pettersson Christina E. Molstad Sobre os autores

RESUMO:

As atividades do Programme for International Student Assessment (PISA) e os seus efeitos são diversos, sendo possível dizer que o PISA cria e forma uma fundamentação específica (HACKING, 1992) para discutir, falar e pensar sobre a educação. Neste estudo sobre as atividades do PISA, são analisadas as ideias sobre os professores, as atividades que realizam, e como estas são conceitualizadas no interior de uma narrativa própria ao PISA. Os resultados mostram que os professores são apresentados como sendo importantes e cruciais para a transformação e para o desenvolvimento da educação. Os professores também são representados como sendo essenciais para reduzir as "disparidades no desempenho" dos alunos medidas pelo teste PISA. Ademais, os "bons" professores e o ensino "eficaz" são descritos como os professores e as estratégias que conduzem a tal redução. Consequentemente, os principais relatórios do PISA enfatizam uma imagem dos professores como os atores que desenvolvem a educação e o ensino, e não como executantes de políticas determinadas pelo Estado. Deste modo, os professores são considerados como indicadores da eficácia dos sistemas de educação e importantes para elevar os padrões de desempenho, sendo assim considerados como a esperança e a realização da educação.

Palavras-chave:
PISA; Professores; Ensino

Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Av. Berttrand Russel, 801 - Fac. de Educação - Anexo II - 1 andar - sala 2, CEP: 13083-865, +55 12 99162 5609, Fone / Fax: + 55 19 3521-6710 / 6708 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistas.cedes@linceu.com.br