Pesquisar o cotidiano é criar metodologias

Research on the quotidian creates methodologies

O texto busca evidenciar a desafiadora e promissora complexidade da pesquisa no/do cotidiano, destacando e problematizando o seu enfrentamento metodológico exemplificado pela experiência de pesquisa que o subsidiou, no cenário de um cotidiano escolar que guarda intenso, inevitável e inegável envolvimento com seu pesquisador. A pesquisa desafia o autor a refletir sobre o que o faz sentir o que sente quando sente o que sente e a questionar as ações e os percursos que cria ou escolhe para elucidar o que elegeu conhecer, atento, contudo, ao fato de que essa reflexão não o livra de inéditos desafios. Considera imprescindível a criação de novos métodos de ação, pois para apreender o que oferece o espaço/tempo cotidiano, de suspeição permanente da perenidade das certezas, não há refúgio metodológico apriorístico que separe os que vêem daquilo ou daqueles que são vistos. Portanto, esse enfrentamento exige a criação da amálgama da perspectiva científica com a percepção sensível comum à poesia.

Pesquisa no/do/com o cotidiano; Cotidiano escolar; Imagem e educação; Estética e educação


Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Av. Berttrand Russel, 801 - Fac. de Educação - Anexo II - 1 andar - sala 2, CEP: 13083-865, +55 12 99162 5609, Fone / Fax: + 55 19 3521-6710 / 6708 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistas.cedes@linceu.com.br